Um Projeto: Fundação Estudar
acomodação estudantil

7 perguntas para achar a acomodação ideal durante o intercâmbio

Por Priscila Bellini
19.10.2018

Quer você embarque para um intercâmbio, quer encare um mestrado no exterior, saber onde vai morar é um passo importante do planejamento. Conheça sete perguntas essenciais que deve fazer enquanto procura a sua acomodação ideal para esse período.


Uma vez escolhido o programa de intercâmbio ou a universidade de destino, há muito planejamento a fazer. Com a carta de aceite em mãos, uma das coisas mais importantes a fazer é arrumar uma acomodação para o período no exterior.

De cara, o lado bom dessa experiência é que você vai poder partilhar suas inseguranças e expectativas com outros estudantes, vindos de diferentes lugares do mundo.

Aqui estão sete questões que você deve se fazer quando for escolher sua acomodação, para ajudá-lo a encontrar o melhor lugar para viver enquanto estiver fora!

#1 Quando você precisa começar a se planejar?

Sua acomodação estudantil está entre as coisas mais importantes a planejar enquanto se prepara para a universidade, então não procrastine. Para evitar o estresse do último minuto, comece a pensar sobre as opções disponíveis.

#2 Quais são os prazos?

Descubra se há uma data limite para se candidatar à acomodação estudantil, por exemplo, e marque-a no seu calendário. Esses prazos dependem da universidade e do curso a ser realizado, então se certifique de que separou tempo suficiente para planejar, decidir qual opção escolher e enviar sua application.

#3 Qual é seu orçamento?

O orçamento vai ter um grande impacto na sua decisão, é claro. Qualquer que seja ele, tenha certeza de quanto dinheiro tem disponível, para evitar que comece a procurar opções que estejam além da faixa de preço.

#4 O que está incluso?

Quando começar a elaborar seu orçamento, tenha claro o que está incluso no valor da sua acomodação. Muitos halls oferecem aluguéis “all-inclusive“, então você não precisa se preocupar com contas utilitárias ou o preço da internet. É sempre uma boa ideia checar se há despesas “escondidas”, que não foram previstas inicialmente.

#5 Quais são as datas no seu contrato?

É necessário entender, antes, a duração do contrato. Algumas acomodações de universidades pedem que os alunos desocupem os quartos durante o Natal, a Páscoa ou férias de verão, então se você não quer tirar todas essas coisas antes de embarcar para férias, por exemplo, deve evitar essas opções.

#6 Onde você quer estar?

Pense na localização da sua acomodação. O lugar é perto o suficiente da sua universidade (para que você consiga chegar às aulas facilmente) ou do centro da cidade? Lembre-se de que uma localização central pode ajudar a poupar algum dinheiro em transporte público e corridas de táxi, ainda que o aluguel possa ser mais caro.

Leia também: Conheça 5 dicas para juntar dinheiro e estudar fora

#7 Quais aspectos são “não-negociáveis” na sua acomodação?

É você quem vai viver por lá, então tenha certeza de que pensou com cuidado nos itens necessários, assim como nos aspectos que você não faz questão de ter na sua acomodação. O critério de cada um difere, e pode ser desde uma boa internet, uma localização central ou mesmo banheiro privativo – o que for mais importante no seu caso.

Este texto é uma adaptação da versão original, publicada em inglês por Dan Roberts no site Times Higher Education.

E se você ainda não escolheu o destino?

Se você ainda não se decidiu sobre o país em que quer fazer intercâmbio, esse vídeo do Estudar Fora te dá as orientações para que você possa fazer uma escolha que faça mais sentido com seus objetivos!

 

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d