Um projeto: Fundação Estudar

Pós Graduação

O que você precisa saber para cursar uma pós-graduação fora do Brasil

19.08.13

Stanford e Fundação Lemann discutem os desafios da educação

Stanford e Fundação Lemann discutem os desafios da educação

Seminário teve a presença de professores da renomada universidade americana e debateu estratégias para a melhoria do ensino no Brasil

A melhoria da qualidade da educação no Brasil e as estratégias para superar as desigualdade educacionais brasileiras foram pauta na última semana do 2º Seminário Internacional Centro Lemann para o Empreendedorismo e Inovação na Educação Brasileira, promovido pela Fundação Lemann e pela Escola de Educação de Stanford.
O objetivo do encontro foi disseminar e debater as pesquisas que vêm sendo realizadas no Centro, e também promover as oportunidades que o centro disponibiliza para estudantes brasileiros.O seminário teve como palestrantes alguns dos principais pesquisadores e professores de Stanford em Educação, como o brasileiro Profº Drº Paulo Blikstein, e os professores David Plank, Eric Bettinge e Martin Carnoy.
A programação contou com apresentações das pesquisas acadêmicas mais recentes dos professores do Centro Lemann para o Empreendedorismo e Inovação na Educação Brasileira, debate sobre como investir com eficiência na superação das desigualdades sociais e apresentações de pesquisas sobre como democratizar oportunidades na educação, com a professora de Sociologia da Educação da Universidade de Stanford, Prudence Carter, e estratégias de gestão para transformar escolas de baixa renda com o professor de Economia da Educação da Universidade de Stanford, Thomas Dee.
O secretário da Educação de Santa Catarina, Eduardo Deschamps, e a professora da Faculdade de Educação da USP e consultora da Fundação Lemann, Paula Louzano, debateram também os principais desafios da educação brasileira. Os especialistas em educação apontaram a necessidade de criação de padrões para a avaliação da qualidade do ensino público como prioridade para a melhoria na educação do Brasil.Os participantes contaram também com um painel com bolsistas do Centro Lemann para o Empreendedorismo e Inovação na Educação Brasileira, que compartilharam suas experiências na renomada instituição, e também contaram como funciona as etapas do processo de seleção para pós-graduação na universidade.O Centro LemannO Centro Lemann para o Empreendedorismo e Inovação na Educação Brasileira foi criado em 2012 pela Fundação Lemann e pela Universidade de Stanford e fica localizado na Escola de Educação de Stanford. Pela iniciativa, ambas instituições planejam promover diversas ações com o objetivo de melhorar a educação no Brasil, como formação de pesquisadores, produção e disseminação de pesquisas inovadoras para a educação brasileira e apoio à formação de professores do ensino básico.O centro tem o foco no desenvolvimento de novas abordagens para melhorar a aprendizagem nas escolas públicas brasileiras, especialmente para estudantes de baixa renda, e para o desenvolvimento de novos tipos de oportunidades de aprendizagem para esses alunos dentro e fora do sistema escolar público. Entre as ações irá promover uma série de iniciativas em prol da educação nacional, incluindo treinamento de profissionais responsáveis pela formação de educadores brasileiros, pesquisas de políticas educacionais, e projetos inovadores que contribuam para a melhoria do ensino no Brasil.

Conheça mais sobre o centro AQUI.

Oportunidades 

Por meio do Centro, a Fundação Lemann dá bolsas para estudantes brasileiros de mestrado, doutorado ou dual degree (mestrado e MBA) na universidade de Stanford.

Para o mestrado, o centro financia estudantes para os programas de Learning, Design and Technology (LDT), International Comparative Education (ICE) e MBA com duplo diploma em empreendedorismo educacional. As bolsas cobrem mensalidade na universidade e a maior parte dos custos de vida. Os candidatos à Lemann Fellow devem ter o comprometimento em trabalhar em prol do desenvolvimento do país, indicando como o conhecimento adquirido com a pós-graduação irá auxiliar no desenvolvimento de soluções para os problemas sociais brasileiros. Mais informações sobre as bolsas de mestrado AQUI.

Já as bolsas de doutorado são direcionadas à programas dentro dos seguintes comitês acadêmicos: Social Sciences, Humanities & Interdisciplinary Policy Studies in Education (SHIPS); Developmental and Psychological Sciences (DAPS); Curriculum Studies and Teacher Education (CTE) e Cross-Area Specialization: Learning Sciences and Technology Design (LSTD). Saiba mais AQUI.

O Centro oferece ainda bolsas para pesquisadores visitantes e para empreendedores que desejem passar um período curto (três meses) em visita à Escola de Educação de Stanford. Essas bolsas tem o objetivo de aumentar o intercâmbio de conhecimento e informações com pesquisadores brasileiros e dos Estados Unidos. Conheça mais AQUI.

Conecte-se ao Estudar Fora

Leia Mais

impacto social
estudar na Asia
tudo sobre o GMAT
estudar idiomas