InícioEducaçãoConheça o Le Cordon Bleu, uma das escolas de gastronomia mais prestigiadas...

Conheça o Le Cordon Bleu, uma das escolas de gastronomia mais prestigiadas do mundo

Marcela Marcos - 03/11/2023
Comentários:

Já falamos aqui no Estudar Fora sobre as melhores escolas de gastronomia do mundo. Quando o assunto é a culinária francesa, não há como deixar de lado o prestigiado Le Cordon Bleu, que tem mais de 120 anos de tradição. A instituição consolidou alguns aspectos importantes na formação de seus alunos.

O primeiro deles é a possibilidade de conceder aulas com chefs renomados, que ensinam noções de gastronomia e hospitalidade. Outro ponto importante está na capacidade de mediar o contato de estudantes com restaurantes de sucesso, para oportunidades de trabalho como estágios supervisionados.

Entre os ex-alunos notáveis, destacam-se ninguém menos que a Lady Diana (1961 – 1997), princesa de Gales; Dione Lucas (1909 – 1971), famosa cozinheira e escritora britânica, além de Julia Child, responsável por trazer a culinária francesa aos Estados Unidos e Erick Jacquin, chef francês que apresenta o programa MasterChef Brasil.

Leia também: Como conseguir uma bolsa para estudar na França

O programa da TV Bandeirantes, aliás, oferece como um dos prêmios ao grande vencedor da competição a formação no Le Cordon Bleu. Neste post, falaremos em detalhes sobre a renomada escola francesa.

HISTÓRIA DO LE CORDON BLEU 

O nome Le Cordon Bleu tem origem na excelência culinária no século XVI, quando o Rei Henrique III criou uma das ordens mais importantes da França, L’Ordre du Saint-Esprit. O símbolo era a Cruz do Espírito Santo, que pendia em uma fita azul. 

Como instituto de artes culinárias, Le Cordon Bleu foi fundado em Paris, em 1895, pela jornalista Marthe Distel. Naquele ano, a primeira demonstração de culinária realizada em um fogão elétrico foi encenada no Le Cordon Bleu, como uma iniciativa para promover a revista editada por Distel e lançar a escola de culinária de Paris. A partir de então, a reputação internacional do instituto se espalhou rapidamente, atraindo chefs de cozinha renomados para o corpo docente e estudantes de vários lugares do mundo.

Atualmente, o Instituto está presente em 20 países (incluindo o Brasil) com 35 escolas internacionais frequentadas por 20 mil alunos anualmente. As aulas são ministradas por Master Chefs que, em sua maioria, vêm de restaurantes premiados com estrelas Michelin.

PROGRAMAS DA FAMOSA ESCOLA DE GASTRONOMIA FRANCESA

O Le Cordon Bleu oferece programas de formação profissional com duração de 13 a 18 meses, que se concentram no aprendizado de técnicas culinárias complementadas por experiências práticas em prestigiados estabelecimentos de Paris. 

O programa mais notável é o Grand Diplôme® em Estudos Profissionais, que tem como objetivo proporcionar aos alunos uma formação culinária aprofundada, seguida de uma sólida experiência profissional. O curso tem certificado duplo, tanto para técnicas de cozinha quanto para Pâtisserie (que tem foco em bolos e doces).

Leia também: Os cursos mais baratos das melhores universidades da Europa

Para se formar, o cozinheiro precisa fazer um estágio de 6 meses em um restaurante ou hotel parceiro. A duração total é de 9 meses e o custo é de 51.100 euros – que já inclui conteúdo pedagógico, uniforme e equipamentos que serão utilizados ao longo das aulas.

Há, ainda, o curso de Culinária na Trajetória Profissional, uma formação completa e rigorosa ministrada por grandes chefs do universo da gastronomia. O ensino de alto nível permite o aprendizado progressivo de técnicas culinárias francesas clássicas e contemporâneas. O treinamento é completado por 3 meses de Aplicação Prática dentro do Instituto, bem como por 4 meses de estágio em uma empresa. O aluno também pode optar por fazer somente um curso mais focado em Pâtisserie

Já os bacharelados oferecidos pelo Le Cordon Bleu têm duração de 3 anos e, para estudantes de fora da União Europeia, custam 13.500 euros no primeiro ano de estudos e 13.000 euros nos dois últimos. 

COMO ENTRAR NO LE CORDON BLEU

O requisito básico para estudar no Le Cordon Bleu é ter pelo menos 18 anos no início do programa e possuir um certificado tecnológico ou de bacharelado. Qualquer experiência profissional nas artes e ofícios culinários relacionados a este treinamento pode ser mencionada.

O processo seletivo envolve o envio do currículo e de uma carta de motivação. Saiba mais nesta página do Instituto

 

O que você achou desse post?

Sobre o escritor

Marcela Marcos
Marcela Marcos
Marcela Marcos é jornalista e cursa mestrado na linha de Comunicação do programa de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Federal do ABC. Foi colaboradora do portal Estudar Fora em 2018.

Artigos relacionados