Conheça as fundações que oferecem bolsas de estudo na Alemanha

O prédio do Reichstag, parlamento alemão, em Berlim

Por Evelyn Araripe, da TIPPS

Konrad Adenauer, Rosa Luxemburgo, Friedrich Ebert… Talvez você já tenha ouvido falar desses nomes, seja em referência a importantes figuras políticas na Alemanha, seja em referência a fundações alemãs reconhecidas por oferecerem bolsas de estudo e de pesquisa para estrangeiros ou mesmo projetos internacionais fora da Europa. Mas talvez você não saiba que essas fundações são vinculadas a partidos políticos alemães – prática comum na Alemanha.

As fundações ligadas aos partidos têm o papel de fomentar a democracia, incentivar pesquisas e também promover a cooperação internacional. A maioria surgiu após a Segunda Guerra Mundial e teve um papel fundamental na educação da sociedade alemã sobre os valores democráticos e o combate ao nazismo. As fundações são mantidas majoritariamente com recursos do governo alemão advindos, principalmente, do Ministério Federal do Interior (IMC) e do Ministério Federal para a Cooperação Econômica e Desenvolvimento (BMZ). Juntas, as fundações dos partidos arrecadam anualmente um montante de 750 milhões de euros.

A mais antiga delas é a Fundação Friedrich-Ebert (FES) – que carrega o nome do primeiro presidente democraticamente eleito na Alemanha e surgiu em 1925 para promover o seu legado político. Proibida de funcionar durante o regime nazista, voltou a operar em 1947. Vinculada ao SPD, partido social-democrata alemão, a FES apoia projetos internacionais, inclusive no Brasil, e também oferece bolsas de estudos para quem quer estudar e pesquisar na Alemanha em temas afins aos ideais da instituição.

Outra renomada fundação, com escritórios no Brasil, é a Konrad Adenauer (KAS), vinculada ao partido da chanceler Angela Merkel, o CDU – União Democrata-Cristã. A KAS é conhecida por financiar projetos e estudos voltados para a formação política da sociedade e também oferecer diversas bolsas nas áreas de ciências sociais. Linha semelhante segue a fundação Rosa Luxemburgo, vinculada ao partido da Esquerda (Die Linke) e com apoios a pesquisas, estudos e publicações em temáticas como gênero, questões agrárias, direitos humanos, transparência e democracia.

Já para quem busca apoio na área ambiental, uma boa referência entre as fundações dos partidos é a Heinrich Böll, vinculada ao Partido Verde alemão (Bündnis 90/Die Grünen). Além de financiar projetos e bolsas de estudo e pesquisa sobre ambiente e sustentabilidade, a fundação também oferece alguns programas de bolsa para jornalistas que queiram estudar na Alemanha.

Além das fundações vinculadas aos partidos políticos alemães, existem diversas outras instituições de financiamento de estudo e/ou pesquisa na Alemanha. Para saber mais sobre essas outras modalidades de fomento, acompanhe as nossas próximas dicas, aqui no Estudar Fora e na nossa página no Facebook. . Enquanto isso, desejamos a todas e todos um 2017 cheio de boas oportunidades para todos vocês.

 

Evelyn Araripe TIPPSSobre Evelyn

Evelyn Araripe é jornalista, educadora ambiental e empreendedora social. Atualmente é fellow do programa German Chancellor Fellowship for tomorrow’s leaders da Fundação Alexander von Humboldt, na Alemanha, com projeto sobre Juventude, Gênero e Mudanças Climáticas. Também é integrante doTIPPS, uma página destinada à divulgação de oportunidades de estudos e de pesquisa na Alemanha, com dicas e esclarecimento de dúvidas sobre diferentes editais e programas.

 

* Foto: O Reichstag, prédio do parlamento alemão, em Berlim / Crédito: Die Spiegel

Leia também:
5 bolsas para mestrado e doutorado na Alemanha
Brasileira conta como conseguiu bolsa integral na Alemanha… sem falar alemão
Fundação Carolina oferece 521 bolsas para pós-graduação na Espanha

 

 

O que você achou desse post? Deixe um comentário ou marque seu amigo: