Um projeto: Fundação Estudar

Universidades

Perfis, curiosidades e oportunidades das melhores universidades do mundo

26.09.16

Estudar em Boston – o epicentro das melhores universidades do mundo

Boston, Massachusetts

Considerada um dos hubs intelectuais do mundo, a capital do estado de Massachusetts é um destino cobiçado para quem quer estudar fora.

Por Andrea Tissen, do Blog da Tissen

Berço da independência americana, a histórica cidade de Boston é encantadora. Considerada um dos hubs intelectuais do mundo, a capital do estado de Massachusetts é um destino cobiçado para quem quer estudar fora.

Com seus quase seis milhões de habitantes, dos quais 300 mil são estudantes, Boston oferece um estilo de vida muito próprio. Seus encantos de cidade grande aliados ao espírito universitário e a diversidade de seus estudantes e professores estrangeiros garantem uma atmosfera especial.

Certa vez peguei um taxi em Boston para ir ao aeroporto. E o motorista, aluno do MBA de Harvard, não deixou por menos durante a nossa conversa: “parte considerável da inteligência mundial reside aqui durante o ano letivo. Isso faz esta cidade única e nos coloca permanentemente em estado de alerta”, ele me contou.

Parte considerável da inteligência mundial reside aqui durante o ano letivo

Mas não é necessário ter um carro quando se é um estudante em Boston. A vida é feita toda a pé e o transporte urbano é excepcional. O metrô de Boston, também conhecido como “T”, é o mais antigo do país e leva você a todos os lugares. Caminhar é um prazer, há prédios históricos por todas as partes e muito verde.

Em Cambridge, região metropolitana de Boston, este cenário fica ainda mais claro. A universidade de Harvard, fundada em 1636 e o MIT, Instituto de Tecnologia de Massachusetts, criado em 1861, dão o tom. Os campi dessas duas instituições de ensino, consistentemente ranqueadas entre as melhores do mundo, são inspiradores.

Harvard Square, em Boston

Harvard Square | Foto: Daderot

Cambridge tem um apelo especial. A charmosa Harvard Square, a mais famosa praça da região é um ponto de encontro e serviços. Cafés, lojinhas, mercados, antiquários e livrarias colorem o cenário bucólico. Pelas ruas de Cambridge, os antigos galpões e fábricas transformados em museus, institutos de pesquisa e escritórios fazem você viajar no tempo e conhecer muito da história americana.

Outras praças famosas como Kendall Square, com seus prédios industriais renovados e os laboratórios de biotecnologia do MIT e Central Square, reduto da diversão com seus pubs e clubes de música, caracterizam a região. Imperdíveis também são o planetário Charles Hayden e o The Children’s Museum. Há muito para fazer. Afinal, quem trabalha duro também precisa se divertir.

As universidades promovem atividades extracurriculares como aulas de veleiro ou trilhas para os que gostam de caminhar. Todas as escolas tem organizações estudantis muito ativas e fazer parte é importante no processo de integração com a cultura local.

Assim como assistir a um jogo do Red Sox (beisebol – MLB), Celtics (basquete – NBA), New England Patriots (futebol americano – NFL) ou Bruins (hóquei – NHL). E visitar o Museum of Fine Arts – um dos maiores e mais importantes dos Estados Unidos, relaxar nos parques públicos e frequentar os pubs, parte da alma estudantil.

Boston Common Park

Boston Common, parque público mais antigo dos EUA | Foto: Ethan Long

Cambridge é uma região que orbita entre a sobriedade de sua história e a jovialidade dos estudantes. Despretensiosa e descolada, é regida pelo cotidiano universitário – não importa onde você vá, tem sempre gente lendo, estudando.

Outras instituições de ensino excepcionais e muito bem ranqueadas colaboram com a manutenção dessa atmosfera e abrem mais possibilidades: Boston University, Boston CollegeTufts UniversityMount Ida CollegeUniversity of Massachusetts AmherstNortheastern UniversityBrandeis UniversityWestern New England UniversityWellesley CollegeBabson College – Boston  e o Berklee College of Music.

Se você precisa de uma bolsa de estudos, vale a pena conferir as dicas do Education USA. A Fundação Lemann oferece a Lemann Fellowships, bolsas para pós-graduação em Harvard e no MIT. A Comissão Fullbright também oferece bolsas para pós-graduação. Pesquise!

Os processos de candidatura são muito concorridos e nada fáceis. A busca por alunos excepcionais que se destacam, que tem iniciativa e são participativos em suas comunidades, mas que não tentam ser nada além deles mesmos é conhecida. Sim, é importante ter um excelente currículo acadêmico e boas notas nos exames solicitados pelas universidades, incluindo o de proficiência em inglês. Por isso você deve se preparar com determinação, um bom pé na realidade e muita persistência.

É preciso arriscar, especialmente se esse é o seu sonho. Muita gente consegue, você só tem que tentar!

 

Esta matéria foi originalmente publicada no Blog da Tissen

 

Leia também:
Por dentro dos campus de Yale, Harvard, Stanford e Minerva
“Minha sorte foi não ter ido para Harvard ou Princeton”, diz o matemático Artur Avila

Conecte-se ao Estudar Fora

Leia Mais

impacto social
estudar na Asia
tudo sobre o GMAT
estudar idiomas