InícioUniversidadesEntenda o que torna a Universidade de Praga uma referência em sustentabilidade

Entenda o que torna a Universidade de Praga uma referência em sustentabilidade

Marcela Marcos - 12/12/2022
Comentários:

A Universidade Tcheca de Ciências da Vida de Praga (Czech University of Life Sciences Prague), ou CZU, é uma instituição pública centenária. O quadro de alunos é formado por cerca de 18 mil pessoas, das quais 10% são estudantes internacionais.

A instituição – que fica em um dos mais antigos e seguros centros urbanos da Europa, na cidade de Praga, na República Tcheca – oferece diversos cursos de graduação e pós com foco nas áreas relacionadas a questões ambientais.

Criada em 1º de julho de 2007, a Faculdade de Ciências Ambientais é dividida em seis departamentos que cobrem todo o campo da educação e ciências CZU. Atualmente, a instituição oferece programas de bacharelado, mestrado e doutorado e é uma referência em estudos sobre sustentabilidade. Mas como a expertise se traduz na prática? É sobre isso que falaremos a seguir!

A Czech University pensa em como os seres humanos usam a Terra

Os programas da Faculdade de Ciências Ambientais, CZU, enfatizam objetivos de ensino e aprendizagem que estão de acordo com os princípios ou três pilares da sustentabilidade. Seja pelo cuidado com os seres humanos, com as plantas ou com os animais, a instituição entende que é impossível ensinar o que faz sem explorar as implicações de longo prazo de como estamos utilizando a terra.

Leia também: Universidade de Praga especializada em meio ambiente é opção acessível para brasileiros

Nesse sentido, os cursos se desenvolvem a partir de um olhar sobre como as experiências do passado fizeram com que o planeta chegasse ao estágio atual e, a partir daí, como planejar um futuro mais sustentável. 

Todas as aulas em Planejamento da Paisagem, Conservação da Natureza (nível de mestrado) e Engenharia Ambiental (nível de bacharelado), por exemplo, se baseiam em pilares de sustentabilidade. Todas as aulas – exceto seminários de leitura – são compostas por oficinas de campo, nas quais os alunos exploram, ao ar livre, o que é ensinado em sala. Os fundamentos da ecologia aplicada e da paisagem estão entrelaçados desde a graduação.

Uso da tecnologia aliada à sustentabilidade na CZU

Na Faculdade de Ciências Ambientais, CZU, os recursos tecnológicos existentes são utilizados como forma de enfatizar questões ligadas ao bem-estar humano e à sociedade. Tais recursos vão desde a modelagem computacional até a análise de dados, passando pela programação e equipamentos de telemetria de coleta dos dados em campo. 

Uma das premissas da instituição é fazer com que o corpo discente aprenda o significado do “processo”, que é entendido como um conjunto de passos lógicos e metodológicos envolvidos na análise de campo. No programa de Planejamento de Paisagem, por exemplo, os estudantes coletam dados sobre determinada localização.

Os dados, porém, não são necessariamente digitais, mas vêm da observação sobre como as pessoas utilizam aqueles lugares (que podem ser parques, ou espaços correlatos). Em uma etapa posterior, a tecnologia auxilia na análise do conjunto de informações coletadas.


Vantagens da formação na Czech para brasileiros

Considerando que o Brasil tem recursos naturais abundantes, tanto para o mercado interno quanto externo (como reservas de petróleo offshore), a formação na Czech University pode ser valiosa. Isso porque os cursos ajudam a identificar os desafios que o mundo enfrenta em termos de sustentabilidade.

No caso dos brasileiros, depois de entender quais são as dificuldades, os conhecimentos podem ser aplicados pensando em como saná-las com os próprios recursos naturais daqui.

Com relação às possibilidades de auxílio financeiro, como as mensalidades são mais baixas na Faculdade de Ciências Ambientais, CZU, em comparação com outras universidades de fora, as bolsas são mais modestas. Uma delas é paga por um período máximo de quatro meses (que funciona como um apoio “de iniciação”).

Há também a modalidade de bolsa “para notas extraordinárias”, que valorizam alunos com médias altas e também as chamadas “bolsas de alojamento”, para auxiliar com os custos de acomodação. É importante destacar que a instituição tcheca oferece orientação educacional aos estudantes internacionais, com conversas que auxiliam no planejamento dos estudos, gerenciamento do estresse, escrita da tese final etc.

Saiba mais detalhes nesta página.

O que você achou desse post?

Sobre o escritor

Marcela Marcos
Marcela Marcos
Marcela Marcos é jornalista e cursa mestrado na linha de Comunicação do programa de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Federal do ABC. Foi colaboradora do portal Estudar Fora em 2018.

Artigos relacionados