Um projeto: Fundação Estudar

Intercâmbio

O que você precisa saber para ter uma experiência de estudos em outro país

24.02.16

Dubai: o mais novo destino de brasileiros para estudar inglês

Dubai: o mais novo destino de brasileiros para estudar inglês

Capital dos Emirados Árabes Unidos tem atraído brasileiros com sua oferta de cursos de inglês, oportunidades de trabalho e cenários de tirar o fôlego. Saiba mais!

Por Claudia Gasparini, de EXAME.com

Nem Londres, nem Nova York: um dos mais novos destinos escolhidos por brasileiros para estudar inglês é a exótica Dubai.

O investidor Marcos Argolo, de 39 anos, decidiu viajar para a maior cidade dos Emirados Árabes Unidos após meses de intensa pesquisa. Sua opção pela cidade árabe se justifica, segundo ele, por diversas vantagens em relação a destinos mais tradicionais na Europa e na América do Norte.

“Gosto de investir no que é promissor, e Dubai está em expansão econômica e oferece oportunidades profissionais em vários segmentos, além de ter um clima agradável”, explica.

Formado em ciências da computação, Argolo pretende estudar inglês por 5 meses na cidade e, em seguida, buscar um emprego fixo no local – onde pretende se estabelecer por tempo indeterminado.

“Ainda não planejei a volta para o Brasil, mas certamente minha experiência em Dubai será muito útil para quando nosso país retomar o crescimento econômico”, diz ele.

O investidor faz parte de um grupo ainda pequeno de brasileiros que escolhem o emirado como destino para estudo e trabalho.

A oferta de cursos de inglês em Dubai é bastante nova, segundo Flávio Imamura, sócio-fundador da Global Study, empresa de intercâmbios contratada por Argolo. A agência vende cursos de 5 meses ministrados pela escola britânica ES Dubai. O visto também inclui permissão para trabalhar na cidade.

“A vantagem de Dubai é que falta mão de obra em todas as áreas, então não há só subempregos para os estrangeiros”, diz Imamura. “Você pode encontrar algo na mesma área em que já trabalha”.

Luxo cosmopolita – O engenheiro de produção Maurício Adriano, de 24 anos, comprou a ideia e deve viajar para a cidade pelo Global Study em maio deste ano. “Espero encontrar uma multiculturalidade imensa”, diz Adriano, que pretende viver e trabalhar no local por pelo menos um ano. “Além de melhorar o inglês, meu objetivo é conhecer e absorver costumes diferentes”.

Embora não seja a língua oficial, o inglês é amplamente falado pelos locais – tanto pela relevância da cidade para o mundo dos negócios, quanto pela imensa presença de estrangeiros.

Dubai é conhecida por ser cosmopolita: seu aeroporto internacional foi o 1º do mundo em número de passageiros em 2015, com tráfego superior a 78 milhões de pessoas.

A beleza hiperbólica da cidade – que abriga o Burj Khalifa, o maior arranha-céu do mundo, com mais de 160 andares – não deixou de ser um fator decisivo para a escolha de Adriano.

Quando soube que poderia aliar as aulas de inglês a um cenário de tirar o fôlego, confessa ele, não restou nenhuma dúvida. “Dubai é um destino fascinante”, diz o engenheiro. “A meu ver, toda experiência trazida por viagens internacionais é válida, seja para se qualificar, seja para fazer turismo, e esse destino consegue trazer as duas oportunidades”.

Além de arquipélagos artificiais e shoppings a céu aberto, a cidade árabe também ostenta o único hotel 7 estrelas do mundo. No Burj Al Arab, que tem 321 metros de altura repartidos em 56 andares, até os elevadores são revestidos de ouro.

Este texto foi originalmente publicado na Exame.com

Leia também:
10 destinos fora do comum para fazer intercâmbio
Estudar na Austrália: paraíso para ganhar fluência no inglês
Do Brasil aos Emirados Árabes: como um MBA fora pode alavancar sua carreira

Conecte-se ao Estudar Fora

Leia Mais

impacto social
estudar na Asia
tudo sobre o GMAT
estudar idiomas