Fundação Estudar

Conteúdo Patrocinado

InícioPreparaçãoCursosSaiba como os programas executivos internacionais impactam a carreira de brasileiros

Saiba como os programas executivos internacionais impactam a carreira de brasileiros

Ana Moraes - 19/06/2023
Comentários:

Um programa executivo é uma ótima oportunidade para quem tem como objetivo aprimorar o seu perfil profissional, sem abrir mão da carreira e realizar o sonho de estudar no exterior. A mineira Priscila Teixeira, de 35 anos, participou do programa na The University of Akron, em Ohio, nos Estados Unidos, e conta que a experiência foi a realização de um sonho. Conheça a história de Priscila a seguir e saiba como estudar fora impactou sua vida profissional.

Brasileira conta a experiência de estudar pelo LAIOB em Ohio

Priscila sempre sonhou em estudar fora, mas não achava que teria condições e também não sabia por onde começar. Em 2018, ela viu uma foto compartilhada por um colega de trabalho. Ele estava em Ohio e, no post, marcou o LAIOB. “Entrei no perfil (do instituto) e achei, com muita facilidade, todos os passos. Era um sonho se tornando possível!”, relembra Priscila, que trabalha como gerente regional de agências do banco Itaú. “Me inscrevi na newsletter deles e fiquei acompanhando todos os passos, assisti a vários vídeos de Alumini e cada vez mais me empolgava”, complementa.

A vontade de estudar na The University of Akron era tanta, que ela colocou uma foto da instituição na proteção de tela do celular e esta passou a ser a primeira coisa que ela visualizava ao acordar. “Quando cheguei na faculdade, fiz questão de achar o ponto da foto e hoje tenho uma foto minha lá”, conta a brasileira, que fez o curso de Management

Priscila Teixeira

Apesar de ter gostado de todas as aulas, ela diz que a que causou maior impacto foi a de Business English, um módulo complementar sobre inglês no mundo dos negócios. “Os ensinamentos eram muito práticos, e tivemos vários aprendizados sobre comunicação, liderança e gramática”, conta.

 

Leia também: LAIOB oferece experiência em empresas internacionais durante curso de negócios

O conteúdo aprendido em sala de aula é aplicável imediatamente após o curso, relata Priscila: “Já utilizei no meu time várias dinâmicas que aprendi no programa. Também consegui levar todo o conhecimento que aprendi sobre mercado e liderança para meus colaboradores, o que agrega para todos”.

Ainda de acordo com Priscila, o networking feito durante a experiência é um bônus à parte. “É um aprendizado além sala de aula. Nós nos conectamos muito rápido, fizemos turismo, fomos a shows. Nos falamos até hoje através do grupo e já houve oportunidade de emprego compartilhadas.”

Uma das grandes vantagens do programa executivo é a duração de duas semanas. Para quem não quer abrir mão da carreira e estudar no exterior, os programas de longa duração podem ser um empecilho. Em apenas duas semanas, no entanto, Priscila teve acesso a um programa internacional renomado de grande qualidade que beneficiou sua carreira. 

Para se preparar, ela fez aulas de inglês antes do curso, mas garante que os futuros candidatos não devem ficar assustados: “A entrevista em inglês tem o objetivo de entender se você conseguirá aproveitar o curso, por isso, vá tranquilo!”, aconselha. Priscila relata que as aulas de Business English  ajudam na adaptação ao sotaque e a termos específicos da língua inglesa. “Além disso, todos se ajudam e os materiais facilitam o entendimento, foi super tranquilo de acompanhar”, diz. 

Priscila Teixeira

A dica para os candidatos interessados é prestar bastante atenção no formulário de inscrição. “Eles vão avaliar seu histórico de vida e carreira. Não deixe de contar sua experiência e como você agregou para sua carreira”, sugere Priscila.

Para a mineira, todo o apoio que recebeu da equipe do LAIOB no processo foi fundamental: “Tive minha mala extraviada e foi tudo resolvido por eles”. A experiência foi tão positiva que ela não vê a hora de partir para uma nova experiência: “Meu próximo objetivo é fazer o programa executivo de Lisboa. A foto para a tela do celular já está escolhida!”, finaliza.

Ficou empolgado com o relato da experiência de Priscila? Saiba que você pode ser o próximo a estudar nos EUA ou em Portugal. Você pode saber mais sobre os programas executivos e receber novas oportunidades para estudar no exterior aqui.

O que você achou desse post?

Sobre o escritor

Ana Moraes
Jornalista e editora do Portal Estudar Fora. Entre em contato pelo e-mail [email protected].

Artigos relacionados