Um projeto: Fundação Estudar

Pós Graduação

O que você precisa saber para cursar uma pós-graduação fora do Brasil

31.10.14

Pensando em trocar de carreira? Um MBA no exterior pode ser a solução!

Pensando em trocar de carreira? Um MBA no exterior pode ser a solução!

Mestrado em uma business school de excelência abre portas em diversas áreas. Conheça Antônia Almeida, que trocou desenho industrial por marketing!

A escolha de uma profissão é um momento decisivo na vida de boa parte dos jovens brasileiros. É ali, na hora de marcar um “x” no formulário do vestibular, que você vai escolher o que fazer (teoricamente) por boa parte da vida.  Às vezes dá certo, outras não.

O MBA é o melhor curso possível para ajudar alguém a se preparar para a pluralidade de funções que existe na área de marketing

Quando a insatisfação aparece, pode ser hora de repensar e considerar uma transição de carreira. Os especialistas alertam, no entanto, que antes de pensar em mudar, é preciso determinar de onde vem a insatisfação. Pode ser que seja do atual emprego e não da profissão, por exemplo.

Agora, se a vontade for realmente de mudar de carreira, fazer um MBA no exterior pode ser uma alternativa. Um mestrado em uma business school de excelência abre portas para trabalhos em diversas áreas, tais como marketing, finanças e gestão.

A gerente de inovação na categoria proteção solar da Johnson&Jonhson’s, Antônia Beatriz Almeida, passou por esta experiência. Formada em desenho industrial, Antônia era do mercado criativo e não tinha qualquer conhecimento sobre marketing. Decidida a dar um outro rumo à sua carreira, optou por um MBA nos Estados Unidos.

Antônia conta que, como já sabia que queria trabalhar com marketing, o MBA foi decisivo para que a transição de área acontecesse de forma tranquila e segura. “O MBA é o melhor curso possível para ajudar alguém a se preparar para a pluralidade de funções que existe na área de marketing”, considera.

Para ela, a mudança da sua trajetória profissional deu certo, em grande medida, porque o curso foi realizado numa escola de ponta. “Eu só consegui entrar numa empresa como a Johnson&Johnson’s para gerenciar marketing porque fiz meu curso numa excelente universidade”, explica ela, que estudou na Wharton School, uma das melhores do mundo.

antonia editado 2Mas a mudança nem sempre é fácil, vale dizer. Antônia precisou de tempo para  consolidar tudo o que havia aprendido e conta que recorreu aos professores para que pudessem ajudá-la a escolher as matérias eletivas que fizessem mais sentido.

Outro problema que pode ser enfrentado por aqueles que decidem fazer um uma transição de carreira é a perda da rede de contatos. A coach profissional Bianca Trombelli explica que é preciso tomar muito cuidado para não se isolar. “Atualmente, 80% das vagas são preenchidas via indicação”, diz.

Assim, como o profissional passará de um a dois anos no exterior fazendo o MBA, Bianca sugere que o networking existente seja mantido (mesmo que em área distinta da qual ele pretende ir) e que o aluno aproveite a oportunidade de estar num curso internacional para se conectar com novas pessoas e conhecer gente do mundo inteiro.

E, neste ponto, a escolha do estágio de verão, ou summer internship torna-se especialmente importante. Nos EUA, as business schools exigem que os alunos façam estágios entre o primeiro e o segundo ano de curso. Esta oportunidade, se bem aproveitada, pode ser uma forma de ganhar experiência sem se arriscar tanto e aumentar significativamente a sua rede de contatos.

E mais: a maneira como o aluno encara o summer internship pode ser decisiva. No caso de Antônia, ela terminou o curso e já saiu contratada.

Por Carolina Campos

Leia também:
Guia de marketing: preços de cursos no exterior e depoimentos de quem já foi
As tendências da área de marketing
As possibilidades de carreira na área de marketing
As melhores escolas de MBA do mundo

Conecte-se ao Estudar Fora

Leia Mais

impacto social
estudar na Asia
tudo sobre o GMAT
estudar idiomas