Um projeto: Fundação Estudar

Intercâmbio

O que você precisa saber para ter uma experiência de estudos em outro país

13.08.15

Como ter fluência em inglês estudando (só) pela internet

Como ter fluência em inglês estudando (só) pela internet

É possível estudar sozinho. Professora faz um roteiro do que estudar em cada um dos dias da semana para ganhar fluência no inglês. Veja!

Por Camila Pati, de EXAME.com

Cada vez menos diferencial e mais requisito para oportunidades profissionais, a fluência em inglês pode, sim, ser conquistada por meio de cursos online e até sem constante apoio de professores.

Monitorar-se é muito importante: acompanhar se está cumprindo a carga horária a que se propôs a cada semana e também acompanhar o desempenho ao longo das atividades

“Estudar via internet sem a ajuda de profissionais é possível. Esse formato de curso pode ser adequado para quem busca justamente o desenvolvimento das habilidades que serão praticadas online: compreensão auditiva, leitura, escrita, vocabulário, estrutura gramatical e pronúncia”, diz Ecio Scandiuzzi, diretor do Berlitz Brasil.

O resultado é positivo, segundo ele, quando o aluno consegue no dia a dia praticar o que aprende no curso online. E, neste caso específico, o verbo praticar é sinônimo de falar, já que o objetivo é conquistar a fluência no idioma.

“O aluno que opta por um curso via internet deve conhecer muito bem seus objetivos. A partir daí, deverá estabelecer uma meta, ou seja, quando ele precisa atingir esse objetivo”, diz Scandiuzzi.

Ele indica a definição de um programa de estudos, com carga horária semanal determinada. “Monitorar-se é muito importante: acompanhar se está cumprindo a carga horária a que se propôs a cada semana e também acompanhar o desempenho ao longo das atividades”, indica o diretor do Berlitz Brasil.

Roteiro diário

A partir de 15 minutos de estudo por dia, os resultados virão, segundo disse Rosângela Souza, sócia-diretora da Companhia de Idiomas, a EXAME.com. Confira o roteiro diário que ela indicou para quem já tem nível intermediário de domínio:

1. Segunda-feira: Ouça um curso ou uma palestra cujo assunto seja do seu interesse. Portais como TED e Coursera podem ser boas fontes.

2. Terça-feira: Fale com alguém no idioma. Uma conversa de 30 minutos já é suficiente para destravar o inglês.

3. Quarta-feira: leia notícias em inglês. Começar por notícias de que o contexto você já conhece é mais indicado caso tenha dificuldades de vocabulário.

4. Quinta-feira: estude gramática. O livro “English Grammar In Use” é um dos mais usados pelos estudantes.

5. Sexta-feira: ganhe repertório de palavras. A dica é contextualizar em frases novas palavras e termos que surgiram ao longo da semana. Aposte no uso de dicionários recomendados pelos professores.

6. Sábado: pegue a letra de uma música de que você já conhece e gosta. O objetivo é verificar vocabulário, estrutura e pronúncia.

7. Domingo: assista a um filme com som original em inglês prestando atenção à estrutura, palavras e pronúncia do idioma. Escolher legendas em inglês pode ser uma boa pedida.

Este texto foi originalmente publicado na EXAME.com

Leia também:
Jovem cria startup que oferece videoaulas gratuitas de inglês
Aprenda inglês com músicas

Conecte-se ao Estudar Fora

Leia Mais

estagiários da Microsoft comemorando
impacto social
estudar na Asia
tudo sobre o GMAT