Um projeto: Fundação Estudar

Graduação

O que você precisa saber para cursar uma graduação fora do Brasil

02.12.15

O SAT mudará em 2016. O que fazer?

O SAT mudará em 2016. O que fazer?

Você deve estudar para a nova prova ou se preparar para o ACT? Especialista em testes internacionais explica qual a estratégia mais adequada!

Por Ana Virginia Kesselring

O SAT, uma das principais provas para admissão em universidades norte-americanas, sofrerá importantes alterações em 2016. A nova versão começará a ser aplicada em março, nos Estados Unidos, e a partir de maio no Brasil.

Muitos alunos estão preocupados, sem saber ao certo como devem proceder e estudar. É comum a seguinte dúvida: “Devo começar a me preparar para o ACT ou devo prestar a última versão do teste, que  será oferecida em 23 de janeiro, e depois estudar para o novo SAT?”

Vamos analisar alguns pontos antes de definir a estratégia mais adequada:

Porque o SAT vai mudar? O SAT vinha recebendo muitas críticas, pois sempre foi considerado bastante difícil, principalmente, na parte do inglês e não espelhava o conhecimento adquirido nas escolas de ensino médio americanas.

Conheça as mudanças que o SAT terá

Os textos não eram similares aos estudados em classe e o vocabulário muitas vezes extremamente rebuscado. Você também perdia pontos ao errar uma questão – algo que agora vai mudar (o aluno poderá chutar quando não souber, sem penalidades).

Segundo divulgado pelo College Board, que administra a prova, a nova (e muito aguardada) versão deve estar mais relacionada ao cotidiano do aluno de uma high school norte-americana, os textos devem ser um pouco mais fáceis e o vocabulário, sempre apresentado dentro do contexto, o que facilitará não só para os americanos, mas também para os brasileiros.

ACT x novo SAT: o que escolher?

É preciso, primeiro, entender as diferenças básicas e que podem afetar a performance do aluno para cada teste:

1. Se o seu inglês não é muito avançado, vale a pena aproveitar a versão atual do SAT (até 23 de janeiro). Isso porque o ACT conta com questões de análise de gráficos na seção de “Science”, o que exige um bom nível de compreensão de inglês. Os enunciados nesta parte do teste são mais longos e o New SAT ficará mais parecido com o ACT a partir de maio.
2. Se você é muito bom de matemática, mas estuda em uma escola em português, também aconselho a aproveitar a versão atual do SAT. Isso porque, ao “virar a chave para pensar em inglês” você pode perder alguns segundos importantes.
3. Se você precisa das notas logo no começo de 2016, preste o SAT atual.
4. Caso esteja ainda no 1º ou 2º ano do ensino médio, você pode escolher tanto iniciar sua preparação para o novo SAT ou o ACT.

Facilitar ou dificultar?

Participei no ano passado do Forum do College Board que apresentou as mudanças do SAT e suas vantagens. Eles foram muito claros: a nova versão do teste, o Redesigned SAT ou NEW SAT,  vem para facilitar e não dificultar!

A maioria dos sites e cursos preparatórios de exames nos Estados Unidos estão orientando os alunos a estudarem para o ACT. Eles consideram que o ACT tem um histórico, muitos materiais e professores experientes na sua preparação. No entanto, os americanos são fluentes em inglês, pensam em inglês quando fazem contas matemáticas e analisam gráficos em inglês. Os brasileiros, não. Mesmo que alguns estudantes tenham um nível d einglês bastante avançado, eles continuam pensando em português, já que essa é nossa língua materna.

Se os brasileiros já tinham uma facilidade maior para o SAT, não se pode dizer que o novo SAT será mais difícil, pois o intuito é facilitar e não complicar.

De qualquer forma, ele ficará mais parecido com o ACT. Assim, a estratégia de estudar para o ACT não pode ser descartada. Nada impede que você estude para o ACT, mas mesmo assim preste também o novo SAT.

Entenda o processo de seleção para universidades no exterior

Potencialize sua nota, seja no novo SAT ou ACT

Em primeiro lugar, minha sugestão é que você descubra qual deles pode potencializar sua nota. Faça um simulado de cada e compare as notas (acesse aqui uma tabela que compara as notas) Pense de dentro para fora, isto é, teste suas habilidades em ambos os testes e decida.

Se você continua em dúvida, pois os “scores” são muito parecidos, siga em frente no ACT já que a quantidade de materiais e estratégias para estudar são maiores.

Mas, vale lembrar: os testes são oferecidos em datas diferentes. Por isso, mesmo que você foque sua preparação para um dos testes, não deixe de prestar o outro também.

_____________________________________________________________________

Sobre a autora

F_ AZUL_0001Ana Virginia Kesselring é administradora de empresas com especialização em Psicopedagogia Clínica e Educacional e tem mais de 15 anos de experiência no ensino de idiomas. É proprietária da Virginia Center School, instituição que, além de oferecer cursos regulares de idiomas, prepara estudantes para provas como TOEFL, IELTS, SAT, ACT, GRE e GMAT. Contato: virginia@virginiacenter.com.br

Leia também:
Entenda o processo de seleção para universidades no exterior
Guia online e gratuito do TOEFL
Guia online e gratuito sobre o IELTS

Conecte-se ao Estudar Fora

http://promo.estudarfora.org.br/07de78d376d72cb1d7d3

Leia Mais

impacto social
estudar na Asia
tudo sobre o GMAT
estudar idiomas