Um Projeto: Fundação Estudar
entrevista de MBA

As 6 principais perguntas de entrevistas de MBA

Por Colunista do Estudar Fora

Por Fernanda Thees

Já estão a todo vapor as entrevistas para as principais escolas internacionais de MBA e imagino que, se você está lendo este artigo, tem interesse em fazer MBA, ou já está no processo de candidatura. Neste segundo caso, você já recebeu, ou deverá receber em breve uma resposta sobre quais escolas o convidarão para a (em geral) última etapa: a ENTREVISTA DE MBA.

No texto anterior dei algumas dicas para iniciar sua preparação para as entrevistas, mas nesse vou falar das principais perguntas, aquelas que quase todas as escolas fazem, e que precisam de uma ótima resposta!

No site ClearAdmit.com, que uso bastante, você pode acompanhar o andamento dos convites para as entrevistas, e também ver as perguntas que estão sendo feitas pelas escolas – o que geralmente não é nenhum segredo. O que vai diferenciar você dos outros candidatos, é o que e como você responde.

Lista de Resultados de Aprovação para MBA em Tempo Real
Um recorte da página do site Clear Admit, onde são mostrados os resultados e convites para entrevistas e resultados em tempo real.

 

É muito comum as pessoas estarem cansadas na fase das entrevistas. Não aguentam mais ouvir falar do processo de MBA pois, a essa altura, a maioria já está há 12 meses (às vezes 24 meses) estudando para GMAT, fazendo essays, etc. É compreensível o cansaço – só não é compreensível não se preparar para uma etapa que vale, a grosso modo, 1/3 do seu application (sendo os outros 2/3 a nota do GMAT e TOEFL, e os essays).

Então vamos ao que interessa! Como falei acima, as perguntas que serão feitas nas entrevistas não são grande segredo. Muitas delas se repetem por anos, e entre as escolas. O grande segredo aqui é como responder. A melhor forma de se preparar é treinar com um profissional, mas se você optar por fazer tudo sozinho, seguem algumas das principais perguntas, e como pensar nas respostas.

As entrevistas tem dois objetivos principais. Elas querem saber:

  • Esse candidato tem um bom fit com a escola?
  • Nós podemos ajudá-lo a ter sucesso no que ele busca?

Lembre-se: o seu sucesso é o sucesso da escola!

Principais perguntas da entrevista de MBA (O que não significa que sejam as únicas!):

#1 Walk me through your resume / Tell me about yourself / Qualquer variação desta pergunta

Quem responde bem esta pergunta já tem boa parte do caminho andado. Esta geralmente é a primeira pergunta, e é sua chance de causar a tal “primeira boa impressão”. Aqui a ideia não é dizer o que já está no seu CV – que, imagina-se, o entrevistador já leu, então o que você precisa é CONTAR UMA HISTÓRIA: juntar os pontos do seu CV, contar o que lhe motivou a tomar certas decisões (escolha da graduação, primeiro emprego, mudanças de emprego, intercâmbios, trabalhos voluntários, etc). O entrevistador quer conhecer você! Quer ter a oportunidade de saber quem é a pessoa por trás daquelas conquistas, o que valoriza, como faz as coisas.

[O entrevistador] se lembra mais de quem te conta histórias, e não de quem conta fatos

Se a pergunta vem com um tom mais pessoal, como o “tell me about yourself”, você deve dar uma introdução também mais pessoal, falando de fatos da sua vida que possam ser relevantes. Você pode contar brevemente da sua estrutura familiar, desafios que possa ter passado para chegar onde está, possíveis mudanças de cidade/ país, que tenham feito você experimentar novas culturas, uma profissão (ou falta de) dos pais ou algum parente que tenha te inspirado a escolher seu caminho, enfim, são muitas vidas e histórias, e você precisa encontrar e contar o que é especial na sua!

Como entrevistadora da McKinsey, rapidamente notei que, ao final de um dia, claramente me lembrava mais de algumas pessoas do que de outras. Já tinha uma desconfiança do motivo, mas foi em 2009 que tive a confirmação. Quando comecei a fazer os treinamentos de entrevistas para MBAs, fui visitar Stanford e conversei com uma recrutadora de lá. Contei isso e ela me disse: “isso também acontece comigo, e você vai reparar que se lembra mais de quem te conta histórias, e não de quem conta fatos.”

#FICAADICA MUITO IMPORTANTE!

Essa resposta não deve passar de 5min, principalmente se sua entrevista for com adcom!

#2 Why MBA? Why now?

Embora muito comum, acho que essa pergunta tem menos peso que a primeira e que a próxima que vou comentar. Aqui é importante mostrar seus motivos para querer fazer um MBA Internacional. Por que não poderia ser um mestrado, ou uma especialização na sua cidade? Por que acredita que “agora” é uma boa hora para você?

