Um projeto: Fundação Estudar

Colunistas

Orientação de especialistas e experiências de estudantes para te ajudar a chegar lá

17.07.14

MBA nos EUA, estágio no Brasil

MBA nos EUA, estágio no Brasil

Andréa Beer, colunista do Estudar Fora, conta como está sendo o seu Summer Internship na área de marketing de uma empresa de alimentos. Veja!

Pode parecer incoerente à primeira vista, mas férias de verão do MBA significam trabalho. Isso porque a maioria dos alunos aproveita os meses sem aula — junho, julho e agosto — para fazer um estágio. Não é obrigatório, mas, além de ganhar uma graninha, o Summer Internship é um ótimo momento para experimentar outras profissões, colocar em prática o conhecimento adquirido no primeiro ano ou mesmo aprimorar habilidades interpessoais e profissionais. Também funciona como uma oportunidade de já conseguir uma proposta full time pós MBA, ou seja, como bem descreveu um amigo que fez MBA na Michigan Ross School of Business, o estágio é uma entrevista prolongada.

Kellogg promove palestras em SP e no Rio para interessados em MBA

Como mostrei em meu último vídeo, a maior da parte da minha turma de amigos brasileiros acabou ficando nos Estados Unidos e quase todos estão estagiando em outras indústrias. No meu caso, optei por trabalhar no Brasil na BRF, dona das marcas Sadia, Perdigão, Qualy e Batavo, na  área de marketing. Os primeiros dias não foram fáceis, afinal o ritmo de estudo, mesmo que intenso, é bem distinto do ritmo de trabalho. Mas depois da primeira semana, tudo entrou nos eixos. Ainda bem, já que temos apenas 12 semanas para dar o nosso melhor. No meu estágio, todos os trainees têm um projeto específico na sua área de atuação e ainda um projeto em conjunto coordenado pelo diretor de desenvolvimento organizacional. A ideia é apresentá-los à diretoria ao término do estágio.

Um dos períodos mais ricos destas primeiras semanas foi a integração. Visitamos linhas de produção, centros de distribuição, laboratório de inovação, acompanhamos uma rota de vendas e ainda tivemos a oportunidade de conversar com os CEOs Brasil e Global da companhia. Esta imersão nos deu uma visão ampla dos desafios e oportunidades e uma vivência única da cultura da empresa, do chão de fábrica até a presidência.

O verão: um mundo de possibilidades

Outro aspecto interessante do meu summer é a diversidade cultural dos trainees. Mesmo sendo uma empresa brasileira, eu sou a única daqui. Temos três indianos, um de Dubai em fusões e aquisições, outro de Amsterdam, na área de Recursos Humanos, e um no Brasil, também em RH. Os outros dois estagiários são da Argentina e da Colômbia. Esta multiplicidade cultural agrega ainda mais valor à experiência porque somos expostos a realidades muito distintas da brasileira.

Tudo isso somado ao fato de estar em marketing com um projeto bacana tem feito a experiência valer muito a pena. Não só tenho conseguido aplicar os conhecimentos adquiridos na faculdade, como também tenho aprendido muito com o time. O tempo voou neste período e agora faltam apenas sete semanas para o término do summer. Após este período, irei para Dubai e Oman liderar uma viagem de integração com os alunos do primeiro ano. MBA é assim, sempre cheio de atividades, sejam profissionais, culturais ou sociais.

andrea beer arte

Leia outras colunas da Andréa Beer

Conecte-se ao Estudar Fora

Prep Course

Leia Mais

estagiários da Microsoft comemorando
impacto social
estudar na Asia
tudo sobre o GMAT