Um Projeto: Fundação Estudar
PUC Chile - bolsas do governo do Chile

Bolsas do governo do Chile para mestrado: R$ 2.700 por mês

Por Gustavo Sumares
14.08.2019

O Becas República de Chile 2020 é um programa de bolsas do governo do Chile que contempla diversos programas de mestrado no país. Inscrições até 31/10!


A Agência Chilena de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (AGCID) está com inscrições abertas para o programa de bolsas República de Chile 2020. São bolsas do governo do Chile para cursos selecionados de mestrado no país, com duração máxima de dois anos. As inscrições vão até 31 de outubro.

As bolsas cobrem integralmente os custos de estudo dos programas contemplados, e oferecem aos bolsistas um valor mensal de 500 mil pesos chilenos (equivalentes a cerca de R$ 2.760 na cotação atual). No primeiro semestre letivo, os bolsistas também receberão um valor de 90 mil pesos (R$ 500) para cobrir custos de livros e materiais de estudo, e poderão solicitar um valor de até 230 mil pesos (R$ 1.270) para despesas com impressão da tese, caso necessário para a conclusão do programa de mestrado. As bolsas também incluem seguro de saúde e acesso ao sistema de saúde pública do Chile.

A lista de programas de mestrado contemplados pelas bolsas pode ser vista neste link.

Candidatura às bolsas do governo do Chile

Para se candidatar às bolsas, é necessário primeiro ser aceito no programa de mestrado desejado. A documentação para a candidatura deverá ser apresentada tanto em papel quanto em formato digital físico (CD ou pen drive). Os documentos exigidos são os seguintes:

  • Formulário de inscrição às bolsas, preenchido e assinado;
  • Carta de aceite do candidato ao programa de mestrado de sua escolha;
  • Certificado de saúde emitido e assinado por um médico autorizado;
  • Histórico acadêmico e diploma da graduação;
  • CV com ênfase na experiência profissional e acadêmica;
  • Declaração indicando que o candidato leu e aceitou os termos da bolsa;
  • Breve carta de motivação, explicando a escolha do curso, seus objetivos de estudo e como os conhecimentos poderão ser aplicados ao voltar para o Brasil;
  • Breve descrição da possível área e tema de sua tese de conclusão do mestrado;
  • Carta de recomendação acadêmica;
  • Uma carta do atual empregador do bolsista endossando seu mestrado einformando se ele manterá ou não seu cargo ao voltar.

Os documentos devem ser entregues tanto na embaixada do Chile no país do candidato quanto em um dos endereços brasileiros listados neste documento. Os endereços brasileiros ficam em Brasília, e um deles é o seguinte:

Ministério das Relações Exteriores – MRE
Divisão de Temas Educacionais – DCE
Esplanada dos Ministérios, Bloco H, Anexo I
7º andar, sala 728
Brasília-DF – CEP 70170-900

Eles também podem ser enviados por e-mail pelo endereço echile.brasil@minrel.gob.cl. As inscrições às bolsas do governo do Chile devem ser feitas até o dia 31 de outubro.

 

O que achou do post? Deixe um comentário ou marque seu amigo

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d