Um projeto: Fundação Estudar

Graduação

O que você precisa saber para cursar uma graduação fora do Brasil

22.03.16

Você é mesmo fluente? Avalie sua proficiência em idiomas estrangeiros

Proficiência

Conheça a tabela CEFR, na qual se baseiam todos os exames de línguas. Você pode usá-la para fazer uma avaliação do seu próprio nível de fluência. Acesse aqui o documento!

Você entende inglês com tranquilidade, mas trava na hora de falar? Ou consegue ler muito bem o espanhol, mas tem dificuldade ao entender diferentes sotaques? É difícil saber com certeza qual o seu nível de proficiência em línguas estrangeiras, e muitas vezes não fica claro para o estudante em quais habilidades ele deve investir mais tempo e estudo a fim de adquirir fluência.

Um dos primeiros passos para saber onde melhorar é entender como essas habilidades são avaliadas em exames internacionais. O padrão por trás de todos os testes de certificação de proficiência é o quadro CEFR –  sigla em inglês para “The Common European Framework of Reference for Languages”, ou O Quadro Comum Europeu de Referência para Línguas.

Trata-se de uma escala internacional de parâmetros de desempenho em língua estrangeira que descrevem, de maneira ampla, as competências de um usuário em cada etapa do processo de ensino-aprendizagem de um idioma estrangeiro.

Segundo Ângela Coy, diretora da Consultoria de desenvolvimento e aprimoramento profissional Insigna, o CEFR fornece uma comparação de proficiência em diferentes idiomas e permite que resultados de diferentes testes internacionais sejam equiparados. Por isso, são usados para elaboração de programas de línguas, exames, materiais didáticos… e também podem ser usados pelos estudantes para avaliar seu desempenho ou evolução na aprendizagem.

A Insigna compartilhou com o Estudar Fora o grid do CEFR. Com ele, você poderá entender qual o seu nível de proficiência em cada nível e entender em que deve melhorar para ser capaz de se comunicar de maneira efetiva.

Ficou curioso? Faça um pequeno cadastro e tenha acesso documento

 

*Foto: Graham Turner for the Guardian

Leia também:
Conheça os principais exames de proficiência exigidos por universidades
Portal de ensino de línguas tem guia de termos acadêmicos
Aprender segunda língua ajuda o cérebro a não envelhecer, indica estudo

 

Conecte-se ao Estudar Fora

http://promo.estudarfora.org.br/07de78d376d72cb1d7d3

Leia Mais

impacto social
estudar na Asia
tudo sobre o GMAT
estudar idiomas