Um projeto: Fundação Estudar

Intercâmbio

O que você precisa saber para ter uma experiência de estudos em outro país

30.09.14

O impacto que um curso de idiomas no exterior tem na sua carreira

O impacto que um curso de idiomas no exterior tem na sua carreira

"Aqueles que viveram no exterior frequentemente são melhor avaliados pelos recrutadores. É como se viessem com um selo de qualidade", diz especialista

A empregabilidade no Brasil está em alta. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelam que, em dezembro de 2013, o país atingiu a marca mais baixa de desemprego desde 2003, com apenas 4,3% de pessoas sem trabalho. No entanto, a disputa pelas melhores vagas e salários segue bastante acirrada e investir num segundo idioma pode ser um diferencial no momento da contratação.

O profissional que fez intercâmbio tende a ser mais flexível e saber lidar melhor com o inesperado

A gerente de RH da empresa de recrutamento HAYS, Márcia Batista, explica que quando o recrutador se vê diante de dois candidatos a balança tende a pesar mais para aquele que possui proficiência em uma segunda língua, ainda que ele seja tecnicamente inferior. “É mais fácil desenvolver o conhecimento técnico do que a fluência em outro idioma”, explica. Quando o recrutamento é feito para uma empresa multinacional, o segundo idioma passa a ser mandatório até para a participação no processo seletivo.

Ter morado no exterior não conta pontos apenas no momento da seleção para uma vaga: “O profissional que fez intercâmbio tende a ser mais flexível e saber lidar melhor com o inesperado”, explica a coordenadora de marketing da agência de intercâmbio World Study, Laíse Menucci. Outras competências que você desenvolve e que são valorizadas pelo mercado de trabalho são: capacidade de persuasão, pró-atividade, liderança, relacionamento interpessoal e gestão de conflitos.

Hoje já existem, inclusive, programas específicos para quem pretende aliar o aprendizado de uma nova língua ao desenvolvimento profissional. A gerente de cursos da agência de intercâmbio STB, Márcia Mattos, explica que é possível combinar um curso de idiomas com aulas particulares de negociação e apresentação em público, por exemplo.

Um outro ganho significativo para carreira é o networking e a criação de uma rede internacional de contatos. “Percebo que aqueles que viveram no exterior frequentemente são melhor avaliados pelos recrutadores. É como se viessem com um selo de qualidade”, afirma Bianca Trombelli, coach de carreira.

Por Carolina Campos

Leia também:
Questões para você refletir antes de decidir o seu país de intercâmbio

Cursos de idiomas no exterior
Os motivos para realizar um curso de idiomas no exterior

Conecte-se ao Estudar Fora

Leia Mais

impacto social
estudar na Asia
tudo sobre o GMAT
estudar idiomas