Um projeto: Fundação Estudar

Intercâmbio

O que você precisa saber para ter uma experiência de estudos em outro país

09.12.13

Por que estudar francês no Canadá?

estudar francês no canadá

Preços mais baratos e qualidade de vida atraem estudantes

Quando você pensa em aprender francês, provavelmente a França é um dos primeiros países que vem à sua cabeça, certo? Mas um dos destinos interessantes para aprender a língua é o Canadá. O vizinho dos Estados Unidos é bilíngue – o inglês e o francês são línguas oficiais desde 1867.

Segundo a Associação Brasileira de Organizadores de Viagens Educacionais e Culturais (Belta), 13,8% do total de estudantes que buscaram um curso de francês escolheram o Canadá. Em 2012, o país recebeu 712 brasileiros que foram aprender a língua de clássicos escritores como Gustave Flaubert e Honoré de Balzac — um aumento de 41% em relação ao ano anterior.

O número ainda é pequeno, mas tende a crescer nos próximos anos. Um dos motivos que começa a atrair um maior número de estudantes é o preço. O valor médio, incluindo estadia, é de US$ 824 semanais, segundo a Languages Canada, entidade que regula as instituições de ensino de idiomas no país. Em comparação, para estudar em Paris, por exemplo, há pacotes de 263 euros semanais, para cursos intensivos, até 9.120 euros para um pacote intensivo de um ano, sem incluir estadia.

Para escolher seu curso, visite a página da Languages Canada, que conta com 200 membros cadastrados. Só no ano passado essas escolas receberam 143 mil alunos — do total, 18 mil foram brasileiros para cursos diversos. A entidade é uma garantia de que a instituição escolhida seguirá padrões de excelência no ensino. Em educação, aliás, o Canadá apresenta ótimos indicadores.

O país ocupa a 6ª posição no ranking mundial em educação da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), à frente de Nova Zelândia (7ª), Austrália (9ª) e Estados Unidos (17ª). O Canadá também conta com uma boa qualidade de vida e é um país seguro — ocupa a 11ª posição no ranking mundial de Índice de Desenvolvimento Humano.

Opções

Na página da Languages Canada, você escolhe o tipo de curso que deseja: inglês geral, para negócios, preparação para DELF/DALF, entre outros. “O francês mais procurado é o geral, mas o de negócios e o acadêmico estão crescendo”, diz Gonzalo Peralta, diretor da Languages Canada.

Cidades para escolher também não faltam. Montreal é o destino mais conhecido com um ambiente único e uma vida cultural intensa. Quebec é patrimônio cultural da UNESCO e Jonquière – 126 quilômetros ao norte de Quebec – oferece um excelente ambiente para um aprendizado de maior imersão, além de ser um destino bastante procurado pelos jovens canadenses. “Muitos dos nossos programas franceses estão localizados em Montreal, mas os alunos podem encontrar programas franceses em cidades menores também, como Quebec”, diz Peralta. “Os brasileiros que desejam aprender mais de uma língua estrangeira amam ir para Montreal, onde podem aprender as duas.”

É possível entrar em contato diretamente com as escolas ou organizar sua viagem por meio de alguma agência associada a Belta. Fique atento ao visto! Se o período de estudos for superior a 6 meses ou você decidir trabalhar procure a Embaixada ou o Consulado em sua cidade.

O francês é falado por 220 milhões de pessoas — pouco mais do que o total da população brasileira — em, pelo menos, 32 países que o tem como idioma oficial, como França, Bélgica, Suíça, Costa do Marfim, Haiti e o próprio. Canadá. E aí, será que não é hora de você aprender uma nova língua?

Conecte-se ao Estudar Fora

Leia Mais

estagiários da Microsoft comemorando
impacto social
estudar na Asia
tudo sobre o GMAT