Um projeto: Fundação Estudar

Bolsas de Estudos

Quais são e como funcionam os programas de bolsas e financiamento

06.04.16

Santander Universidades oferece mais de 3 mil bolsas para brasileiros

Santander Universidades

Há oportunidades para intercâmbio acadêmico e cursos de idiomas na Europa, Ásia e América Latina - as bolsas chegam a 3 mil euros. Inscrições até 16 de abril.

Por Camila Pati, da EXAME.com

Neste ano, universitários, professores e pesquisadores de 455 instituições de ensino vão receber bolsas de estudo oferecidas pelo banco Santander. Em todo mundo serão mais 700 milhões de reais investidos em todas as iniciativas educacionais do banco, que tem mais de 1.200 convênios em 21 países. Em cinco anos, foram 4 bilhões de reais investidos e 140 mil bolsas de estudo.

No Brasil, interessados já podem se inscrever para seleções de mais de 1.400 bolsas de estudo. No total, este ano, serão 3,3 mil bolsas. Confira quais são os programas acadêmicos com inscrições abertas agora:

1. Top España:
É voltado para alunos de graduação e professores que queiram aprimorar conhecimentos em espanhol e na cultura espanhola durante 3 meses de curso na Universidade de Salamanca. Podem participar alunos e professores de 43 instituições conveniadas. Serão 163 bolsas de estudo oferecidas neste ano. A viagem está programada para julho e as inscrições vão até o dia 13 de abril.
2. Top China
As bolsas de estudo são para cursos de três semanas na Peking University e Shanghai Jiao Tong (em inglês) para interessados em conhecer um pouco mais da cultura chinesa. Serão 86 bolsas para alunos e professores universitários de 23 instituições conveniadas. A viagem está programada para julho e as inscrições terminam no dia 13 de abril.
3. Luso Brasileiras
O objetivo do programa é estimular o intercâmbio acadêmico entre Brasil e Portugal. As oportunidades são para alunos de universidades públicas brasileiras. Neste ano serão 165 bolsas de estudo para alunos de 23 universidades e o valor da bolsa é de 3.300 euros para cobrir custos com transporte, hospedagem e alimentação, já que o curso deve ser concedido como resultado de um acordo estabelecido entre a universidade de origem e a de destino.

As bolsas de estudos devem ser usufruídas durante o período de até um semestre e a viagem está programada para o período entre agosto de 2016 e dezembro de 2017. As inscrições estão abertas até o dia 6 de maio.
4. Bolsas Ibero-Americanas
A iniciativa promove intercâmbio acadêmico entre Brasil, Peru, Argentina, Espanha, Chile, Colômbia, México, Portugal, Porto Rico e Uruguai. Neste ano, são 850 bolsas de estudo de 3 mil euros envolvendo 129 universidades. O dinheiro cobre custos de transporte, hospedagem e alimentação.

O curso é resultado de acordo entre as universidades e as bolsas devem ser utilizadas por até um semestre pelos aprovados. As inscrições estão abertas até 10 de junho e a viagem a ser programada entre setembro/2016 e dezembro/2017.

 

Este texto foi originalmente publicado na Exame.com

 

Leia também:
Governo do Japão oferece 6 modalidades de bolsas para brasileiros
7 bolsas de estudo no exterior que encerram inscrições em abril
Quanto custa estudar nas melhores universidades do mundo?

Conecte-se ao Estudar Fora

Leia Mais

impacto social
estudar na Asia
tudo sobre o GMAT
estudar idiomas