Inicio Os 5 melhores destinos para intercâmbios de idiomas

Os 5 melhores destinos para intercâmbios de idiomas

0
Os 5 melhores destinos para intercâmbios de idiomas

Intercâmbios de idiomas são quando você vai para outro país fazer um curso de outra língua. Ele é uma ótima opção pra quem quer melhorar bastante o nível no outro idioma em pouco tempo, porque como você vive naquele lugar, acaba tendo que usar a língua pra tudo. E a gente escolheu alguns destinos que permitem aprender e vivenciar o inglês, o espanhol e o francês sem muitas dificuldades e sem gastar demais. Olha só:

Auckland

Muita gente esquece que a Nova Zelândia fala inglês. E não só a língua é falada por lá como a maior cidade do país, Auckland, é um dos melhores destinos para quem quer fazer intercâmbios de idiomas em inglês. A cidade tem um dos IDHs mais altos do mundo, o que significa que ela é super segura, diversa e preparada para receber estrangeiros. E fora isso, por ser uma capital, ela também é cheia de opções de lazer, compras e cultura.

 

 

Outra vantagem é que você consegue ficar até três meses no país sem precisar de visto. Ou seja: a não ser que você esteja pensando em um intercâmbio mais longo, não vai ter que se preocupar com isso. A única desvantagem é a distância: como a cidade fica literalmente do outro lado do mundo, vai ser difícil sincronizar o fuso-horário com o pessoal daqui, e a passagem pode acabar saindo meio cara.

Leia mais: Novo ranking avalia universidades segundo metas da ONU: saiba quais são as melhores

Malta

Muita gente nunca nem ouviu falar de Malta, uma ilha que fica no mar Mediterrâneo perto da Itália. Mas a ilha de Malta é um lugar lindo e, além disso, tem o inglês como idioma oficial, além do maltês. Por isso, ela acabou virando um dos principais destinos para quem quer aprender inglês e ao mesmo tempo conhecer um lugar muito bonito que pouca gente conhece.

Como a ilha recebe um monte de turistas, você acaba aprendendo a entender sotaques de todos os tipos. E não vão faltar paisagens bonitas para você conhecer quando não estiver estudando. Assim como na Nova Zelândia, você pode ficar até 3 meses sem precisar de visto, mas a passagem costuma ser mais barata. Só precisa ter em mente que o inglês não é a única língua falada por lá, então quem quiser uma experiência mais imersiva nessa língua pode se decepcionar.

Leia também: Malta permite estrangeiros conciliarem estudo e trabalho durante intercâmbio

Miami

Um dos destinos mais populares entre os brasileiros também é um dos melhores para quem quer fazer intercâmbios de idiomas em inglês. No sul dos Estados Unidos, Miami tem um clima bem parecido com o nosso, ideal para quem quiser pegar uma praia durante o inverno brasileiro. E a cidade ainda tem toda a infraestrutura que você esperaria de uma metrópole norte-americana.

Como os voos para Miami saem com frequência, as passagens acabam sendo um pouco mais baratas. E a oferta de cursos é bem grande, justamente pelo interesse dos brasileiros por lá. Mas isso pode atrapalhar também, porque você provavelmente vai ouvir bastante português e espanhol enquanto estiver lá. E você vai precisar de visto para os Estados Unidos, por mais curta que seja a sua estadia.

Cordoba

Se você está em busca de intercâmbios de idiomas em espanhol, a Argentina é um ótimo destino. Fica aqui do lado e tem um câmbio favorável para brasileiros. Buenos Aires costuma ser a cidade mais lembrada, por ser a capital. Mas se você quiser desbravar um destino alternativo e economizar um pouquinho, uma boa opção é fazer um intercâmbio de espanhol na cidade de Córdoba.

Ela também é uma cidade grande, com mais de 1 milhão de habitantes, mas você gasta menos com alimentação e estadia do que gastaria em Buenos Aires. E ela também tem todas as amenindades e opções de lazer que você esperaria de uma cidade grande.

Também é uma cidade cheia de história: ela tem muitas construções que datam da época da chegada dos primeiros jesuítas à cidade, no século 16, e são consideradas Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO. Ah, e se você é brasileiro, não precisa nem de passaporte para ir pra lá!

Lyon

E por último, para quem procura intercâmbios de idiomas em francês, a cidade de Lyon na França é uma escolha excelente. Paris acaba sendo a cidade mais lembrada do país, por ser a capital e por aparecer em um monte de filmes, mas Lyon, que fica mais ao sul, também tem o seu charme. Com meio milhão de habitantes, ela é bem menor que Paris, mas não perde nada em termos de elegência.

A cidade fica entre dois rios, o que significa que tem um monte de paisagens bonitas para você aprender a descrever em francês. E pra quem gosta de programas culturais, tem um city card de Lyon que funciona como uma espécie de bilhete único para museus, teatros e passeios. Tudo isso a um preço menor do que você pagaria na capital do país. E você também consegue ficar até 90 dias lá sem precisar de visto.

O que você achou desse post? Deixe um comentário ou marque seu amigo:

Leia