As 25 Melhores Bolsas de Estudo com Inscrições Abertas em Junho e Julho

melhores bolsas de estudo com inscrições abertas

Como todos os meses, o Estudar Fora compilou as melhores bolsas de estudo com inscrições abertas! Dessa vez, na metade do ano, destacamos algumas bolsas de estudo com prazo de inscrição até o fim do primeiro semestre — e algumas que duram um pouco mais. Com a pandemia do COVID-19, essas bolsas são mais garantidas, já que em geral só começam no fim de 2020 ou começo de 2021. Por isso, se você está em busca de uma bolsa de estudo com inscrições abertas, está no lugar certo!

Há opções para graduação, mestrado e doutorado nos destinos mais procurados por quem deseja uma bolsa de estudo para estudar fora. Isso inclui Estados Unidos, Austrália, Holanda e França. Também existem opções de programas de verão e oportunidade de participação em conferências globais.

Confira!

Organização oferece bolsas para intercâmbio de inglês a jovens de baixa renda

A Soul Bilíngue, uma organização de impacto social do estado de São Paulo, está em fase de pré-inscrições para seu programa de jovens embaixadores. O programa oferece aulas de inglês gratuitas a jovens da periferia e, ao fim do semestre, os estudantes com o melhor desempenho ganham uma bolsa de estudo para cursos de inglês no exterior. As pré-inscrições podem ser feitas por meio deste link. Veja aqui mais informações.

Para o aluno, os cinco meses de aulas do programa são oferecidos sem custo — o programa é financiado com a ajuda de empresas parceiras. A bolsa de estudos no exterior também cobre a maioria dos custos, como o valor do curso (com um mês de duração), passagens aéreas e moradia no exterior. Os destinos variam a cada edição, mas incluem países como Canadá, Nova Zelândia, Reino Unido e África do Sul.

Bolsas para programas de verão na Universidade de Tel Aviv

A Universidade de Tel Aviv (TAU) está recebendo inscrições para bolsas de estudos para seus programas de verão que serão oferecidos entre junho e agosto de 2020. Entre as opções estão cursos de línguas e programas voltados tanto para alunos do ensino médio, graduação e pós-graduação. As inscrições para os programas vão até julho de 2020. A lista dos cursos disponíveis pode ser vista neste link.

Todos eles, com exceção do “TAKA: Prep Program for Academic Hebrew”, “Homeland Security Executive Certificate” e “Excavation Programs” são elegíveis para bolsa. O valor das bolsas varia de US$ 500 a US$ 2.000 dependendo do curso escolhido e do perfil do candidato. Isso corresponde a 50% a 100% do valor dos programas de verão oferecidos (dependendo tanto do programa escolhido quanto do valor da bolsa). Outros custos, como passagens aéreas e moradia durante o curso de verão, ainda ficam a cargo do estudante.

Turin School, na Itália, oferece bolsa de estudo para curso de duas semanas

A Turin School, escola de regulação localizada em Turim, na Itália, está oferecendo bolsas de estudo para o seu International Summer School, um curso de duas semanas sobre a regulação de serviços públicos (como água, saneamento, transporte, etc.). As inscrições vão até 3 de junho.

Estudantes brasileiros têm direito a bolsa, com a qual ficam isentos do pagamento da taxa de inscrição e têm direito a moradia em quarto individual num colégio localizado no centro de Turim. Mesmo assim, caso seja aceito, o candidato deve fazer o depósito da taxa de inscrição (no valor de 150 euros), e terá o valor devolvido ao final do curso.

Concurso de redação premia com viagem ao Japão e mais de ¥150.000

Se você tem 25 anos ou menos e gosta de escrever (ou quer treinar seus essays para estudar fora), essa é uma ótima oportunidade para você. Trata-se do 2020 International Essay Contest for Young People. É um concurso de redação para jovens do mundo todo e de qualquer área de estudos que dará uma viagem ao Japão e mais de ¥150.000 em prêmios (o que dá cerca de R$ 6.000 na cotação atual). As inscrições vão até 15 de junho.