Essa resposta deve começar a mostrar motivos para a escola X (onde você está fazendo a entrevista) ser sua escolhida.

#3 Why X school?

Seja sua entrevista com adcom, alumni, ou 2nd year student, eles precisam acreditar, no mínimo, que você quer muito aquela escola. E você deve querer mesmo! Não faria sentido “gastar” um ou dois anos da sua vida + uma bela grana, para estudar em um lugar que não queira! Esse tempo e dinheiro devem ser um investimento no seu futuro, e não desperdiçados.

Para isso, é importante que você saiba tudo da escola. As informações que estão no site é o mínimo que você deve saber, mas isso é o que todo mundo vai fazer. Você precisa ir além. Sugiro ver quem são os professores, entender se tem algum que faça muito sentido com seu objetivo e comentar isso.

Converse com pelo menos 5 ex-alunos e anote coisas específicas que eles falarem sobre aquela escola, cidade, de tudo. Tenha também perguntas específicas para fazer, caso os alunos com quem você irá conversar não contem nada específico. Estou repetindo o específico pois não adianta aqui falar que quer fazer MBA na escola X para melhorar conhecimentos de gestão, aumentar networking, melhorar a liderança, pois essas coisas todas as escolas de negócios oferecem!

Se essa resposta for bem, você já tem outra boa parte do caminho andado!

#4 Tell me about your plans / Tell me about your short and long term goals

Essa é sua chance de mostrar que você tem grandes ambições, que elas são alcançáveis, e que aquela escola X especificamente pode contribuir muito com esses planos. Para fazer mais sentido, comece contando seus planos pós MBA (que devem ser mais concretos), pode passar pelos próximos, e termine falando dos planos de longo prazo (em geral, já pensando em mais de 10 anos).

Aqui você não precisa escrever tudo isso em pedra, afinal de contas, você pode mudar de ideia, as circunstâncias podem mudar. O que você precisa é ter uma ótima visão do que quer, pelo menos com seu olhar de hoje.

#5 Give me 2 strenghts and 1 weakness

Essa pergunta está caindo em desuso, mas se ela aparecer, você precisa ter boas respostas. Cuidado! No “ponto fraco”, você deve ser honesto, e não disfarçar um ponto forte com um fraco, mas também não precisa dar um tiro no pé, ok?

O principal é você se conhecer, saber o que quer, e fazer da entrevista não só uma boa troca de perguntas e respostas, mas ser capaz de criar um ótimo ambiente durante todo o tempo!

Extra: Perguntas comportamentais, baseadas em experiências passadas

Há diversos tipos de perguntas em uma entrevista de MBA que visam entender como você se comportou e o que aprendeu com experiências passadas. São milhares de variações, por exemplo:

  1. Tell me about a time that you’ve had to deliver bad news or feedback to someone.
  2. Tell me about a time when you’ve had to lead a difficult team.
  3. What’s the most challenging team you have been on?
  4. Did you ever have a challenging situation working as a leader of a team?
  5. Tell me about a time you were proud that you had an impact on something.
  6. Tell me about a time you were happy that you made a difference.
  7. Tell me about a time you saw an opportunity someone else did not.
  8. Give me an example of a time you had to get buy-in from someone for your idea.
  9. Tell me a time you influenced a change to an organization / business / team.
  10. Was there a time you faced difficulty as a leader?

Você vai perceber que esse é o tipo de pergunta, pois ela geralmente começa com “me dê um exemplo”, “me conte uma vez que”, “me conte uma situação onde”, etc.

IMPORTANTE: Essas situações precisam ser suas, e você precisa se lembrar bem delas para contar – adivinha! – em forma de história! Sua resposta precisa ter “início, meio e fim”, “introdução, acontecimentos, conclusão/resultado”.

Vamos lá! Esse é o Sprint final!!!

Bom trabalho e boa sorte!

 

Sobre a Autora

Fernanda Lopes
Fernanda Thees é formada em Administração de Empresas pela UFJF – Juiz de Fora, possui mestrado em Psicologia Organizacional pela University of New Haven, nos EUA e Certificação Internacional em Coaching pela Lambent International. Possui mais de 15 anos de experiência com Recursos Humanos, sendo 5 deles na Suíça e EUA. Em 2007 fundou a Loite, que tem foco em Coaching de Carreira e preparação de candidatos para entrevistas das principais escolas internacionais de MBA. Neste novo período, também se envolveu com o desenvolvimento de pessoas e organizações, sendo Coach voluntária da Endeavor, Fundação Estudar e Ismart.

 

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo