Um projeto: Fundação Estudar

Intercâmbio

O que você precisa saber para ter uma experiência de estudos em outro país

03.07.15

Projeto de alunos de Harvard quer melhorar a educação no Brasil

Projeto de alunos de Harvard quer melhorar a educação no Brasil

Desafio Mapa Educação vai selecionar propostas educacionais inovadoras para serem apresentadas em Brasília

Estão abertas até o dia 12 de julho as inscrições para o “Desafio Mapa Educação”, que irá selecionar propostas educacionais consideradas inovadoras e aplicavéis em qualquer dos três níveis de ensino: fundamental, médio e superior. Os escolhidos participarão de uma conferência no dia 29 de agosto, em Brasília.

Na ocasião, os autores irão divulgar suas ideias e receber feedback de um conselho de especialistas. Dentre as personalidades, estão Fernando Grostein Andrade, roteirista do filme “Na Quebrada” e do documentário “Quebrando o Tabu”; Beatriz Cardoso, diretora executiva do “Laboratório Educação”; e Mario Volpi, coordenador do programa da UNICEF “Cidadania dos Adolescentes”.

A estudante de Harvard Tábata Amaral, uma das diretoras do Mapa Educação e bolsista da Fundação Estudar, explica que os participantes da conferência estabelecerão um vínculo com uma rede ativa e engajada em projetos educacionais. “Eles terão contato com alguns dos maiores líderes educacionais do país e receberão o apoio que precisam para aumentar o impacto real de suas ideias e projetos”, explica.

Inscrições – Para se candidatar, basta acessar o edital, preencher um formulário eletrônico e enviar um vídeo de até dois minutos para o grupo. As inscrições são gratuitas.

O movimento – O Desafio é uma das iniciativas do Movimento Mapa Educação, criado em 2013 pelos amigos Renan Ferreirinha, Tábata Amaral e Lígia Barbosa.  Tábata e Renan fazem graduação em Harvard e Lígia já frequentou a instituição.

A ideia inicial era reunir a maior quantidade possível de dados sobre a educação no Brasil para poder analisá-los. Mas, depois de realizarem mais de 100 entrevistas com pessoas como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e o empresário Jorge Paulo Lemann, eles publicaram um documento batizado de Mapa do Buraco, que aponta os principais problemas da educação brasileira e traz também algumas soluções implementadas país afora.

Depois da publicação do manifesto, realizaram uma série de debates educacionais durante as eleições de 2014. No Desafio Mapa do Buraco candidatos eleitorais fizeram vídeos dizendo o que fariam para melhorar a educação caso fossem eleitos, desafiando três outros candidatos a fazerem o mesmo (os vídeos estão disponíveis no YouTube).

Hoje, o movimento Mapa Educação, que começou em Harvard, já reúne 40 jovens de diversas partes do Brasil e tem como objetivo engajar a população no debate nacional para uma educação de maior qualidade.

Leia também:
Conheça 8 brasileiros que estudam em Harvard
Estudantes de Harvard buscam alunos da rede pública para mentoria

*Foto: Renan Ferreirinha durante evento na UFRJ de apresentação de uma das iniciativas do Movimento Mapa Educação/ Crédito: Divulgação

Conecte-se ao Estudar Fora

Leia Mais

impacto social
estudar na Asia
tudo sobre o GMAT
estudar idiomas