Um projeto: Fundação Estudar

Graduação

O que você precisa saber para cursar uma graduação fora do Brasil

05.08.14

Preview Days: visita ao Middlebury College antes do início das aulas

Preview Days: visita ao Middlebury College antes do início das aulas

O Estudar Fora tem colunista novo: Bernardo Portilho, calouro do Middlebury College. Ele conta como foi conhecer a universidade de seus sonhos!

Diversas universidades americanas convidam os alunos aceitos a participarem de uma série de eventos para conhecerem a faculdade

“Por muito tempo vocês disseram ‘por favor’ e nós dissemos ‘bem… talvez’, mas agora é a nossa vez de dizer ‘por favor’ e de vocês dizerem ‘bem… talvez'”. Essa foi a frase que o reitor de admissões, Greg Buckles, disse para os futuros calouros quando cheguei na universidade dos meus sonhos, Middlebury College, poucos meses depois de ser aceito.
Parajumpers Jacka Herr

Diversas universidades americanas convidam os alunos aceitos a participarem de uma série de eventos para conhecerem a faculdade e, hopefully, se matricularem nela e não em outra que também os aceitaram. Foi assim que, em abril deste ano, tive a oportunidade de participar do Preview Days, um evento de três dias que a Middlebury fez para os alunos aceitos. Foi um período incrível em que pude conhecer pela primeira vez vários dos meus futuros colegas de turma e aprender mais sobre o lugar em que vou morar durante os próximos quatro anos.

middlebury 2 editado

Durante esses três dias, os prospies, como éramos chamados, podiam assistir a aulas e experimentar o ambiente acadêmico da universidade. Fui  à uma aula de Filosofia sobre problemas morais contemporâneos, na qual a turma, sentada em formato de círculo, tentava elaborar argumentos a favor e contra a pena de morte, enquanto o professor, fazendo o papel de mediador, questionava as posições dos alunos e contra-argumentava, sempre instigando outros estudantes a participarem. Foi um momento em que pude ver, ao vivo, a essência de uma educação de liberal arts.

Quando saíamos das aulas, tínhamos ainda toda uma programação de atividades divertidas para o dia. Visitamos o observatório da universidade, onde olhamos o céu estrelado de Vermont, conversamos e tomamos deliciosos sorvetes no Ice Cream Social, fomos a um show de a cappella, assistimos a uma banda estudantil, jogamos quadribol, fizemos tours pelo campus, almoçamos com professores, assistimos a uma palestra de boas vindas do Presidente da Middlebury, enfim… foi uma experiência fantástica!

Um dos eventos mais marcantes que tive nesses três dias foi ter participado da Language Table de Português. A Middlebury tem um programa bem peculiar de línguas, no qual os alunos podem participar de eventos fora da sala de aula, que funcionam como uma espécie de imersão na língua que escolheram. Assim, eles podem participar de peças de teatro, celebrar feriados típicos, conversar enquanto almoçam nessas Language Tables e até morar em casas onde só se pode falar a língua.

Sentei-me com três alunos de Português e outros dois professores e, tomando canja de galinha, conversamos sobre a Copa, o Brasil, e as notícias circulando sobre o país. Fiquei surpreso com o nível de proficiência que os alunos tinham, e espero poder contar mais sobre essa experiência de imersão quando eu mesmo estiver passando por ela!

Middlebury 3

Mesmo antes de embarcar na grande viagem, já conheci pessoas incríveis que se tornaram amigos próximos, graças ao Facebook e ao Skype: além de uma menina de Oregon, nos EUA, uma indiana e um nepalês — a impressão é que há muito mais alunos internacionais do que os oficiais 10% divulgados pela universidade.

Após dias tão cheios, de noite dormia no quarto do Marcos Souza, colunista aqui no Estudar Fora e aluno do 2º ano em Middlebury. Conversamos bastante, conheci vários de seus amigos, e aprendi à beça sobre o lugar em que irei daqui a algumas semanas.

Até mais! Espero escrever a próxima coluna já de Middlebury!

_____________________________________________________________________

Bernardo 1 editadoBernardo Portilho é um amante de Filosofia, Literatura e das várias interseções entre as duas. Deu aulas das duas matérias no pré-vestibular comunitário de sua escola e criou um site de compartilhamento de resumos escolares, o SYinc Study. Apaixonou-se pelos livros de Dostoiévski e agora quer aproveitar a oportunidade de estudar fora para aprender Russo e ler Crime e Castigo no original. Bernardo largou o curso de Filosofia na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) para estudar no Middlebury College, em Vermont, nos Estados Unidos. Com sua coluna, espera dividir a experiência de estudar em um Liberal Arts College e viver por entre as bucólicas montanhas de Vermont.Parajumpers Kodiak Jackor

Conecte-se ao Estudar Fora

http://promo.estudarfora.org.br/07de78d376d72cb1d7d3

Leia Mais

estagiários da Microsoft comemorando
impacto social
estudar na Asia
tudo sobre o GMAT