Um projeto: Fundação Estudar

Colunistas

Orientação de especialistas e experiências de estudantes para te ajudar a chegar lá

28.04.14

Processo de admissão ao LL.M.

Processo de admissão ao LL.M.

Nosso colunista Claudio Rechden dá dicas sobre o processo de admissão para cursos de direito no exterior. Primeiro passo: definir as etapas comuns

Por Claudio Rechden

Olá pessoal! Hoje vou falar um pouco do processo de admissão ao LL.M, que é um pouco trabalhoso. Na última coluna falamos sobre a escolha da universidade e do curso. Agora, digamos que você ja escolheu quais universidades deseja ir e vai começar o processo de admissão.

Minha sugestão é aplicar (anglicismo que vou me permitir usar aqui) para no mínimo 3 universidades, para aumentar suas chances de admissão. O site da US News (www.usnews.com) tem rankings de LL.M.’s por especialidade para ajudá-lo a definir onde você deve aplicar.

Uma vez definidas as universidades, é bom organizar os passos que devem ser feitos para cada aplicação. Alguns passos são comuns para todas, mas outros devem ser específicos para cada uma (não tente fazer passos específicos de forma genérica para todas as universidades). Sugiro começar o processo, no mínimo, 6 meses antes da data que você quer aplicar. Quanto mais tempo, melhor, pois você poderá focar nos diferentes passos em sequência e não ao mesmo tempo, o que pode gerar mais ansiedade e stress para você.

Em comum: O primeiro passo é fazer o TOEFL, se você ainda não o fez, e o teste valerá para todas as aplicações. Mesma coisa para o seu currículo, ou resume, e o seu diploma e históricos escolares da faculdade, ou transcripts, que deverão ser traduzidos para o inglês por tradutor juramentado ou autenticados pela LSAC (Law School Admission Council).

EspecíficosPersonal statement, ou carta dirigida ao comitê de admissão da universidade falando de você, do seu interesse no curso e porque você merece ser admitido, e as cartas de recomendação (normalmente 2 ou 3) em apoio à sua admissão.

Nas próximas colunas vou entrar mais a fundo na preparação do resume, personal statement, e cartas de recomendação. Por hora, sugiro você adquirir o livro LL.M. Roadmap – An International Student’s Guide to U.S. Law School Programs (Edwards, George; Wolters Kluwer – 2011) que tem muita informação sobre o LL.M., admissões, e cursos de direito em geral nos EUA.

Até a próxima!

Claudio Rechden – Colunista sobre a experiência de cursar um L.L.M nos EUA 

ClaudioClaudio Rechden é colunista do Estudar Fora, cursou direito na PUC do Rio Grande do Sul e fez LL.M. em Georgetown, nos Estados Unidos. Desde 2004 trabalha no International Finance Corporation em Washington, dando suporte legal em reestruturações financeiras e novos investimentos do IFC ao redor do mundo. Acreditando que a educação é a base do desenvolvimento pessoal e avanço profissional, Claudio também dedica-se  à formação de bacharelandos e mestrandos em Direito como professor adjunto, antes em Stanford e agora em Georgetown. Claudio também é mentor para alunos e ex-alunos de Georgetown. Com suas colunas no Estudar Fora espera atrair o maior número possível de talentos brasileiros para as melhores faculdades de Direito nos EUA.

Conecte-se ao Estudar Fora

Prep Course

Leia Mais

impacto social
estudar na Asia
tudo sobre o GMAT
estudar idiomas