Um projeto: Fundação Estudar

Bolsas de Estudos

Quais são e como funcionam os programas de bolsas e financiamento

04.04.16

Governo do Japão oferece 6 modalidades de bolsas para brasileiros

Japão

Há oportunidades para graduação, pós-graduação e ensino profissionalizante. As bolsas variam entre 3 e 5 mil reais por mês. Confira!

A primeira coisa que vem à mente quando pensamos em Japão é tecnologia. Não à toa, boa parte das bolsas disponíveis para estrangeiros que queiram estudar no país são nesta área. Mas não apenas: há oportunidades para quem deseja estudar ciências humanas, direito e até economia, além de língua e cultura japonesa e cursos específicos para professores.

Em parceria com a Embaixada do Japão no Brasil, o governo Japonês oferece as bolsas MEXT (do Ministério da Educação, Cultura, Esportes, Ciência e Tecnologia do Japão). Todas as bolsas garantem, além da isenção das anuidades dos cursos, também passagem de ida e volta para o país, curso de língua japonesa e um valor para manutenção do estudante no país – que pode variar entre 3 e 5 mil reais mensais.

As candidaturas devem ser feitas através dos consulados ou embaixadas do Japão no Brasil (localizados nas cidades de São Paulo, Belém, Recife, Curitiba, Brasília, Rio de Janeiro, Manaus e Porto Alegre) ou através de recomendação das universidades japonesas. Os pré-requisitos variam para cada modalidade, mas brasileiros que possuam dupla nacionalidade japonesa não são elegíveis para estas bolsas.

Confira as modalidades de bolsas oferecidas e veja qual se encaixa melhor com o seu perfil. Algumas delas estão com inscrições previstas para maio e junho de 2016. Outras, para professores e estudantes de japonês, só abrirão em 2017 – mas já dá para manter no radar e ir se preparando.

Mais detalhes sobre as inscrições e os requisitos no site Study in Japan.

 

Pesquisa e Pós-Graduação
Inscrição: 4 a 29 de maio

Com duração de 2 anos, o programa é voltado a jovens de até 34 anos que desejem realizar pesquisas em universidades japonesas. Oferece a oportunidade de cursar mestrado e/ou doutorado, caso o estudante seja aprovado no exame de admissão da universidade japonesa. É necessário possuir graduação completa ou estar no último ano de graduação, comprovar proficiência em inglês ou japonês e apresentar projeto de pesquisa.

Graduação
Inscrição: 1 a 30 de junho

Voltado para estudantes com ensino médio completo que desejam cursar a graduação em uma universidade japonesa, nas áreas de ciências naturais, sociais e humanas. A duração varia entre 5 e 7 anos, e, para ser admitido, é preciso ter entre 17 e 21 anos e ter bom domínio da língua inglesa ou japonesa.

Escola Técnica

Inscrição: 1 a 30 de junho

A Escola Técnica no Japão oferece cursos em diversas áreas da engenharia e ciências tecnológicas, com alto nível de excelência. Com duração de até 4 anos, é preciso ter ensino médio completo e bom domínio da língua inglesa ou japonesa.

Curso Profissionalizante

Inscrição: 1 a 30 de junho

De curta duração, as escolas profissionalizantes oferecem cursos de até 3 anos em áreas específicas, visando a inserção rápida de jovens no mercado de trabalho. Entre os pré-requisitos estão ter entre 17 e 21 anos, ensino médio completo e bom domínio de inglês ou japonês.

Treinamento para Professores

Inscrição: fevereiro e março de 2017

Voltado para a realização de pesquisas em universidades japonesas na área de educação escolar, o curso é oferecido para profissionais da área de educação em nível fundamental ou médio, incluindo professores, orientadores pedagógicos, assistentes educacionais e diretores. O programa tem duração de um ano e meio e, entre os candidatos devem possuir bom nível de inglês ou japonês, nível superior ou magistério completo e experiência profissional de até cinco anos.

Língua e Cultura Japonesa

Inscrição: fevereiro e março de 2017

Direcionados a estudantes universitários do curso de Letras, oferece a oportunidade de aprofundamento no idioma e na cultura japonesa. É necessário ter nível intermediário de japonês e estar matriculado em um curso superior.

 

Leia também:
Mestrado na China, estágio no Japão
Chieko Aoki: “Ao estudar no Japão, aprendi a ter disciplina e paciência”
7 bolsas de estudo no exterior que encerram inscrições em abril

Conecte-se ao Estudar Fora

Leia Mais

impacto social
estudar na Asia
tudo sobre o GMAT
estudar idiomas