Um projeto: Fundação Estudar

Graduação

O que você precisa saber para cursar uma graduação fora do Brasil

15.02.16

O novo SAT é mais difícil? Razões para não temer as mudanças do teste!

O novo SAT é mais difícil? Razões para não temer as mudanças do teste!

Especialista destaca os pontos positivos da nova versão da prova utilizada para admissão em universidades estrangeiras!

Por Ana Virginia Kesselring

O SAT, uma das provas exigidas no processo de seleção de universidades norte-americanas, foi redesenhado – o que tem causado receio em estudantes brasileiros que sonham com a graduação fora. A nova versão do exame será aplicada já em março nos Estados Unidos e, a partir de maio, também no Brasil.

A nova prova ficará bem diferente da anterior, mas – calma – não há razões para temer. Veja:

1. Não haverá penalidade para as questões erradas. Se você ficar em dúvida entre duas respostas, tem 50% de chance de acertar!

2. As respostas de múltipla escolha passam a ser quatro em vez de cinco e assim suas chances de acertar passam de 20% para 25%.

3. Não haverá “sentence completion questions”. Todas as questões são baseadas no texto.

4. O vocabulário será sempre voltado ao texto, isto é, dado dentro do contexto e não haverá palavras soltas.

5. Serão cinco textos divididos em três matérias: Literatura, Estudos Sociais e Ciências.

6. As matérias não serão intercaladas. Haverá uma seção de inglês dividida em duas partes: reading e writing e uma seção de matemática dividida também em duas partes. Assim, o formato ficará mais parecido com o de nossos testes.

7. Em uma das duas partes da seção de matemática você poderá usar a calculadora e na outra, não. Quais são as vantagens? Nas escolas brasileiras, no Enem e  nos vestibulares brasileiros não é permitido o uso de calculadoras. Isto quer dizer que você já está acostumado com isso e os americanos, não. Neste ponto, os brasileiros levam vantagem.

8. No teste novo, os textos da seção de reading devem ser mais simples e as perguntas menos complexas. São textos e  questões relacionadas às áreas de literatura, estudos sociais e ciências.

9. Na seção de inglês, o writing terá questões de gramática, incluindo pontuação e conjugação de verbos. Estes são pontos que os americanos têm bastante dificuldade. Já os brasileiros que tem uma boa base de inglês (estudaram gramática da língua inglesa como segunda língua) terão uma vantagem, pois nossos métodos de aprendizagem do idioma, geralmente, têm foco grande na gramática e na conjugação de verbos. A pontuação é algo bastante desafiador na língua portuguesa, o que não acontece no inglês. As regras são fáceis de aprender.

10. Na seção de matemática foram incluídos problemas um pouco mais complexos e, agora, trigonometria básica e álgebra estarão mais presentes. Isso facilita para o brasileiro que no ensino médio tem uma carga horária de matemática mais intensa que o estudante americano.

Para finalizar, podemos dizer que a redação (essay) é o único ponto crítico do exame para os brasileiros. Isso porque os estudantes brasileiros são estimulados a criar em suas redações, encontrar argumentos próprios e desenvolver um texto muito mais baseado em suas experiências pessoais.  No novo SAT será preciso buscar evidências nos textos dados para responder à pergunta da redação – portanto, nada de invencionices. O fato de ter que buscar sustentação nos textos pode causar estranheza a alguns, mas nada que um bom aluno não possa aprender, desenvolver e superar.

_____________________________________________________________________

Sobre a autora

F_ AZUL_0001Ana Virginia Kesselring é administradora de empresas com especialização em Psicopedagogia Clínica e Educacional e tem mais de 15 anos de experiência no ensino de idiomas. É proprietária da Virginia Center School, instituição que, além de oferecer cursos regulares de idiomas, prepara estudantes para provas como TOEFL, IELTS, SAT, ACT, GRE e GMAT.

 

Leia também:
Saiba tudo sobre o novo SAT
O SAT mudará em 2016. O que fazer?
ACT ou SAT: qual escolher?
Guia online e gratuito sobre graduação no exterior

Conecte-se ao Estudar Fora

http://promo.estudarfora.org.br/07de78d376d72cb1d7d3

Leia Mais

impacto social
estudar na Asia
tudo sobre o GMAT
estudar idiomas