Um projeto: Fundação Estudar

Graduação

O que você precisa saber para cursar uma graduação fora do Brasil

22.08.13

Conheça mais sobre o SAT II

Conheça mais sobre o SAT II

Complementares ao SAT Reasoning, os SAT II podem ajudar a mostrar para as universidades fora em quais matérias você se destaca

Também chamado de SAT Subject Test, os SAT II são complementares ao teste SAT e avaliam o seu conhecimento em uma área específica, em uma prova de uma hora de duração. O seu desempenho do SAT II pode te ajudar a mostrar para a universidade em quais matérias você é muito bom, além dos conhecimentos gerais avaliados pelo SAT I. Você pode fazer o SAT II em 20 áreas diferentes como Literatura, História Geral, História dos EUA, Matemática 1 e 2, Biologia, Química, Francês, Alemão, Espanhol, entre outros. Cada teste tem uma pontuação máxima de 800 pontos, e você poderá fazer no máximo três testes por vez. Geralmente, as universidades mais disputadas pedem entre dois e três SAT Subjects Test, além do SAT I. Este exame também é administrado pelo College Board.

Leia mais: Conheça os testes de admissão para estudar no exterior

O Estudar Fora ouviu as especialistas em preparação para o exame e diretoras do Dux Institute, Annie Kim Podlubny e  Nicole J. Merrullo Frutuoso, e esclareceu algumas das principais dúvidas que os estudantes tem em relação ao SAT II. Confira:

1. Como funciona a prova? 

Os SAT II tem uma hora de duração e todos os testes são de múltipla escolha. Você pode fazer no máximo três testes a cada data. Todas as especificações de cada uma das 20 provas podem ser encontradas no site do College Board. Para conhecer mais da prova, confira AQUI o guia Getting Ready for SAT Subject Tests, elaborado pelo College Board.  

2. Qual é a diferença na preparação para o SAT I e o SAT II?

Segundo Annie, do Dux Institute, o SAT Reasoning (SAT I) e o SAT II são completamente diferentes, e, por isso, a preparação por parte do aluno deve ser diferente também. O conteúdo do SAT II não é tão focado na lógica, como é o SAT I. São mais informações acumuladas durante todo o ensino médio. Para a orientadora, o exame não requer dos estudantes um conteúdo muito além do que é estudado para o ENEM.

O Instituto Dux recomenda que você faça o SAT II enquanto estiver estudando mais sobre a disciplina do teste no colégio. “Assim o conteúdo estará fresco”, comenta Annie. Geralmente, os estudantes fazem o SAT II somente uma vez, e a recomendação para os brasileiros é que façam o teste no primeiro semestre do 3º ano, para não se sobrecarregar com as outras exigências das etapas da sua application

3. Como escolher quais testes fazer?

A recomendação do College Board é que os estudantes escolham quais SAT Subjects Tests  devem fazer por dois critérios: pelas disciplinas em que os alunos são mais fortes, e pelas exigências feitas pelo processo de seleção das universidades em que irão se candidatar.

Leia mais: SAT, a versão americana do ENEM

Uma informação importante é que, a não ser que você vá fazer um SAT II de um idioma com uma seção de Listening, você não precisa definir quais testes vai fazer antes do dia da prova.”Mas é preciso planejamento, já que os centros habilitados para os exames aqui no Brasil são pequenos. Assim que o aluno decidir fazer a prova ele deve se registrar, para não ficar sem vaga para fazer o exame na próxima data”, orienta Nicole, do Dux Institute.  Alguns testes, como de História Mundial, não são oferecidos em todas as datas, então é importante checar em que dias as provas que você pensa em fazer serão oferecidas.

Nicole recomenda que os alunos tenham um equilibro na escolha dos testes, priorizando fazer um SAT II em Matemática ou em uma Hard Science (como Física, Química ou Biologia); um em História ou em um idioma e um terceiro a sua escolha. “Mas se você for se candidatar a universidades muito competitivas e rigorosas em exatas – como o MIT, o ideal é fazer os testes mais relacionados ao perfil da universidade”, explica.

