A história de Obama na Universidade Harvard

President Barack Obama speaks at Cairo University in Cairo, Thursday, June 4, 2009. In his speech, President Obama called for a 'new beginning between the United States and Muslims', declaring that 'this cycle of suspicion and discord must end'. Official White House Photo by Chuck Kennedy

Ao longo de seus anos na Casa Branca, alguns pontos da vida do presidente Barack Obama ficaram muito conhecidos: o pai queniano, a infância na Indonésia, a juventude no Havaí, os anos de ativismo jovem em Chicago… O que muitos talvez não saibam é que Obama cursou doutorado em Direito na Harvard Law School e fez história ao ser o primeiro negro a presidir a prestigiosa publicação Harvard Law Review. As informações são do site NPR.

Quando entrou em Harvard, aos 27 anos, ele estava entre os mais velhos da turma. Michelle Obama, que é três anos mais nova, obteve o mesmo diploma na mesma universidade e se formou quando ele era calouro.

Os professores ouvidos pela reportagem destacam a confiança que Obama demonstrava. É o caso de Laurence Tribe, uma lenda do Direito com quase 50 anos de casa. Ele ainda tem a agenda que guarda sua primeira reunião com Obama, marcada com um impressionado pontinho de exclamação após o encontro.

Em seu primeiro ano no campus, em 1988, Obama bateu à porta pedindo um emprego – algo bastante atípico, dado o altíssimo nível de Tribe. Os dois conversaram por horas e ele ganhou o posto de assistente de pesquisa, trabalhando em livros e artigos e enfrentando temas espinhosos nos EUA, como aborto. “Ele queria fazer a diferença e aprender como o sistema funcionava”, diz o professor, ainda hoje um amigo próximo do presidente.

No ano seguinte, foi a vez de impressionar Charles Ogletree, que lecionava sobre habilidades básicas de Direito. Pontual e participativo, Obama marcou a memória do professor. Após responder uma pergunta, ele dizia: “‘Mas Al, que falou mais cedo, tinha um bom ponto quando disse X. E Sarah realmente entendeu quando falou Y, e a análise de Latoya…’ E eu dizia: ‘Barack, eu que estou dando essa aula e não você!’”

Ogletree não achou nada estranho o aluno se decidir pelo mundo político – para ele, a atitude de Obama em sala mostrava como ele queria trazer todos à mesa – , mas a presidência lhe pegou de surpresa. “Minha avaliação foi que ele seria o melhor prefeito da história”, disse. Obama até brincou com o mentor depois: “Cara, por que você me rebaixou?” A resposta do professor foi: “Não rebaixei. Dei uma nota honesta”. Harvard é mesmo difícil de impressionar.

Leia também:
Qual o impacto de um mestrado no exterior na carreira? Descubra!
11 guias online e gratuitos para quem quer estudar fora do Brasil
Tudo o que você precisa saber para estudar Direito no exterior

O que você achou desse post? Deixe um comentário ou marque seu amigo: