Um projeto: Fundação Estudar

Universidades

Perfis, curiosidades e oportunidades das melhores universidades do mundo

26.04.16

Sydney ou Melbourne: em qual cidade australiana você deve estudar?

Sydney ou Melbourne: em qual cidade australiana você deve estudar?

Atividades culturais ou ao ar livre? Clima ameno ou um pouco de frio? Confira as principais diferenças entre os dois principais destinos australianos para estudantes!

Por Nathalia Bustamante, do Estudar Fora

Cidades australianas estão consistentemente entre as primeiras em rankings de melhores cidades para se estudar. Melbourne, por exemplo, esteve entre as 5 melhores nos últimos cinco anos. Tanto ela quanto sua irmã Sydney oferecem a combinação de excelentes universidades e altíssima qualidade de vida.

Talvez por isso, elas sejam tão atrativas para estudantes internacionais: a Austrália recebe por ano aproximadamente 300 mil estudantes estrangeiros – o que quer dizer que um em cada três estudantes universitários do país não são australianos.

A escolha mais comum para estes estudantes brasileiros é Sydney. Muito conhecida por seu porto icônico e a famosa Opera House, a maior cidade da Austrália abriga também uma comunidade culturalmente muito diversa e praias de areia branca.

Segunda em tamanho, Melbourne é conhecida como a capital cultural da Austrália. Lá, é possível conferir um pouco da história do país e um cenário contemporâneo florescente. Ficou difícil escolher entre uma das duas? Confira abaixo as principais características de cada uma das cidades e descubra qual se encaixa melhor com as suas expectativas:

Sydney ou Melbourne

Melbourne

Melhores Universidades

Embora as duas cidades possuam instituições bem posicionadas em rankings internacionais, Melbourne atrai mais estudantes. A melhor universidade da Austrália, porém, não está em nenhuma das duas: A Universidade Nacional da Austrália, 19ª melhor no mundo, está localizada na capital Canberra.

Enquanto isso, a Universidade de Melbourne está ligeiramente à frente da Universidade de Sydney – ficando, respectivamente, em 42º e 45º lugar na avaliação global.

 

 

Geografia e Demografia

As duas cidades estão situadas à beira do mar e possuem belas praias e portos. Estando localizada um pouco mais a norte, Sydney é ligeiramente mais quente que Melbourne. Também por isso, em Sydney também chove mais durante o inverno.

Ambas as cidades são muito ricas culturalmente e possuem grandes comunidades de imigrantes. Melbourne é a maior cidade universitária da Austrália – há cerca de 270 mil estudantes e mais de um terço deles (91 mil) são internacionais. Há uma grande variedade em opções de estudo, já que a cidade abriga 8 universidades.

Já Sydney é maior e tem uma população estudantil menor. Lá, estudam cerca de 230 mil jovens – sendo que 50 mil deles são internacionais – nas cinco universidades localizadas na cidade.

Sydney ou Melbourne

Sydney

Custo de Vida

Morar em grandes cidades será caro em qualquer país desenvolvido. Na Austrália não é diferente: os impostos são altos para produtos como bebidas alcoolicas e cigarros, e os aluguéis também tendem a ser mais caros que nos Estados Unidos. A vantagem é que estudantes têm a possibilidade de trabalhar durante meio período enquanto fazem seus estudos.

Em ambas as cidades, é possível morar nas residências estudantis construídas perto do campus – complexos que são chamados localmente de “Villages”. Melbourne está entre as cidades com melhor estrutura urbana, incluindo um excelente sistema de transporte público.

Neste aspecto, Sydney perde pontos devido aos preços de aluguel. Calcula-se que, em média, o estudante gaste em torno de $640 dólares por semana para morar em Siney, enquanto em Melbourne gastaria $565.

O país oferece também outras opções de cidades universitárias que, por serem menores, também têm um custo de vida mais baixo: entre elas, Adelaide, Canberra e Perth.

Atividades

Sydney é sem dúvida a cidade mais famosa da Austrália graças aos seus icônicos pontos turísticos. Entre as melhores atividades para passar o tempo na cidade estão assistir a performances no Opera House, escalar a Ponte do Porto ou praticar esportes em uma das suas maravilhosas praias. Se a ideia é fugir do concreto da cidade, é possível seguir as estradas para norte ou sul e pegar uma trilha que desembocará em praias excelentes para surfe. Além disso, o complexo Blue Mountain é bem próximo é lá é possível acampar, andar de caiaque, escalar… ou praticamente qualquer outra atividade ao ar livre que se possa imaginar.

Já o forte de Melbourne é a sua vida cultural riquíssima: há uma variedade de museus e teatros, além dos famosos Aquário de Melbourne e Jardim Botânico. Além disso, para quem gosta de esportes, os principais times de futebol, rugby e futebol americano estão localizados lá.

Algumas das mais belas praias inexploradas da Austrália estão a apenas algumas horas de distância da cidade; além disso, também é possível chegar rapidamente à formação rochosa Doze Apóstolos, que corre acompanhando a rodovia oceânica.

Em resumo:

Vá para Sydney se você…

– Prefere um clima quente, mais parecido com o do Brasil
– Gostaria de turistar um pouco e visitar as atrações mais populares da Austrália
– Quer ter uma variedade grande de atividades ao ar livre a uma curta distância de casa

Escolha Melbourne se você….

– Gosta tanto de um pouquinho de calor quanto de um pouquinho de frio
– Tem interesse por museus, centros culturais, exposições e teatros
– Planeja assistir a diversos eventos esportivos
– Tem o sonho de fazer uma viagem ao longo das mais belas praias do Oceano Pacífico
* Foto: Aussie Sillhouette / Crédito: Chris Samuel

 

Leia também:
Estudar na Austrália: paraíso para ganhar fluência no inglês
Intercâmbio em Sydney: cidade alia incrível beleza e ensino de qualidade
Conheça Melbourne, eleita a melhor cidade do mundo para se viver

Conecte-se ao Estudar Fora

Leia Mais

estagiários da Microsoft comemorando
impacto social
estudar na Asia
tudo sobre o GMAT