Inicio University of Notre Dame: tudo sobre uma das melhores universidades católicas dos EUA

University of Notre Dame: tudo sobre uma das melhores universidades católicas dos EUA

0
University of Notre Dame: tudo sobre uma das melhores universidades católicas dos EUA

Fundada em 1842 por irmãos da Congregação de Santa Cruz em South Bend, Indiana, a Universidade of Notre Dame é conhecida pelo seu rigor acadêmico e pela educação voltada para a ética e moral, já que é uma instituição católica. Com uma seleção altamente competitiva, a universidade também é conhecida pelo bom desempenho de seus times em diversos esportes, que são apelidados de “Fighting Irish“. Veja a seguir tudo sobre ela!

Universidade de Notre Dame em números

A universidade tem ao todo cerca de 12,3 mil alunos, sendo aproximadamente 70% deles na graduação e os outros 30% em cursos de pós-graduação. Desse total, cerca de 1,4 mil são alunos internacionais, e entre eles a porcentagem se inverte: cerca de 40% estão na gaduação e 60% na pós, segundo a QS Top Universities.

Com isso, são cerca de 12% de alunos internacionais. Além disso, a proporção entre homens e mulheres na universidade é de 54 alunos e 46 alunas a cada 100 estudantes. E a taxa de alunos por professor é de 10,9, segundo a Times Higher Education.

Nos principais rankings internacionais, a Universidade de Notre Dame também ocupa boas posições:

Cursos de graduação

A universidade é formada por cinco faculdades para os alunos de graduação:

Artes e Letras (incluindo cursos como Economia e de Ciências Humanas)
Arquitetura
Engenharia
Ciências
Negócios e Administração

Confira todos os programas de estudos oferecidos pelas escolas de Notre Dame AQUI.

O destaque fica com a  faculdade de Negócios, que nos últimos anos foi reconhecida por quatro vezes consecutivas como a melhor faculdade de Administração dos Estados Unidos, de acordo com o ranking da BusinessWeek.

Pós-graduação

Na pós-graduação, a universidade dispõe de mais de 50 programas entre mestrados acadêmicos e profissionais, doutorados e especializações. Conheça todas as opções de pós-graduação ofertadas pela Notre Dame AQUI.

Como estudar na Universidade de Notre Dame

Na graduação

A admissão na Notre Dame é considerada altamente competitiva: em média, 1 entre cada 6 candidatos inscritos são aceitos.  O processo seletivo é similar ao de outras universidades estadunidenses e a universidade utiliza o Common Application.

Uma referência para quem estiver se candidatando é observar a média das notas dos inscritos. Baseado na última seleção, uma nota no SAT considerada boa para se candidatar seria entre 1350 – 1490 nas provas de Critical Reading e Matemática. Saiba mais sobre a seleção para a graduação na Notre Dame neste link.

Na pós-graduação

O processo seletivo para os programas de pós-graduação da Notre Dame é parecido com o processo das demais universidades americanas. Basicamente, o candidato deverá enviar um  formulário de inscrição, três cartas de recomendação, histórico escolar, resultados de exames como o GRE e o TOEFL e uma carta de intenção, contando por que gostaria de estudar lá.

Para conferir todos os requisitos exigidos e conhecer mais do processo de admissão, acesse a página de Graduate Admissions da instituição.

Bolsas de estudo

O custo total para um ano de graduação na Universidade de Notre Dame em 2021 é estimado em U$ 83.400 de acordo com a própria universidade. As bolsas disponíveis para candidatos estrangeiros são restritas e baseadas em mérito. Altamente competitivas, essas bolsas podem variar de 5 mil dólares ao ano ao financiamento total do valor. Saiba mais AQUI.

Curiosidades

– Notre Dame tem um dos mais  famosos times de futebol americano universitário dos EUA e também organiza o maior torneio de basquete ao ar livre do mundo, o Bookstore Basketball

Ex-alunos famosos da Universidade de Notre Dame

Condoleezza Rice, Secretária de Estado dos EUA na administração de George W. Bush;

Nicholas Sparks, escritor, roteirista e produtor de obras como Diário de uma Paixão;

Nikole Hannah-Jones, jornalista investigativa que reporta sobre direitos civis nos EUA;

Amy Coney Barrett, juíza da suprema corte, instância judicial máxima dos Estados Unidos.

 

O que você achou desse post? Deixe um comentário ou marque seu amigo:

Leia