Um projeto: Fundação Estudar

Bolsas de Estudos

Quais são e como funcionam os programas de bolsas e financiamento

26.05.16

3 bolsas de estudo para MBA que encerram inscrições em junho

bolsas de estudo para MBA

O Estudar Fora selecionou três oportunidades para cursos no Reino Unido e na Alemanha. Última chamada para um MBA em 2016!

Encontrar bolsas de estudos para um programa de MBA pode ser desafiador – nem sempre as informações são claras sobre quais instituições oferecem este benefício e como se candidatar às que existem.

É comum que escolas de negócios ofereçam uma variedade de bolsas de mérito, mas os benefícios das bolsas variam, bem como os requisitos. E, para deixar tudo ainda mais confuso, as bolsas nem sempre são mantidas de um ano para o outro.

Mas há um número significativo de bolsas para quem sabe onde procurar – e como decifrar os editais. Embora a maior parte das inscrições para início em setembro de 2016 tenham se encerrado em março e abril, o Estudar Fora selecionou três oportunidades que encerram suas inscrições em junho. Confira!

#1 Leeds Business School

A Universidade, considerada em 2015 a mais empreendedora do Reino, oferece bolsas de até 50% para candidatos que demonstrarem bom desempenho acadêmico e progressão profissional. Para se inscrever, é preciso candidatar-se no site da instituição (todos os candidatos ao programa de MBA são automaticamente considerados para a bolsa). Entre os pré-requisitos estão possuir graduação completa e comprovar experiência profissional mínima de 3 anos. Para candidatar-se, é preciso preencher um formulário de candidatura e enviar pelo site um currículo, duas cartas de recomendação, notas do GMAT e dos exames de proficiência. As inscrições vão até 30 de junho.

#2 Henley Business School

A instituição oferece um número de bolsas parciais e duas bolsas integrais cobrindo o valor total da tuition para candidatos que demonstrarem potencial de contribuírem para o programa a partir do seu histórico acadêmico e profissional. Também há um número de bolsas de até 50% do valor da tuition para candidatos que demonstrarem potencial acadêmico e comprovarem necessidade financeira. Para concorrer, é preciso demonstrar interesse pela bolsa no momento da candidatura para o programa.

Entre os pré-requisitos estão possuir graduação completa e comprovar experiência profissional mínima de 3 anos. Para candidatar-se, é preciso preencher um formulário de candidatura e enviar pelo site uma carta de motivação, currículo, duas cartas de recomendação, notas do GMAT e dos exames de proficiência. Quem deseja concorrer também às bolsas de necessidade financeira deve preencher a seção de “Funding” comprovando sua situação financeira atual. As inscrições vão até 30 de junho, mas a instituição aconselha que a candidatura seja feita o quanto antes para aumentar suas chances de conquistar a bolsa.

#3 ESTM Berlin

Uma das principais escolas de negócios da Alemanha, a ESTM oferece programas de MBA em inglês com um ano de duração.  Todos os candidatos ao MBA na instituição são automaticamente considerados para uma das bolsas, que podem ser parciais ou integrais. Há bolsas direcionadas a lideranças femininas, a lideranças das Américas e de países em desenvolvimento – sendo que elas não são cumulativas, ou seja, cada estudante poderá receber apenas uma. Algumas das bolsas, como a Allianz Scholarship pelo desenvolvimento, também requerem que seja enviado uma carta de motivação, a ser preenchida no próprio formulário de inscrição. Confira aqui a lista de bolsas e os detalhes de cada uma delas.

É preciso enviar as notas do GMAT ou GRE, comprovar ao menos 3 anos de experiência profissional e proficiência em inglês. Candidatos aceitos também ganham 50% de desconto em um curso intensivo de alemão antes do início do programa. Confira aqui o passo a passo e inscreva-se até 30 de junho!

 

Leia também:
MBA em dose dupla: casais potencializam ganhos pessoais e profissionais
Entrevista de candidatura para o MBA: como se preparar?
MBA além dos Estados Unidos: conheça opções de qualidade fora da rota

 

Conecte-se ao Estudar Fora

Leia Mais

impacto social
estudar na Asia
tudo sobre o GMAT
estudar idiomas