Conheça as opções de bolsas para LGBT no exterior

Bolsas LGBTQI+

Os cursos voltados para estudos de gênero e sexualidade não são novidade nas universidades estrangeiras. Para se ter uma ideia, nos Estados Unidos a temática já é explorada desde os anos 1960. A Cornell University, por exemplo, fundou em 1969 o departamento de Women’s Studies, antecessor dos Estudos de Gênero e Sexualidade. Na década de 70 e de 80, surgiram mais departamentos e institutos voltados ao tema, tratando de assuntos ligados à população LGBT.

Mesmo entre as universidades que ainda não têm programas de mestrado, PhD ou mesmo especializações na área, ganham força iniciativas estudantis para a população LGBT. Coletivos de alunos e alunas organizam colóquios e reuniões sobre temas relacionados, como o Women’s, Gender, and Sexuality Studies Graduate Colloquium, da Universidade Yale.

Opções de bolsas para estudantes LGBTQI+

Há também organizações que oferecem bolsas de estudo voltadas a estudantes LGBTQI+ (sigla que faz referência a lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais, queer, intersexo e outras denominações) e buscam aumentar a diversidade dentro das instituições.

Pensando nesse tipo de auxílio financeiro, o Estudar Fora selecionou algumas opções, não apenas nos Estados Unidos. Confira!

E mais:

Conheça as melhores universidades para estudar feminismo no exterior

“Abraçamos a diversidade”, diz responsável por admissões do Insead

O que você achou desse post? Deixe um comentário ou marque seu amigo: