Um projeto: Fundação Estudar

Colunistas

Orientação de especialistas e experiências de estudantes para te ajudar a chegar lá

28.07.14

Estudante de Yale faz pesquisa no CERN

Estudante de Yale faz pesquisa no CERN

Bárbara Cruvinel, colunista do Estudar Fora, conta sobre as suas férias no maior laboratório de partículas físicas do mundo. Assista a um vídeo exclusivo!

O que você faria com as suas férias de verão se estudasse em uma universidade nos Estados Unidos? Em geral, alunos de universidades por aqui nunca ficam parados durante as férias: a gente ou vai estudar em outro país para aprender uma língua (ou qualquer outra coisa), fica na universidade fazendo mais aulas e/ou pesquisa, vai fazer estágio em algum lugar etc. As opções são infinitas.

Leia as outras colunas da Bárbara Cruvinel

Como eu havia anunciado no meu último vídeo, eu vim para o CERN (European Organization for Nuclear Research) – o maior laboratório de física de partículas do mundo – fazer pesquisa com uma das professoras do nosso departamento de física lá de Yale. Tem sido uma experiência interessante e eu resolvi compartilhar um pouco do que acontece por aqui em um dos vídeos.

Eu cheguei aqui no meio de junho e fico aqui até o meio de agosto. A primeira semana foi basicamente para eu me acostumar com o tipo de software e banco de dados remoto que eles usam aqui. A gente tem duas a três reuniões por semana para também saber o que anda acontecendo nos projetos de outros alunos que vieram com outros professores. Fora isso, existe um programa de aulas no verão que são para alunos de estados membros do CERN, que são todos europeus, mas qualquer pessoa que estiver no CERN pode assistir a essas aulas. É isso que eu tenho feito nas minhas manhãs para poder aprender um pouco mais de física e, de tarde, eu trabalho na minha parte do projeto do grupo.

Mas é claro que nós também temos nossos momentos de diversão. Nós trabalhamos nos dias úteis, mas temos os finais de semana livres para viajar, o que fez com que eu conhecesse lugares novos.

É legal também ficar cercado de gente que gosta e conversa sobre as mesmas coisas (a.k.a. física). Além de que, como o CERN é uma colaboração de milhares de cientistas de todos os cantos do globo, esse lugar ficou maluco e agitado durante a copa do mundo. Aqui também tem coisas legais para ver, como os famosos e gigantescos detectores, além de exposições interativas sobre física de partículas e ciência num geral.

Enfim, o resto vocês veem no vídeo! Até a próxima!

Gostou? Assista aos outros vídeos da Bárbara Cruvinel
_____________________________________________________________________

Bárbara Cruvinel Santiago 

Bárbara Cruvinel é estudante de graduação na Universidade Yale, instituição pertencente à Ivy League (grupo que reúne as oito universidades mais prestigiadas dos Estados Unidos). Durante o ensino médio, participou de dezenas de olimpíadas científicas e descobriu sua aptidão – e paixão – pela área de física, que estuda hoje. Seu sonho é tornar-se pesquisadora. Com seus textos e vídeos, compartilha sua rotina e reflete sobre as principais diferenças de estudar no Brasil  e no exterior.

Leia também:
Por que estudar em Yale? 
Conheça um dos prédios mais bacanas da Universidade de Yale

 

Conecte-se ao Estudar Fora

Prep Course

Leia Mais

impacto social
estudar na Asia
tudo sobre o GMAT
estudar idiomas