Inicio Reino Unido lança novo modelo de visto para estudantes; veja o que muda

Reino Unido lança novo modelo de visto para estudantes; veja o que muda

0
Reino Unido lança novo modelo de visto para estudantes; veja o que muda

O governo do Reino Unido lançou em outubro um novo modelo de visto para estudantes. Embora o processo para tirar o visto se mantenha muito parecido, o novo documento oferece algumas vantagens, como a oportunidade de permanecer no país por mais tempo após a conclusão do curso.

A mudança acontece no cenário da saída do Reino Unido da União Europeia. De acordo com a embaixada britânica no Brasil, ela tem o objetivo de “deixar o sistema ainda mais simplificado e revisado”, e se encaixa entre outros “ajustes feitos para adaptar o sistema de vistos e imigração para o point-based immigration system“.

 

 

 

O que muda?

Essencialmente, o procedimento para obtenção de vistos de estudante para o Reino Unido continua muito parecido. O visto segue sendo obrigatório apenas para quem vai passar mais de seis meses estudando no país, e os requisitos permanecem os mesmos.

São, em essência, três requisitos. Comprovar que foi admitido em uma instituição de ensino aprovada pelo governo, mostrar que já tem algum conhecimento do idioma e deixar claro que dispõe de recursos financeiros para se manter no país durante o período.

Leia também: Como tirar visto de estudante para o Reino Unido em 7 passos

O novo sistema, no entanto, é baseado em pontos, e o solicitante deve conquistar um determinado número de pontos para obter o visto. Segundo a embaixada, esse novo sistema pretende “melhorar o sistema Tier 4 [de vistos de estudante] já existente” e “tratará solicitantes de todas as partes do mundo igualmente”. Mais informações podem ser vistas neste documento.

Prazos extendidos

Após obter o visto, os estudantes poderão permanecer no Reino Unido por mais tempo após a conclusão de seus cursos. Quem terminar a graduação por lá poderá ficar mais dois anos no país; para doutorados, o período é de três anos. Antes, o visto garantia apenas quatro meses ou 12 meses para graduação ou doutorado, respectivamente.

Uma exceção importante a essa regra, no entanto, é para os bolsistas do programa Chevening. Como um dos objetivos do programa é garantir a formação de lideranças regionais, estudantes que concluírem o mestrado com essas bolsas deverão voltar para seu país de origem e passar pelo menos dois anos.

O que devo fazer?

Alunos que já estejam passando pelo processo de obtenção de vistos não precisam fazer nenhuma mudança. Esses estudantes “também serão orientados pelas suas instituições, caso seja necessário algum ajuste”, esclarece a embaixada.

Para quem pretende estudar no Reino Unido no futuro próximo, a orientação do órgão é “seguir as orientações da instituição de ensino ou programa de bolsas” responsável pela sua ida ao país. Veja aqui mais informações sobre como tirar visto de estudante para o Reino Unido.

O que você achou desse post? Deixe um comentário ou marque seu amigo:

Leia