Um Projeto: Fundação Estudar
Mestrado na UdeM

A receita para quem quer estudar na Universidade de Montreal – ditada por uma aluna brasileira

Por Colunista do Estudar Fora
23.10.2018

Andrea Nunes Velho, mestranda no programa de psicopedagogia da Université de Montréal, conta suas estratégias para viver a experiência de estudo no Canadá da melhor forma


A palavra-chave é antecedência. Foram mais de dois anos antes da primeira aula de mestrado que tive na Université de Montréal (UdeM). Nesse período anterior ao curso, investi no aprendizado do francês, busquei informação de todo tipo e tive a oportunidade de visitar todas as grandes universidades da maior cidade de Quebec.

As primeiras impressões como aluna da UdeM

Em janeiro de 2016, enviei todos os documentos pelo Correio e só obtive a carta de aceitação da universidade em junho. Cheguei em Montreal um dia antes de começarem as aulas. Foi muito difícil encontrar apartamento para alugar com o curso já em andamento. Finalmente, após um mês de procura, eu o encontrei.

O ideal é chegar com, pelo menos, um mês de antecedência para ter aquele precioso tempinho de descobrir quais são os supermercados mais baratos, conhecer as bibliotecas públicas, comprar as roupas de inverno ou mesmo conhecer os meios de transportes que a cidade oferece (que, por sinal, são incríveis!). A própria UdeM oferece uma semana de atividades, antes do início das aulas.

Muito me impressionou a estrutura física da Universidade de Montreal. Já a escolha por estudar no Canadá, em geral, se deu principalmente por causa da excelência do sistema de educação.

O que é permitido fazer durante os estudos na Universidade de Montreal

Como estudante estrangeiro, você deve estar matriculado em tempo integral durante toda sua estada. Além disso, você tem o direito de trabalhar 20 horas por semana. Já durante os períodos de férias, é permitido trabalhar 40 horas semanais, tanto dentro como fora da universidade.

A pesquisa na UdeM é algo realmente levado muito a sério. Os professores são extremamente comprometidos e exigentes, realmente preocupados com nossos sucesso acadêmico. A universidade, por sua vez, dispõe de vários tipos de ajuda a baixo custo. Entretanto, foi a bela recepção que tive dos funcionários que definiu minha escolha por permanecer.

Leia também:

Quanto custa estudar no Canadá: saiba como é o custo de vida no país
Guia de planejamento financeiro para sua pós-graduação no exterior
7 perguntas para achar a acomodação ideal durante o intercâmbio

 

Sobre a autora

Andrea Nunes Velho é formada em Psicologia pela PUC-RS e licenciada em Educação Física pelo Centro Universitário Metodista IPA. Fez pós-graduação na área da Educação Física, também na PUC-RS. Atualmente é aluna do mestrado em Ciências da Educação (programa de Psicopedagogia) na Université de Montréal, onde desenvolve uma pesquisa sobre “Emoções e habilidades socioemocionais mobilizadas por professores iniciantes de educação física primária”. Andrea também é membro do CRIFPE (Centre de recherche interuniversitaire sur la formation et la profession enseignante) e auxiliar de professor.

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d