Inicio Ativistas e jornalistas podem concorrer a financiamento de projetos

Ativistas e jornalistas podem concorrer a financiamento de projetos

0
Ativistas e jornalistas podem concorrer a financiamento de projetos

A Fundação Bertha está com inscrições abertas para jornalistas e ativistas que desejam concorrer a um programa de fellowship que irá custear um ano de pesquisa. O Bertha Challenge, dará suporte para interessados em passar um ano “focando” em uma questão de justiça social atual e emergente.

 

A instituição tem como objetivo dar suporte para ativistas, jornalistas, contadores de histórias, advogados e pessoas que trabalham em prol da promoção de justiça social e econômica e direitos humanos. O objetivo da competição é contribuir para a investigação de causas e soluções, ampliar as descobertas e repercussão da questão e conectar interessados em aprender e dar suporte à iniciativa.

Qual é o objetivo do Betha Challenge?

O programa de fellowship dará financiamento para ativistas e jornalistas investigativos que já desenvolvem um trabalho inovador sobre questões de justiça social. De acordo com o site da premiação, o Bertha Challenge visa disponibilizar “tempo para trabalhar exclusivamente em projetos, espaços para conexão com contatos globais diversificado e recursos para desenvolver produtos tangíveis que abordem diretamente a questão do desafio”.

Leia também: Os melhores concursos, premiações e conferências internacionais com inscrições abertas 

O desafio proposto dessa edição está relacionado a preservação e uso responsável dos recursos aquíferos e marinhos de todo o planeta. Os projetos deverão responder a pergunta:

“Como a relação entre política e lucro está contribuindo para a degradação e perda de nossa água doce e oceanos, e o que pode ser feito para garantir acesso e proteção equitativos desses recursos finitos de pessoas e do planeta?”

O que jornalistas e ativistas receberão?

Os vencedores receberão uma bolsa de estudos não residencial, ou seja, sem local de destino específico, e o financiamento de um projeto para poder trabalhar de forma independente. Os benefícios incluem:

Financiamento para cada Bertha Fellow por um ano;

  • Um fundo financeiro de projeto para cada Bertha Fellow para produzir um produto que responda à pergunta feita pelo Bertha Challenge;
  • Um fundo de conexão projetado especificamente para incentivar a colaboração entre Fellows;
  • Apoio de pares e mentores na forma de check-ins virtuais regulares com a equipe da Bertha e um grupo de bolsistas;
  • Reuniões globais de Bertha Fellows no início e no final do Bertha Challenge.

Leia também: As Melhores Bolsas de Estudo com Inscrições Abertas

Para se inscrever, é necessário enviar um formulário de inscrição online, um breve currículo em inglês (com, no máximo, 3 páginas), uma lista de 2 a 4 “árbitros”, um “Memorando de Entendimento” (MoU) assinado por sua organização anfitriã em potencial e, para jornalistas, é necessário enviar exemplos de trabalhos publicados anteriormente.

De acordo com o site da premiação, “é importante encontrar caminhos criativos e escaláveis de expor e construir consciência ampla e pensamento crítico”. Para inscrição e mais informações sobre critérios de seleção e detalhes da premiação, acesse este link. Interessados devem se inscrever até o dia 3 de julho.

O que você achou desse post? Deixe um comentário ou marque seu amigo:

Leia