Um Projeto: Fundação Estudar
bolsa para estudantes do Ensino Médio

Conheça quatro programas de bolsa para estudantes do Ensino Médio

Por Priscila Bellini
24.05.2019

Sonha em fazer um intercâmbio no exterior? Confira quatro programas de bolsa para estudantes do Ensino Médio e acompanhe as inscrições pelos sites.


Se você tem entre 15 e 19 anos, sonha em estudar no exterior, e está se perguntando como conseguir uma bolsa de estudos no exterior durante o ensino médio, a oportunidade está mais perto do que você imagina. Há diversas associações e programas que oferecem bolsas para estudantes do ensino médio — basta saber procurar.

Oferecidas por algumas organizações internacionais, as oportunidades são únicas. Cada programa tem suas próprias exigências. Mas, em comum, eles pedem que o candidatu seja um excelente aluno e, na maioria dos casos, que ele comprove proficiência em inglês. Confira!

#1 United World College – UWC 

As inscrições para as bolsas parciais do UWC devem abrir em breve! Desde a inauguração de sua primeira unidade em 1962, os UWC (ou United World Colleges) selecionam anualmente estudantes de mais de 150 nacionalidades. Jovens entre 15 e 18 anos, embarcam em uma experiência de High School imersiva, verdadeiramente multicultural e transformadora.

Ao longo de dois anos convivem intensamente, residindo nos alojamentos das próprias escolas. O programa residencial de bolsas para estudantes do ensino médio torna os alunos protagonistas de seu aprendizado e desenvolvimento. A experiência é centrada na missão de fazer da educação uma força em prol da paz e de um futuro sustentável. Saiba mais AQUI.

#2 Rotary Club – Intercâmbio de Jovens 

Neste programa, patrocinado pelos Rotary Clubs em mais de 100 países, estudantes de 15 a 19 anos de idade desenvolvem suas habilidades de liderança, conhecem novas culturas e idiomas, e fazem amizade com jovens de outros países. Tornam-se verdadeiros cidadãos globais.

Os bolsistas do programa de um ano moram com diferentes famílias anfitriãs e estudam em escolas locais. Os do programa de curta duração, que pode durar de alguns dias a até três meses, ficam hospedados em casas de família ou em acampamentos de jovens (no período das férias). Para se inscrever Às bolsas de estudos para ensino médio, contate o Rotary Club mais próximo e confira as opções disponíveis e as informações sobre o processo seletivo.

#3 AFS Intercultura Brasil

Organização internacional, comprometida em oferecer oportunidades de aprendizagem intercultural para contribuir no desenvolvimento do conhecimento, habilidades e entendimento necessários para criar um mundo com mais justiça e paz. O AFS Intercultura Brasil oferece bolsas bolsas para estudantes do ensino médio parciais e integrais, por meio dos programas:

Global Citizens of Tomorrow

Parceria do AFS e da British Petroleum – BP, oferece bolsas de estudos integrais para um ano letivo nos Estados Unidos. O programa é voltado a alunos do ensino médio da rede pública ou a bolsistas integrais de escolas particulares, com renda familiar bruta de até cinco salários mínimos. As inscrições normalmente abrem em janeiro. Acompanhe as novidades AQUI.

Bolsa de intercâmbio Exploradores Culturais

Oferece bolsas parciais de intercâmbio para estudantes do ensino médio da rede publica ou bolsistas de escolas particulares, motivados e dispostos a aprender sobre uma nova cultura e a compartilhar a cultura brasileira. Em 2018, o programa concedeu bolsas escolares de um ano na Alemanha, Costa Rica e Itália. Além disso, duas bolsas semestrais de trabalho voluntário na Colômbia e Filipinas também foram oferecidas.

A bolsa e o país de destino dependem do Estado onde o candidato reside. Candidatos selecionados pagam uma taxa de 500 dólares, referente à taxa de adesão ao programa. As inscrições normalmente abrem em agosto. Saiba mais AQUI

#4 Jovens Embaixadores

Promovido pela embaixada dos Estados Unidos no Brasil desde 2002, o programa de bolsas para estudantes do ensino médio leva anualmente 50 alunos da rede pública para um intercâmbio de três semanas nos Estados Unidos.

Durante a primeira semana do programa, os participantes visitam a capital do país e seus principais monumentos. Lá, participam de reuniões em organizações dos setores público e privado, visitam escolas e projetos sociais. Na sequência, são divididos em grupos menores e viajam para diferentes estados, onde são hospedados por uma família americana. Assistem a aulas e interagem com jovens da sua idade. Participam em atividades culturais, de empreendedorismo e liderança e fazem apresentações sobre o Brasil. As inscrições abrem em julho. Acompanhe as novidades AQUI.

Este texto foi originalmente publicado no Blog da Tissen.

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d