Inicio MIT lança o RIO, Inteligência Artificial que combate a desinformação online

MIT lança o RIO, Inteligência Artificial que combate a desinformação online

0
MIT lança o RIO, Inteligência Artificial que combate a desinformação online

O MIT Lincoln Laboratory, centro de pesquisa em tecnologias avançadas com base no Massachusetts Institute of Technology (MIT), anunciou o lançamento da tecnologia Reconnaissance of Influence Operations (Reconhecimento de Operações de Influência), o RIO. O programa é voltado para detectar e combater campanhas online de desinformação.

O RIO é um sistema de Inteligência Artificial desenvolvido para criar uma tecnologia que permite detectar automaticamente narrativas de desinformação e as contas que espalham essas narrativas. O sistema combina múltiplas técnicas de análise e coleta de dados que permitem classificar as contas com base no comportamento e conteúdo produzido. Essa fusão de bases de dados permite que a IA se oriente com maior precisão a capacidade de análise.

Leia também: MIT suspende SAT e ACT para applications em 2021 e 2022

Origem do RIO

O projeto começou a ser desenvolvido em 2014, a partir de pesquisas de membros do MIT Lincoln Laboratory sobre a capacidade de “grupos maliciosos” de explorarem as redes sociais. No mês em que aconteceram as eleições de 2016 nos EUA, com a eleição o ex-presidente Donald Trump, a equipe que desenvolveu o RIO coletou 28 milhões de postagens no Twitter e mais 1 milhão de contas. Os dados serviram para montar uma base de dados enviada posteriormente para o RIO. A partir dela, a IA foi capaz de encontrar contas de desinformação com 96% de precisão.

Posteriormente, o sistema foi aperfeiçoado em outras eleições, como as que aconteceram na França, em 2017. Atualmente, a RIO também é capaz de detectar o alcance em rede que a conta que está espalhando a desinformação exerce, além de quantificar o impacto de contas operadas tanto por bots quanto por humanos – geralmente, esses sistemas detectam apenas as contas robôs.

Leia também: Estude com professores de Harvard e MIT gratuitamente na plataforma Edx

Na nota, os pesquisadores do MIT afirmam que a tecnologia pode se tornar uma grande aliada tanto para a detecção em massa de campanhas de desinformação quanto para auxiliar o desenvolvimento de estratégias de combate.

Combate à desinformação e proteção da democracia

Na publicação, Edward Kao, um dos membros da equipe que desenvolveu a tecnologia, afirma que “a defesa contra a desinformação não é apenas uma questão de segurança nacional, mas também sobre proteger a democracia”.

Apesar de as campanhas de desinformação e divulgação de mentiras não serem inéditas na história, o uso das redes sociais e de novas tecnologias para essa divulgação é novo. Essas tecnologias permitiram que a desinformação impactasse a opinião pública, eleições e a saúde pública de forma jamais vista.

Leia também: Conheça 5 técnicas de liderança desenvolvidas por professor do MIT

Sobre o MIT Lincoln Laboratory

O MIT Lincoln Laboratory desenvolve projetos de pesquisa em tecnologias à serviço das necessidades nacionais. De acordo com o site do laboratório, o diferencial dele é o foco em alinhar pesquisas e desenvolvimento de protótipos operacionais.

O que você achou desse post? Deixe um comentário ou marque seu amigo:

Leia