Um Projeto: Fundação Estudar
Wheeler Hall, um dos edifícios da University of California, Berkeley

Como é estudar em universidades grandes nos EUA? E em universidades menores?

Por Gustavo Sumares
17.05.2019

Três bolsistas da Fundação Estudar que estudam nos Estados Unidos comparam suas experiências em universidades como UC Berkeley (uma universidade pública com muitos alunos) e Grinnell College (um liberal arts college com aulas menores). Confira!


Muita gente tem o sonho vago de “estudar nos Estados Unidos”. Mas como é estudar nos EUA, para quem está lá? Na verdade, isso depende muito! O país abriga uma série de instituições de ensino superior diferentes, e o estilo de ensino de cada uma delas varia bastante.

Para falar sobre isso, os bolsistas Rafael Monteforte, Isabela Barros e Ricardo Buarque fizeram um vídeo compartilhando suas experiências. Rafael é aluno do Grinnell College, um Liberal Arts College, pequeno e com poucos alunos. Isabela estuda em Stanford, uma universidade privada de porte médio para grande. E Ricarco estuda na UC Berkeley, uma universidade pública com muitos alunos. Confira abaixo a experiência de cada um:

Estilo das aulas

Como seria de se imaginar, as Liberal Arts Colleges tem aulas bem menores, com no máximo 30 alunos por sala. E isso gera uma proximidade maior entre os alunos, bem como entre alunos e professores. Em Stanford, há aulas assim também, mas há também aulas muito maiores, com muito mais alunos e professores assistentes.

A UC Berkeley tem aulas introdutórias para todos os alunos, o que significa que há salas enormes, já que todo mundo faz as aulas. Mas conforme o curso progride, as aulas vão ficando menores. É uma experiência próxima do que muita gente imagina de como é estudar nos EUA.

Fazendo amizade

Nessas aulas enormes, há bem menos interações, o que significa que as aulas acabam não sendo uma boa oportunidade para fazer amizades. Mas isso não significa que você não tem amigos na universidade! Como as habitações estudantis são compartilhadas, os dorms são ótimos locais para encontrar amigos.

Conforme os alunos avançam no curso, as matérias que estudam se tornam mais específicas. E eles têm muito mais liberdade para escolher quais matérias querem estudar. Por isso, é raro que você e seu amigo cursem as mesmas disciplinas. A vantagem é que você acaba fazendo amizade com pessoas que estudam coisas muito diferentes. E sempre há comunidades brasileiras ou latino-americanas que, segundo os estudantes, são bastante acolhedoras.

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d