Um projeto: Fundação Estudar

Graduação

O que você precisa saber para cursar uma graduação fora do Brasil

04.01.16

LMU Munich: cursos de graça na Alemanha até para estrangeiros

LMU Munich: cursos de graça na Alemanha até para estrangeiros

Universidade é a 2ª maior da Alemanha, com mais de 50.000 alunos. Papa Bento XVI foi um dos professores. Saiba mais!

Ludwig Maximilian University of Munich (LMU), também conhecida como Universidade de Munique, é uma das mais antigas da Alemanha. Fundada em 1472 pelo Duque Ludwig IX da Bavária, estabeleceu-se de vez em 1826.

Dividida em 18 faculdades – que vão de Teologia Protestante à Medicina Veterinária –, é hoje a segunda maior universidade da Alemanha, com cerca de 50.300 estudantes. Sete mil vêm de fora do país. Financeiramente, a LMU Munich é generosa. Não há cobrança de anuidades nos cursos de graduação. Os estudantes devem pagar apenas uma taxa administrativa semestral de €113 e outros €61 para transporte público. Alunos internacionais também ficam isentos da cobrança de mensalidades e ainda podem concorrer a bolsas de estudo da própria universidade e do governo alemão para ajudar com os custos de vida no país.

Passo a passo para encontrar cursos de graça na Alemanha

Com forte presença na área de pesquisas e patrimônio de €1,5 bilhão, a LMU mantém uma rede com mais de 500 parceiros institucionais pelo mundo. De intercâmbios a pesquisas colaborativas e cooperação administrativa, a rede se espalha pela Europa, América do Norte e Ásia. E é popular mesmo entre quem não fala alemão fluente, já que o número de programas oferecidos para graduação e pós-graduação em inglês vem crescendo ano a ano.

Entre os pontos altos de sua história estão a criação da sociedade secreta Illuminati, dedicada de maneira radical ao Iluminismo e cujo propósito era desenvolver uma elite capaz de dominar todas as posições importantes do Estado. A influência do Iluminismo também levou os professores a focarem mais nas ciências naturais.

Outro grupo da LMU ganhou fama atemporal. Durante o período nazista, que envolveu as universidades em sua revolução cultural, o Rosa Branca ganhou destaque pela Alemanha com sua proposta resistência passiva. Em 1943, os estudantes Hans e Sophie Scholl, dois de seus integrantes principais, foram presos e mortos pela Gestapo após espalhar panfletos pelo campus.

Com 34 vencedores do Nobel no currículo e atualmente considerada a 10ª melhor universidade da Europa, já passaram por seus corredores grandes nomes como o físico Otto Hahn, o filósofo Max Weber e o escritor Thomas Mann. Papa Bento XVI, conhecido pelo rigor acadêmico no Vaticano, foi aluno e professor da LMU. Outra estrela é Max Planck, tido como fundador da teoria quântica e estudante na década de 1870.

Famosos que passaram pela LMU Munich
Papa Bento XVI;
Thomas Mann, autor de “A Montanha Mágica”;
Konrad Adenauer, chanceler alemão de 1949 a 1953;
Max Weber, professor de Sociologia da instituição;
Bertolt Brecht, diretor de teatro e dramaturgo.

Acesse aqui o site da universidade
Saiba mais sobre o processo seletivo
Saiba mais sobre o suporte financeiro oferecido pela LMU Munich

Leia também:
Passo a passo para encontrar cursos de graça na Alemanha
Intercâmbio na Alemanha, uma experiência multicultural

Conecte-se ao Estudar Fora

http://promo.estudarfora.org.br/07de78d376d72cb1d7d3

Leia Mais

estagiários da Microsoft comemorando
impacto social
estudar na Asia
tudo sobre o GMAT