InícioIntercâmbioPrograma Rise oferece bolsas, mentorias e experiência internacional

Programa Rise oferece bolsas, mentorias e experiência internacional

Ana Moraes - 19/12/2023
Comentários:

O Rise Challenge, programa que oferece diversas oportunidades para jovens promissores, está com inscrições abertas até 17 de janeiro de 2024. Destinado a estudantes de 15 a 17  anos, o Rise fornece, entre outras vantagens, bolsas de estudo, orientação com especialistas, networking global e acesso a oportunidades de desenvolvimento de carreira. Ana Beatriz Campos, bolsista da Fundação Estudar, participou do programa e conta sua experiência. Veja a seguir:

Experiência no Rise Challenge

O primeiro passo para se candidatar ao Rise é inscrever um projeto autoral que tenha impacto na comunidade. Inspirada em sua própria experiência como bolsista do Ismart, instituição que oferece bolsas de estudos em escolas de excelência, Ana Beatriz criou o esboço de um projeto para impactar estudantes do ensino público no Brasil. 

Ela, que estava no 2º ano do ensino médio, foi aprovada no Rise Challenge em setembro de 2021. A primeira fase, desenvolvida online, permitiu que a estudante aprimorasse suas habilidades para que tivesse mais expertise para criar e desenvolver projetos de alto impacto. “Também passei a fazer parte de uma comunidade com estudantes do mundo inteiro, o que foi muito enriquecedor”, conta.

Leia também: Intercâmbio: o que é, que tipos existem e como fazer para estudar fora

Além do programa online, o Rise oferece um residential summit, que acontece pessoalmente. Em julho de 2022, Ana Beatriz foi para a África do Sul, onde ficou por três semanas. Lá, todos os global winners puderam se encontrar pessoalmente. “Foi minha primeira experiência internacional e foi incrível. Participamos de hackathons, desenvolvemos nossos projetos. Lá, decidi me dedicar com ainda mais afinco à ideia de fazer faculdade em outro país”, explica. 

A determinação deu certo: hoje, aos 18 anos, Ana Beatriz é estudante na Minerva, universidade que tem um “campus itinerante”: o primeiro ano é realizado em São Francisco, onde a sede da Minerva School fica, e nos demais os estudantes mudam de país a cada semestre. Ela contou com a ajuda dos especialistas do Rise para se preparar para o application da universidade e recebeu uma bolsa de estudos do programa para custear parte da tuition da universidade. 

Além da bolsa Rise, Ana Beatriz também é bolsista do Programa de Bolsas Líderes Estudar, que oferece financiamento de até 95% para jovens que querem fazer graduação em outro país. Saiba mais aqui

Dicas para o Programa Rise

“O processo seletivo do Rise foi o que eu estive mais perto de desistir, porque pode ser bem difícil fazer o projeto”, relembra Ana Beatriz. “Mas é importante lembrar que essa parte não é tudo. Não precisa ser o melhor do mundo, só se inscreva”, complementa. A ideia, inclusive, é que os conhecimentos obtidos ao longo do programa sirvam para que você aperfeiçoe ou mude o projeto.

Leia também: Conheça a MPOWER, que oferece empréstimo estudantil com taxa fixa para estudar na América do Norte

Ela recomenda que o candidato também se atente às outras partes da candidatura, que podem ficar negligenciadas. É preciso também responder a perguntas sobre desafios pessoais e aspirações, além de preencher testes de lógica e outros. Segundo o site do programa, eles estão em busca de jovens que demonstrem as cinco características do Rise: brilho, perseverança, integridade, empatia e chamando

Apesar do processo seletivo rigoroso, Ana Beatriz incentiva a candidatura de todos que têm vontade de participar: “Não deixe esse receio te impedir, porque a janela de idade permitida para candidatura é muito curta”, afirma a estudante. Para se inscrever na edição 2025, é preciso ter nascido entre 2 de julho de 2006 e 1º de julho de 2009. 

Se você ficou interessado, lembre-se que as inscrições se encerram no dia 17 de janeiro de 2024. Mais informações sobre o programa e candidatura aqui

O que você achou desse post?

Sobre o escritor

Ana Moraes
Jornalista e editora do Portal Estudar Fora. Entre em contato pelo e-mail [email protected].

Artigos relacionados