Um projeto: Fundação Estudar

Graduação

O que você precisa saber para cursar uma graduação fora do Brasil

30.07.15

O que fazer quando o resultado do SAT não está a seu favor

O que fazer quando o resultado do SAT não está a seu favor

Não é preciso se desesperar! Há opções para alunos cujas notas nas provas padronizadas estão abaixo do esperado para as faculdades desejadas

Por Andrea Wunderlich

No processo de seleção de universidades norte-americanas nenhum fator único é importante o suficiente para decidir quem deverá ou não ser aceito. O aluno é avaliado como um todo: seu histórico escolar, seus interesses pessoais, suas conquistas, além dos seus resultados em testes padronizados.

É comum, principalmente os brasileiros, se preocuparem muito com as notas no SAT, SAT II ou ACT. Mas, mesmo com muito estudo e dedicação, às vezes a nota final de um candidato fica longe da nota almejada. Isso pode por várias razões, desde nervosismo até a dificuldade com a língua inglesa.

Para os candidatos que não estão satisfeitos com suas notas nessas provas, vale a pena conhecer um grupo de faculdades diferentes: aquelas que não dão enfoque a esses resultados que podem causar tanto estresse.

Este grupo envolve três subgrupos de faculdades: Test-Blind, Test-Optional e Test-Flexible.

Test-Blind: Neste grupo há apenas uma faculdade: a Hampshire College, em Massachusetts. Ser Test-Blind significa que esta faculdade desconsidera completamente os resultados dos testes padronizados. Apesar disto, é uma faculdade boa, com um sistema acadêmico rigoroso. Um fator interessante é que os alunos não escolhem majors (área de formação, como Química, Relações Internacionais, etc), como na maioria das faculdades. Em vez disso, selecionam suas aulas cuidadosamente e com isso criam seu foco de estudo.

Test-Optional: Neste grupo, as faculdades permitem que o aluno envie ou não seus resultados. Essa escolha não afetará sua avaliação. Sendo assim, é comum que apenas estudantes com notas muito altas no SAT ou ACT optem por enviá-las às escolas.

Bowdoin College (onde estudo!), Wesleyan University e Smith College, consideradas como algumas das melhores faculdades de Liberal Arts nos EUA, estão nesse grupo. Outros nomes são Wake Forest University, Brandeis University e American University.

Test-Flexible: Cada faculdade em o seu próprio sistema de avaliar o candidato e cabe ao aluno verificar quais os requisitos de sua escola de interesse. Em geral, o estudante deve fazer provas padronziadas, embora não precisem ser, necessariamente, o SAT ou ACT. Em vez disso, há a possibilidade de mandar, por exemplo, os resultados de três provas do SAT II, ou os resultados de três provas dos AP exams, exames que algumas escolas americanas oferecem aos alunos no fim do ensino médio. Neste grupo estão Middlebury College, University of Rochester e New York University, entre outras.

Vale lembrar que, apesar de terem um sistema de avaliação mais flexível, as faculdades mencionadas acima continuam sendo bastante seletivas, e o aluno deve apresentar um bom histórico escolar, além de atividades extracurriculares, cartas de recomendação e boas redações (essays). É importante salientar também que todo aluno internacional terá que fazer o TOEFL, que demonstra seus conhecimentos de inglês.
_____________________________________________________________________

Andrea Wunderlich é estudante de graduação no Bowdoin College, nos EUA.

Leia também:
Entenda os resultados do SAT e do ACT
ACT ou SAT: qual escolher?
Entenda o processo de seleção para universidades no exterior

Especialista explica como se preparar ano a ano para a graduação nos EUA

Conecte-se ao Estudar Fora

http://promo.estudarfora.org.br/07de78d376d72cb1d7d3

Leia Mais

impacto social
estudar na Asia
tudo sobre o GMAT
estudar idiomas