Confira algumas outras dicas que podem ser úteis na hora de escolher quais testes fazer:

Play to your strengths“: Escolha as provas nas quais você se sinta confiante e possa tirar notas mais altas.
Pense nas áreas acadêmicas que queira estudar na faculdade: Se você quiser estudar engenharia, faz mais sentido fazer os Subject Tests “quantitativos” (matemática ou física, por exemplo).
Math I ou Math II?: O conteúdo de Math II é mais avançado, mas a pontuação de Math I é mais rígida. Isto é, uma resposta incorreta em Math I reduz a nota final mais do que uma em Math II.
Cuidado com Literature: A prova de Literature não avalia seu conhecimento de autores e obras famosos, mas tem vários textos breves que você precisará interpretar. A prova será muito difícil para o aluno que não se sinta muito confiante sobre seu inglês e que não conheça o lado técnico das artes de linguagem.
Familiarize-se com o conteúdo das provas de History: A prova de U.S. History foca na história dos Estados Unidos, que não é bem conhecida pela maioria de alunos brasileiros, e a prova de World History foca muito na Ásia e na África, áreas não bem representadas no currículo brasileiro. O aluno com grande interesse em estudar história deve se familiarizar com o conteúdo destas provas antes de fazê-las.
Faça a prova de língua espanhola somente se já a estudou na escola: Muitos brasileiros acham que, por falarem português como língua materna, não terão nenhum problema na prova de espanhol. Infelizmente, não é assim. Para evitar um resultado ruim, você só deve fazer esta prova se já estudou espanhol por dois anos na sua escola ou num curso extracurricular.  Além disso, um resultado muito bom nesta prova não sempre impressiona os admission officers, pois o português e o espanhol são línguas irmãs.

4. Como avaliar a minha nota?

Analisar se a nota que você tirou no SAT II é boa ou ruim depende muito do seu College List – a lista de universidades em qual você vai se candidatar, e também da média da maioria dos alunos em cada disciplina. “Para a maioria dos testes, apenas de 15 a 18% dos alunos alcançam mais de 700 pontos. Mas para Química, por exemplo, 33% dos estudantes que prestam o exame pontuam acima disso, ou seja, para realmente se destacar em Química é preciso tirar uma nota alta, como 760 ou 780”, esclarece Annie. Segundo as orientadoras, se você está se candidatando para universidades muito competitivas, sua meta deveria ser atingir em média 700 pontos em cada teste.

Leia mais: Entenda o processo de seleção para universidades no exterior 

A maioria das universidades divulga em seus sites a média das notas do SAT II dos alunos aprovados em cada ano, e você pode utilizar esses dados para estimar quais são as notas ideais que você precisa tirar em cada exame. Para ter uma referência, leia AQUI um artigo interessante com exemplos de notas ideais no SAT II de Química.

5. Quais as principais dificuldades dos brasileiros no SAT II? 

Segundo Annie, os principais desafios dos brasileiros ao prestar o SAT Subject Test são:

Timing: Os brasileiros estão acostumados a ter mais tempo para resolver as questões em provas e saber gerir bem seu tempo é essencial para se sair bem no exame. Por isso, o Dux Institute recomenda que os alunos façam muitos simulados e entendam as estratégias para se sair bem na prova.

Vocabulário: Mesmo que você seja fluente em inglês, subestimar as dificuldades com termos desconhecidos no outro idioma pode ser perigoso. Uma dica é fazer o download do SAT vocabular flashcards e começar a praticar e memorizar meses antes da prova.

Lidar com a pressão: Segundo Annie, o resultado em exames no Brasil é muito mais determinante do seu futuro do que é nos EUA. Comparado ao vestibular e ao ENEM, os testes SAT não são tão impactantes no resultado final do seu processo, já que a admissão em universidades americanas são compostas por outras etapas além dos exames. “Por estarem acostumados com essa cultura, muitos alunos ficam muito ansiosos na hora da prova, e se saem muito pior do que realmente se sairiam se estivessem tranquilos”, explica Annie.

Está se preparando para prestar os SAT Subject Tests? Então acompanhe o Estudar Fora! Em breve postaremos dicas de estudos para o SAT II, dadas por especialistas em preparação. Fique ligado!

Conecte-se ao Estudar Fora

http://promo.estudarfora.org.br/07de78d376d72cb1d7d3

Leia Mais

estagiários da Microsoft comemorando
impacto social
estudar na Asia
tudo sobre o GMAT