Facebook oferece bolsas integrais para doutorado em qualquer país

Sede do Facebook - bolsas do Facebook

O Facebook está com inscrições abertas para o Facebook Fellowship Program. O programa oferece bolsas integrais de estudo para alunos que estejam realizando doutorado em qualquer universidade do mundo. As bolsas do Facebook podem ser usadas tanto por alunos brasileiros que estejam estejam estudando no exterior quanto para os que estejam no Brasil mesmo. As inscrições vão até 4 de outubro.

A empresa por trás da rede social custeará até dois anos dos estudos dos bolsistas selecionados, e lhes dará também um valor anual de US$ 37 mil (cerca de R$ 153 mil). Além desses benefícios, os bolsistas também podem solicitar até US$ 5 mil adicionais em apoio para viagens relacionadas a seus estudos, incluindo participação em conferências. Finalmente, a bolsa também inclui uma visita com tudo pago à sede do Facebook para participar do Fellowship Summit, um evento anual de encontro dos bolsistas da empresa.

Quem pode se candidatar?

As bolsas do Facebook são voltadas para candidatos que já estejam matriculados em um programa de Ph.D. — mesmo que estejam no primeiro ou último ano de seus estudos. Alunos que já tenham sido aceitos em um programa mas não tenham ainda começado sua pesquisa também são elegíveis.

É necessário que os estudos e/ou pesquisa do candidato se relacione com um ou mais dos campos de interesse do Facebook. Esses campos são os seguintes:

  • Estatística aplicada;
  • Fotônica e óptica para realidade virtual e aumentada;
  • Privacidade e ética para realidade virtual e aumentada;
  • Blockchain e criptomoedas;
  • Ciência Social Computacional;
  • Computação gráfica;
  • Visão computacional;
  • Armazenamento digital e eficiência;
  • Sistemas distribuídos;
  • Economia e computação;
  • Bem-estar e segurança do Instagram/Facebook;
  • Machine Learning (aprendizado de máquina);
  • Processamento de Linguagem Natural;
  • Redes e conectividade;
  • Privacidade e uso de dados;
  • Linguagens de programação;
  • Segurança/privacidade;
  • Política social e econômica;
  • Processamento de linguagem falada e classificação de áudios;
  • Armazenamento de dados estruturados;
  • Sistemas de aprendizado de máquina.

Leia também: Bolsas para doutorado na Dinamarca, na Universidade de Copenhague

A empresa ressalta, no entanto, que pesquisas que não se alinhem diretamente com as áreas citadas acima também podem ser consideradas. Mais detalhes sobre cada uma das áreas de estudo elegíveis podem ser visualizados na página do programa de bolsas.

Como se candidatar às bolsas do Facebook

A candidatura pode ser feita por meio deste link; o processo é totalmente online. Como parte do procedimento, é necessário preencher um formulário com informações pessoais e sobre a universidade onde será (ou está sendo) realizado o seu doutorado. Também será preciso fornecer os contatos de duas pessoas que poderão escrever cartas de recomendação para você; é importante que ao menos uma delas seja um professor com bom conhecimento do seu trabalho.

Também será preciso fornecer um CV atualizado e um resumo, em até 500 palavras, do seu projeto de pesquisa. Esse resumo deve conter a área de estudos, a importância da pesquisa, e uma previsão de como os resultados do trabalho poderiam ser aplicados pelo Facebook.

As inscrições devem ser feitas até o dia 4 de outubro. As pessoas indicadas pelo candidato para escrever as cartas de recomendação terão um tempo adicional após o fim desse prazo.

O que você achou desse post? Deixe um comentário ou marque seu amigo: