Um Projeto: Fundação Estudar
Globo terrestre com os Estados Unidos centralizado - Bolsas do governo dos EUA

Curso de preparação para estudar fora tem bolsa para jovens de baixa renda

Por Gustavo Sumares
17.04.2019

A página College Essay Guy está oferecendo orientação gratuita na preparação para estudar fora a jovens de baixa renda do mundo todo. Saiba como se inscrever:


Não é só no Brasil: muita gente do mundo inteiro tem vontade de estudar nas univesidades de ponta dos Estados Unidos. Foi isso que motivou Ethan Sawyer a criar o College Essay Guy, um perfil dedicado a ajudar jovens durante a application. Conforme seu público foi crescendo, Sawyer alistou a ajuda de outrs profissionais, e então criou a Matchlighters Scholarship, que conecta jovens promissores a profissionais capazes de ajudá-los na preparação para estudar fora.

De acordo com Sawyer, a bolsa “conecta orientadores generosos e experientes a estudantes de baixa renda e alto potencial do mundo inteiro, para levar a oportunidade de entrar na universidade para aqueles que mais necessitam”. Os alunos contemplados pela bolsa receberão quatro horas de auxílio com seus essays e preparação geral para a application, e duas horas de ajuda para criar uma lista de universidades ideais de orientadores experientes.

Leia mais: 30 guias online e gratuitos com tudo o que você precisa saber para estudar fora

Em 2018, 186 orientadores se ofereceram para ajudar jovens gratuitamente. Graças a essa ajuda, começarão a estudar neste ano em universidades como MIT, Northwestern, Tufts e diversos campi da University of California. A expectativa da bolsa é chegar a 250 orientadores em 2019.

Como se inscrever

A bolsa é voltada tanto para estudantes interessados em graduação quanto em pós-graduação nos EUA em fase de preparação para estudar fora. Nos dois casos, é necessário ter um GPA acima de 3.0 (o que equivale mais ou menos a uma média ponderada acima de 7,5).

Será preciso também comprovar que você vem de uma família de baixa renda. Para isso, o candidato vai precisar de um dos seguintes documentos:

  1. Uma cópia da declaração de imposto de renda mais recente da família,
  2. Uma declaração do empregador dos seus pais, confirmando o salário anual deles,
  3. Uma conta que ofereça detalhes sobre dificuldades financeiras que impeçam que a família arque com os custos da universidade, ou
  4. Outros documentos que comprovem baixa renda ou necessidade financeira.

Leia mais: 5 dicas de preparação para quem deseja estudar fora

Além disso, o aluno também poderá enviar as notas que obteve em exames padronizados como  SAT, ACT ou TOEFL. Isso não é necessário, mas pode ajudar bastante na candidatura.

Finalmente, o candidato também deverá responder, em inglês, a algumas perguntas no formulário de inscrição. Entre elas, estão: “Que tipo de carreira você se imagina escolhendo? Qual é o seu sonho?” e “De que tipo de universidade você acha que gostaria mais? (Grande e estadual, privada, voltada para pesquisa, voltada para humanidades, conservadora, religiosa, etc.)”.

Toda a solicitação de auxílio na preparação para estudar fora pode ser feita por meio deste link. As inscrições são contínuas, então não é necessário se preocupar com prazos (além dos prazos das universidades de sua escolha). Candidaturas que estiverem adequadas receberão um e-mail com link para participar de uma segunda fase do processo seletivo, com mais essays, e então começar a receber orientação.

 

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d