Um projeto: Fundação Estudar

Graduação

O que você precisa saber para cursar uma graduação fora do Brasil

24.03.16

Prep Scholars: Aprovações em Stanford, Columbia e outras 26 universidades de ponta

Prep Scholars

Estudantes preparados por programa da Fundação Estudar já somam mais de 50 aprovações em universidades do exterior. Conheça algumas histórias.

Por Nathalia Bustamante

Premiado como Jovem Fora de Série em 2015, Cristobal Sciuto já não consegue contar em uma mão suas aprovações em universidades americanas – foram 7 até agora, incluindo Columbia e Northwestern. O carioca Thomas Chadrycki já foi aceito por Georgia Tech e Universidade do Sul da Califórnia; ambos ainda estão aguardando alguns resultados para decidirem para onde irão em setembro. Já Rafaela Goldlust, aprovada em early decision para sua primeira opção, Stanford, decidiu que não tentaria nenhuma outra: “Estava com todas as outras applications quase prontas, mas quando fui aceita já sabia que era pra lá que ia.”

O mês de março está sendo movimentado para estes e outros estudantes que aguardavam ansiosamente os resultados de aprovações das universidades norte-americanas. Além da ansiedade, em comum entre todos eles está a participação no programa Prep Scholars, da Fundação Estudar, que auxilia estudantes durante o temido processo de seleção das universidades.

Conheça um pouco mais da história destes estudantes de sucesso e inspire-se para, você também, realizar o sonho de estudar no exterior. A edição 2016-2017 do Prep Scholars está com as inscrições abertas. Inscreva-se aqui!

Thomas Chadrycki

Eu tenho certeza que quero engenharia, mas como ainda não sei qual área, vai ser bom explorar diversas possibilidades

Ao mesmo tempo em que estudava para o SAT e preparava suas redações, Thomas também estudava para fazer o Enem aqui no Brasil. E foi esta preparação que o fez ter uma ideia: lançou com um colega do Colégio A. Liessin, no Rio de Janeiro, o aplicativo para celular “Enem – Questão do Dia”, que divulga todos os dias um exercício diferente. Desenvolvido pelos dois sem a ajuda de um programador, o app acumulou 3 mil downloads em um mês do lançamento.

Para desenvolver o aplicativo, Thomas acabou mergulhando no mundo da programação – e o interesse por essa área o deixou ainda mais inclinado a fazer sua graduação nos Estados Unidos. “Lá, tenho diversas oportunidades de crescimento e inovação. Eu tenho certeza que quero engenharia, mas como ainda não sei qual área, vai ser bom explorar diversas possibilidades”, comenta.

Sua dúvida, por enquanto, está entre Georgia Tech e University of South California – embora os resultados de março e abril possam mudar este cenário. Para ele, participar do Prep foi importante devido à rede de contatos que formou: “Formamos grupos de alunos muito colaborativos, e conhecer tanta gente extraordinária me ajudou a alcançar meus objetivos.”

Cristobal Sciutto

Nascido no Peru, até os 11 anos, Cristobal morou nos Estados Unidos. Assim, ao voltar ao Brasil no meio do ensino fundamental, manteve a vontade de fazer sua graduação fora do país. A grande diversidade dos cursos é o que mais lhe atrai: “Embora pretenda focar na área da Ciência da Computação, também vou poder ter aulas de Política, Sociologia, Matemática, Empreendedorismo”, afirma, inspirado.

“Para os “standardized tests” (SAT e ACT), procurei estudar durante as férias de verão de 2014 para 2015, finalizando os exames ainda durante o primeiro semestre. Assim, pude me concentrar na reta final do processo nas redações”, explicou Cristobal. Ao mesmo tempo, participava de projetos em que tinha interesse pessoal, especialmente na área de exatas, como feitas de ciências e olimpiádas científicas. Além disso, através do Prep Scholars, conheceu mentores e amigos que o apoiaram e ajudaram com dicas e correções das suas redações. “Sem isso, não teria sido um processo tão fantástico.”

Cristobal já não consegue contar em uma mão as aprovações que recebeu: Columbia, UChicago, Northwestern, Georgia Tech, UCSD, Babson e Ohio State. Ainda assim, ele afirma, “estou aguardando ansiosamente a resposta de mais algumas faculdades”.

Rafaela Goldlust

Tendo estudado em escola bilíngue durante toda a sua vida, Rafaela Goldlust sempre olhou para os Estados Unidos como seu destino para graduação. “Pensei em ficar no Brasil, mas aqui não teria o que queria – que era poder experimentar um pouco de tudo”, comenta.

A princípio, sua ideia é fazer Comunicações e minor em História da Arte. Estando tão próxima ao Vale do Silício, porém, ela passou a considerar integrar ciência, tecnologia e ciências da computação entre seus cursos. Aceita em early decision por Stanford, ela abriu mão de tentar qualquer outra Universidade. “Quando recebi a notícia, já sabia que iria pra lá”, admite.

Durante a preparação, sua maior dificuldade era a matemática. “Estudei bastante e fui fazer o SAT. Descobri que não era pra mim, porque eu ia muito bem no inglês e mal em matemática”, explica. Assim, o ACT, um exame mais amplo e que aborda também ciências da natureza, funcionou melhor para o seu perfil.

No Prep, ela foi incentivada a expressar sua individualidade. ‘Minha application é muito louca, e a conclusão foi super boa’, afirma.

Rafaela já tinha se candidatado no ano anterior e não tinha sido aceita. Para ela, o Prep Scholars foi a uma salvação. “Quando fiz no ano anterior, sem mentoria e só com apoio da escola, meus essays foram muito padronizados, em um formato que muita gente já escreveu, focado no que as escolas queriam ouvir”, desabafa. No Prep, com seus mentores, ela foi incentivada a expressar sua individualidade. “Minha application é muito louca, e eles nunca viraram e falaram “não pode fazer isso”. E a conclusão foi super boa”, ri ela.

“Minha principal redação, por exemplo, foi um dicionário explicando coisas que têm a ver comigo, então, minha dica seria: take the risk. É melhor do que não fazer nada diferente”, conclui.

Inscreva-se aqui para o Prep Scholars 2016!
Atenção: o processo seletivo é realizado pelo Na Prática, o portal de carreiras da Fundação Estudar, e para concluí-lo você terá que fazer seu cadastro no site. 

 

Leia também:
Entenda o processo de seleção para universidades no exterior
Guia gratuito para quem sonha com a graduação no exterior

Prep Scholars: mais de 90% de aprovação em universidades do exterior

Conecte-se ao Estudar Fora

http://promo.estudarfora.org.br/07de78d376d72cb1d7d3

Leia Mais

impacto social
estudar na Asia
tudo sobre o GMAT
estudar idiomas