Um projeto: Fundação Estudar

Graduação

O que você precisa saber para cursar uma graduação fora do Brasil

13.03.14

Universidade Minerva recebe inscrições até abril

Universidade Minerva recebe inscrições até abril

Estudantes de mais de 75 países já se inscreveram na escola. Devido a grande procura, instituição considera abrir uma segunda turma ainda este ano

As inscrições para a primeira turma da Universidade Minerva – escola recém-criada com uma proposta totalmente diferente de educação universitária -, vão até o dia 15 de abril de 2014. Com a ideia de ser uma universidade de excelência e multidisciplinar, a Minerva mostra que será mesmo uma escola global: até o momento, a instituição já recebeu inscritos de mais de 75 países diferentes. Devido a grande procura de interessados, a instituição considera abrir uma segunda turma para ainda este ano.

A primeira turma da Minerva terá entre 15 a 19 estudantes, que virão de diferentes países e terão aulas online e ao vivo com professores de ponta. Uma das grandes diferenças é que os jovens vão viver em uma espécie de “campus itinerante”: o primeiro ano será em São Francisco (Estados Unidos), onde a sede da Universidade Minerva fica, e nos demais anos eles mudarão de país a cada semestre. Outro diferencial é que os primeiros alunos receberão bolsa integral para o curso. A previsão do início da primeira turma é no segundo semestre de 2014.

A universidade é resultado de uma parceria entre o projeto minerva e a KGI. Para mais informações, clique AQUI.

Processo seletivo
As inscrições para a primeira turma estão abertas até 15 de abril.  A admissão é altamente competitiva e baseada em mérito, sendo considerado o perfil acadêmico e pessoal do candidato. Leia mais sobre a seleção para a Universidade Minerva AQUI. Todos os alunos aprovados no processo seletivo serão notificados até 15 de maio de 2014.

Fellowship Estudar Fora & Minerva
O Fellowship Estudar Fora & Minerva é uma oportunidade incrível aos interessados em fazer uma graduação internacional. O Fellowship prevê um programa de mentoria e desenvolvimento profissional para os alunos brasileiros aprovados na Universidade Minerva. Leia mais sobre esse programa AQUI.

O Estudar Fora conversou com o Alex Cobo, diretor da Minerva para a América Latina e esclareceu algumas das dúvidas mais comuns dos interessados no projeto. Confira:

1. Como tem sido a procura por parte dos estudantes? A Minerva recebeu um grande volume de inscrições de mais de 75 países diferentes. Por isso, estamos considerando admitir uma nova classe de alunos para a turma de 2014.

2. Ainda é possível, portanto, fazer a aplicação para a Minerva? Com certeza. Nossas primeiras decisões de admissão serão enviadas aos alunos admitidos até o dia 15 de março de 2014, para aqueles que aplicaram até o dia 31 de dezembro de 2013. Contudo, a Minerva receberá inscrições para a turma de 2014 até o dia 15 de abril e enviará as decisões de admissão desta segunda etapa até o dia 15 de maio.

3. O processo de seleção para a Minerva é rigoroso? A Minerva é muito competitiva e o processo de admissão para a turma de 2014 será bastante rigoroso. Para participar deste processo de admissão bastante seletivo, os alunos que aplicarem para a Minerva precisam ser altamente qualificados. Isso significa não apenas obter excelentes notas no Ensino Médio, mas também demonstrar participação em atividades extracurriculares significativas e de alto impacto.

4. Que tipo de estudantes a Minerva busca? Na Minerva, queremos atingir um nível de excelência extraordinário, e isto significa o melhor ensino, corpo de estudantes e administração. Por isso, é muito importante que os alunos compartilhem sua experiência de vida, informações relevantes e seu histórico ao fazer a inscrição, buscando mostrar as competências que os destacam dos demais candidatos. Estamos à disposição para ajudá-los e para esclarecer dúvidas sobre como aplicar para a Minerva.

5. Como funciona o exame de admissão e qual o grau de exigência em relação a idiomas? Na Minerva usamos nossa própria metodologia no processo de admissão. Assim, alunos podem ser admitidos por destacarem-se em diversas disciplinas, mesmo que não em todas: por exemplo, se apresentarem excelentes notas em várias matérias, mas apenas boas notas em uma ou outra matéria. Nós não requisitamos o SAT. Sobre o domínio de idiomas, todas as aulas serão conduzidas em inglês e exigirão intensa participação do aluno.

 

Conecte-se ao Estudar Fora

http://promo.estudarfora.org.br/07de78d376d72cb1d7d3

Leia Mais

impacto social
estudar na Asia
tudo sobre o GMAT
estudar idiomas