Um projeto: Fundação Estudar

Pós Graduação

O que você precisa saber para cursar uma pós-graduação fora do Brasil

19.01.16

“Com o mestrado fora, adquiri uma visão global e muitas referências”

"Com o mestrado fora, adquiri uma visão global e muitas referências"

Conheça a história de Thiago Pereira, que estudou no Teachers College, da Universidade Columbia, nos EUA, e hoje investe na formação de gestores escolares!

Depoimento de Thiago Pereira a Ana Pinho

“Quando meu objetivo tornou-se empreender em educação no Brasil, em meados de 2013, eu trabalhava como investidor de venture capital na área e meus conhecimentos eram principalmente de mercado e negócios. Logo ficou claro para mim que eu precisava saber mais sobre os fundamentos do campo – metodologia pedagógica, formação de professores, criação de currículos – e que queria fazer meu mestrado fora para obter uma visão global, sem o viés brasileiro.

9 profissionais falam sobre o impacto do mestrado fora em suas carreiras

Adquiri conhecimentos específicos que foram muito ricos, estudei perspectivas de inovação dentro do contexto escolar e consegui colher referências no meu tema principal, que é a gestão escolar

A Teachers College de Columbia, onde estive de 2014 a 2015 com bolsa da Fundação Lemann, me pareceu o lugar ideal para explorar novos assuntos. É a maior do tipo nos Estados Unidos e seus programas de educação são bastante flexíveis, o que me permitiu conhecer uma diversidade maior de matérias, referências e pessoas.

Embora para o mercado, onde eu já tinha certa trajetória, o mestrado em si não pareça ter feito tanta diferença, para quem que não me conhecia ou para pessoas ligadas ao meio acadêmico é algo que ressoa. Quando se trata de aprendizado, o valor foi enorme. Adquiri conhecimentos específicos que foram muito ricos, estudei perspectivas de inovação dentro do contexto escolar e consegui colher referências no meu tema principal, que é a gestão escolar.

Também aprendi que, do ponto de vista de desafios educacionais, o Brasil é muito mais parecido com outros países do que imaginamos. Todos sofrem com metodologias antigas e governos que às vezes atrapalham mais que ajudam, por exemplo. Percebi que nossos desafios são em grande parte globais, e isso é bom de certa maneira porque significa que uma solução brasileira talvez possa ser aplicada globalmente.

Comecei meu projeto, o Programa Mestre, ainda em Columbia. A ideia é criar uma rede de desenvolvimento e valorização dos gestores escolares no Brasil. Acredito que diretores e outras lideranças, especialmente de escolas públicas, são os reais transformadores da educação para os estudantes. Meu objetivo é oferecer serviços e experiências que os apoiem nesse desenvolvimento.

Para mim, foi ótimo voltar ao Brasil. Por mais que exista a crise, há muitas fundações, instituições e pessoas querendo investir em educação, então, percebo que há oportunidades. O setor como um todo está bastante ativo, e é muito legal ver que tem tanta gente boa tentando fazer a diferença.”

thiago pereiraSobre Thiago Pereira

Thiago é formado em Administração pela FEA-USP e em Propagada e Marketing pela ESPM. Ele fez mestrado em Educação no Teachers College, da Universidade de Columbia, entre 2014 e 2015, onde deu início ao Programa Mestre, que investe na formação e valorização de gestores escolares. É bolsista da Fundação Lemann.

Leia também:
Teachers College, Columbia University: o lugar de quem ama Educação
9 profissionais falam sobre o impacto do mestrado fora em suas carreiras
Leia a redação que ajudou brasileiro a fazer mestrado em Stanford
Jovem conta como é um dia típico de um aluno de MBA nos EUA

Conecte-se ao Estudar Fora

Leia Mais

estagiários da Microsoft comemorando
impacto social
estudar na Asia
tudo sobre o GMAT