Um projeto: Fundação Estudar

Graduação

O que você precisa saber para cursar uma graduação fora do Brasil

15.01.15

As vantagens de estudar em uma universidade pequena

As vantagens de estudar em uma universidade pequena

Fácil deslocamento pelo campus e relação próxima com os professores são pontos positivos. Assista ao vídeo de Renan Kuntz, aluno da Universidade de Tulsa!

Há muitas oportunidades acadêmicas. É fácil estabelecer uma relação mais próxima com os professores e eles são super solícitos em apoiar os alunos

Eu adoro estudar na Universidade de Tulsa, nos Estados Unidos, por diversos fatores, mas um dos principais é o seu tamanho.  Uma das maiores vantagens de uma universidade “pequena” é ter os caminhos mais curtos – tanto no sentido físico mesmo, quanto no social. A proximidade de tudo acaba gerando uma sensação de integração muito boa.

É ótimo não ter que se preocupar em pegar um ônibus ou carona para atravessar o campus e chegar à aula. É até engraçado que, em um campus em que ir a qualquer lugar a pé é tão simples, a administração da universidade tem a preocupação em também oferecer bicicletas gratuitamente para os seus estudantes.

Além do aspecto físico, outro ponto positivo de estar em um campus mais enxuto é o grande número de oportunidades acadêmicas. Aqui na TU é fácil estabelecer uma relação mais próxima com os professores e eles são super solícitos em apoiar os alunos naquilo que puderem. Eles irão mostrar projetos em que você possa se envolver ou até mesmo participar com eles.  Tudo isso faz uma grande diferença no processo de amadurecimento acadêmico e profissional!

No lado social, a comunidade menor me lembra muito as pequenas cidades do interior do Brasil em que todos se conhecem. No trajeto que percorro todas as manhãs em direção às minhas aulas, costumo dizer “Hey, how is it going?” para pelo menos uma dúzia de conhecidos! Acho isso bem legal, entretanto, não posso negar que, muitas vezes, sinto falta de fazer novas amizades. O que me conforta é lembrar que a TU também não é tão pequena assim e que o número de alunos está aumentando gradativamente.

A comunidade menor me lembra muito as pequenas cidades do interior do Brasil em que todos se conhecem

Aliás, tive o prazer de conversar com o presidente da Universidade de Tulsa, Steadman Upham, há algumas semanas. Aproveitei para perguntar a ele sobre dois pontos que me chamam a atenção aqui: o expressivo número de estudantes internacionais e a política da universidade sobre a expansão do campus. Ele, uma pessoa muito engraçada, me respondeu dizendo que a TU se importa em trazer alunos de fora dos EUA para o campus, com o objetivo de criar um ambiente que promova o contato e o entendimento multicultural, preparando todos os estudantes para serem profissionais aptos a trabalharem e causarem um impacto positivo em qualquer lugar do planeta.

Em relação à expansão da universidade, Upham disse que a universidade quer sim dar oportunidade para que mais pessoas possam vir para a TU, mas o seu foco principal é manter a experiência de turmas menores e a proximidade professor-aluno. Logo, esse crescimento será avaliado com cautela.

Antes de escolher as universidades para as quais irá se candidatar, é fundamental  refletir sobre o que você espera: prefere turmas maiores ou menores? Um campus enorme ou mais compacto?

Assista o vídeo a seguir e saiba mais sobre as vantagens de estudar em uma universidade considerada pequena para os padrões norte-americanos:

_____________________________________________________________________

ClaudioRenan Kuntz é aspirante a pesquisador e sonha em um dia criar importantes produtos a partir da natureza brasileira. Estudou em escolas públicas durante toda a vida, destacou-se em olimpíadas científicas e, no ensino médio, participou de diversos programas de iniciação científica,  trabalhando desde com aquecedores solares até a concepção sobre a maternidade no Brasil. Hoje, estudante da Universidade de Tulsa, quer compartilhar como é o estilo de vida nesse pequeno campus, mas que oferece excelentes oportunidades tal como os das grandes universidades.

Leia também:
7 passos para tirar do papel o projeto de estudar fora em 2015
“Fui aceito em uma universidade fora!”
Da periferia de SP para Stanford

Conecte-se ao Estudar Fora

http://promo.estudarfora.org.br/07de78d376d72cb1d7d3

Leia Mais

impacto social
estudar na Asia
tudo sobre o GMAT
estudar idiomas