Bolsa integral de MBA na Suécia, na Stockholm School of Economics

Stockholm School of Economics - bolsa integral de mba na suécia

A Stockholm School of Economics, em parceria com as empresas Dagens Industri e utbildning.se, está oferecendo uma bolsa integral de MBA na Suécia. A bolsa cobrirá integralmente os tuition fees do MBA executivo da escola, de 495.000 coroas suecas (cerca de R$ 293.600 na cotação atual) para um estudante. As inscrições vão até 24 de junho.

O programa de MBA da Stockholm merece destaque. Em 2020, ele ficou em 30º lugar na lista de melhores programas executivos do Financial Times. Além disso, a escola está entre as 100 melhores do mundo nas áreas de Contabilidade e Finanças, Gestão e Negócios, e Gestão e Coências Sociais segundo o QS University Subject Rankings. Na área de Economia e Econometria desse mesmo ranking, ela aparece em 41º lugar.

Leia também: Intercâmbio na Suécia: como aproveitar a experiência nórdica

O MBA executivo da SSE tem duração de 18 meses em meio período, o que oferece aos estudantes tempo para trabalhar ou estagiar durante os estudos. As aulas são ministradas em inglês, de maneira que não é necessário saber sueco para participar. As bolsas são para a edição do curso que começa em janeiro de 2021.

Como se candidatar à bolsa integral de MBA na Suécia

A candidatura à bolsa integral de MBA na Suécia pode ser feita por meio deste link. Não se preocupe: como o próprio site da bolsa informa, embora o formulário esteja em sueco e não tenha uma versão em inglês, a inscrição pode ser feita em inglês mesmo. Nesse caso o Google Tradutor pode ajudar bastante.

Podem se candidatar pessoas de qualquer país que já tenham concluído a graduação e tenham pelo menos cinco anos de experiência profissional relevante. Também é necessário que o candidato demonstre proficiência em inglês.

Leia também: Instituto Karolinska, na Suécia: conheça o berço do Nobel de Medicina

Como parte do processo de candidatura, será preciso enviar informações de contato e documentos que detalhem seu perfil acadêmico e experiência de trabalho. Também é necessário escrever um essay com até 2.500 caracteres citando motivos pelos quais você merece ganhar a bolsa.

As inscrições vão até o dia 22 de junho. Ao fim desse período, 12 a 15 candidatos serão notificados para fornecer mais documentos para seu application. Em seguida, 5 a 7 candidatos serão entrevistados e apresentados a um júri composto por membros da Dagens Industri, da utbildning.se e da própria SSE, e o júri escolherá um bolsista. As aulas começam em janeiro de 2021.

E o coronavírus?

Dentre os países escandinavos, a Suécia foi talvez o mais atingido pela pandemia do COVID-19. O país já tem cerca de 17 mil casos confirmados e quase 5 mil mortes. Alguns pesquisadores de saúde pública à hesitação do governo em adotar medidas de isolamento social em larga escala. É possível, no entanto, que a situação gere demoras em procedimentos consulares e algumas consultas referentes à bolsa.

No entanto, como as bolsas oferecidas pela Stockholm Schoolf of Economics são voltadas apenas para início de 2021, é bem provável que a situação do país já tenha se normalizado até o começo das aulas. A universidade tem um post dedicado às medidas que tem tomado por causa do vírus e ele pode ser visto neste link.

O que você achou desse post? Deixe um comentário ou marque seu amigo: