Inicio 10 dicas de filmagem para quem precisa gravar um vídeo de apresentação

10 dicas de filmagem para quem precisa gravar um vídeo de apresentação

0
10 dicas de filmagem para quem precisa gravar um vídeo de apresentação

Nos últimos anos, diversos processos seletivos solicitam que os candidatos enviem pequenos vídeos de apresentação, ou videos statements, entre os documentos exigidos para concluir as candidaturas. Entretanto, nem todas as pessoas se sentem confortáveis na hora de se apresentar e falar para uma câmera. Caso você esteja nesse grupo, esse texto pode te ajudar com algumas dicas de preparação, para que você se sinta mais confortável e confiante na hora de filmar sua apresentação e foque no que é mais importante: o conteúdo.

1. Escreva um pequeno roteiro

Não precisa ser nada elaborado. Antes de começar a falar na gravação, elenque a estrutura das coisas que deve abordar e não que pode esquecer. Isso é importante para pensar na estrutura da sua fala e te ajudará a ter mais clareza na hora de apresentar.

 

 

Nessa etapa, aproveite para ver no papel o espaço que está dando para cada um dos tópicos que deve abordar e aproveite para dar mais tempo para os tópicos que têm mais a ver com as exigências do seu processo seletivo.

Após elencar os tópicos, ensaie a fala algumas vezes e tente encaixar tudo que precisa apresentar no tempo limite indicado. Quanto menos edições e cortes no vídeo fizer depois de filmar, mais fluído ficará o ritmo da sua fala.

2. Limpe as lentes da câmera

Atualmente, muitos celulares dão conta de gravar bons vídeos simples e com ótima qualidade. Caso esteja gravando com celular, limpe bem as lentes da câmera antes de gravar para a imagem não ficar embaçada e a luz distorcida. Essa é uma dica simples, mas muito importante para dar mais qualidade para sua filmagem.

3. Procure um foco de luz adequado

Se possível, faça a filmagem durante o dia e aproveite a luz solar para gravar, esse costuma ser o melhor tipo de luminosidade para filmagens. Caso não possa gravar de dia, tente usar uma luz branca como fonte, para não amarelar as imagens.

Posicione a luminosidade de frente para seu rosto e evite fontes de luz atrás de você. Fique atento às sombras no seu rosto e busto, e procure um ângulo que não as deixe muito estranhas.

Caso esteja utilizando uma fonte de luz baixa, como um abajur ou luminária, posicione ela a uma distância não tão próxima, para que a luz não fique muito forte no seu rosto. Nesses casos, é possível utilizar uma folha sulfite branca ou transparente na frente da lâmpada para amenizar a intensidade da luz.

4. Posicione a câmera na altura da cabeça e tente mantê-la reta

Tente posicionar a lente da câmera na altura do seu rosto para não deformar o ângulo de gravação. Essa costuma ser a melhor altura e perspectiva para filmar rostos para esse tipo de gravação.

Além disso, evite deixar a lente inclinada para frente ou para trás, para evitar deformações nas imagens – quanto mais reta à 90º, melhor.

5. Se possível, use um microfone

A qualidade do som é tão importante quanto a qualidade da imagem. Assim, tente utilizar um microfone durante a gravação. Fones de ouvido de celulares que vêm com microfones embutidos são uma ótima opção e gravam com qualidade suficientemente boa. Durante a gravação, evite ventos fortes, seja de fontes naturais ou de ventiladores, que podem provocar ruídos no som. Fique atento para outros possíveis ruídos de fundo que podem aparecer no vídeo.

6. Olhe na direção da câmera

Aproveite o roteiro que fez anteriormente para treinar e memorizar o que precisa falar, e evite ler durante a gravação. Falar olhando para a câmera dá a impressão de que o candidato é mais confiante e preparado para argumentar e se apresentar. Processos seletivos que exigem vídeos de apresentação costumam colocar um limite curto de duração, memorizar 1 ou 2 minutos de fala é razoavelmente fácil.

7. Faça exercícios de dicção

Fazer exercícios de dicção por alguns minutos antes de começar a gravar pode melhorar muito a qualidade da sua fala. Alguns exercícios simples que ajudam a dicção são:

  • Fazer caretas expressivas movimentando a boca;
  • Fazer uma leitura destacando os sons das vogais e articulando bem a boca ao pronunciá-las;
  • Gargarejar com água;
  • Fazer alguns trava-línguas.

8. Fale com calma

Chegou a hora de gravar! Preste atenção para não falar correndo ou enroscar as falas e emendar uma palavra na outra – além de tornar a fala mais clara, isso te ajudará caso precise editar o vídeo depois. Pronuncie cada frase com clareza e fique atento para não falar muito baixo ou muito alto.

9. Não fique completamente parado

Enquanto estiver falando para a câmera, tente não ficar completamente imóvel como uma estátua. Muitas pessoas ficam nervosas na hora de se apresentar e acabam travando o corpo na hora. Assim, caso você faça parte desse grupo, tente mexer levemente a cabeça ou o corpo enquanto fala, para não transparecer seu nervosismo nas imagens.

10. Não faça muitos cortes no vídeo pronto

Depois de gravar, evite fazer muitos cortes no vídeo para tirar as partes que não deseja manter. Procure gravar da forma mais próxima do objetivo final e prefira filmar tudo de novo do que realizar muitas edições. Muitos cortes e edições em vídeos assim poluem a sequência e tiram um pouco da fluidez da apresentação.

Boa apresentação!

Esperamos que essas dicas te ajudem a ter mais segurança na hora de filmar seu vídeo de apresentação, ou vídeo statement, para que você se preocupe mais com o conteúdo e do que com o formato.

Caso tenha alguma dúvida sobre como gravar esses vídeos, comente a seguir que tentaremos te ajudar.

 

O que você achou desse post? Deixe um comentário ou marque seu amigo:

Leia