O tema do concurso é “Uma carta para mim mesmo em 2030”. “Imagine como seria um mundo ideal daqui a dez anos”, diz o edital, e “escreva uma carta de si mesmo (em 2030) para seu eu do presente (em 2020)”. Saiba mais aqui.

Santander oferece mais de 600 bolsas de estudo para intercâmbio em 9 países

O Santander abriu na semana passada as inscrições para o Programa de Bolsas Santander Ibero-Americanas. A empresa vai oferecer um total de 629 bolsas de estudo para intercâmbio em graduação e pós-graduação a estudantes brasileiros que queiram realizar seus estudos em outros países. As inscrições vão até o dia 23 de agosto.

Os países de destino disponíveis são Argentina, Colômbia, Chile, Espanha, México, Peru, Porto Rico, Portugal e Uruguai. O valor da bolsa é de R$ 13.407, que podem ser usados para custear despesas como taxa da universidade de destino (se houver), deslocamento, alimentação ou moradia. Saiba mais aqui!

Concurso do Instituto Tomie Ohtake levará vencedores para estudar fora

O Instituto Tomie Ohtake está recebendo inscrições para o Prêmio de Design Instituto Tomie Ohtake Leroy Merlin. O concurso do Instituto Tomie Ohtake avaliará projetos enviados por estudantes e profissionais em início de carreira, em qualquer área, e os vencedores ganharão cursos livres de desgin em instituições internacionais. As inscrições vão até o dia 28 de agosto.

Dentre os projetos enviados, até 15 serão selecionados para a fase de prototipação e desenvolvimento. Nessa fase, cada autor receberá uma verba de R$ 5.000 para desenvolver um protótipo de seu projeto. Depois serão anunciados os três projetos, entre os expostos, que serão premiados com cursos livres de design em instituições internacionais. O prêmio inclui passagens aéreas e o valor do curso, bem como valores de alimentação e hospedagem para os contemplados. Saiba aqui mais sobre a oportunidade.

 

Bolsas integrais de graduação na Tel Aviv University para brasileiros

A Universidade de Tel Aviv, em Israel, está oferecendo bolsas de até 100% para seu programa de graduação (B.Sc.) em Engenharia Elétrica e Eletrônica. As bolsas são oferecidas por meio de um fundo estabelecido pela organização Amigos Brasileiros da Universidade de Tel Aviv. A instituição também oferece bolsas para o seu bacharelado (B.A.) em Liberal Arts, que cobrem até 50% das anuidades.

No caso do programa de engenharia elétrica e eletrônica, as bolsas podem chegar a 100% do valor do curso, que é de US$ 4.550 por ano. O programa de Liberal arts, por sua vez, tem bolsas de até 50% do valor de US$ 12.000 por ano do curso. É possível ver mais informações e realizar inscrições por meio deste link.

Curso de preparação para estudar fora tem bolsa de estudo para jovens de baixa renda

Não é só no Brasil: muita gente do mundo inteiro tem vontade de estudar nas univesidades de ponta dos Estados Unidos. Foi isso que motivou Ethan Sawyer a criar o College Essay Guy, um perfil dedicado a ajudar jovens durante a application. Conforme seu público foi crescendo, Sawyer alistou a ajuda de outrs profissionais, e então criou a Matchlighters Scholarship, que conecta jovens promissores a profissionais capazes de ajudá-los na preparação para estudar fora.

De acordo com Sawyer, a bolsa “conecta orientadores generosos e experientes a estudantes de baixa renda e alto potencial do mundo inteiro, para levar a oportunidade de entrar na universidade para aqueles que mais necessitam”. Os alunos contemplados pela bolsa receberão quatro horas de auxílio com seus essays e preparação geral para a application, e duas horas de ajuda para criar uma lista de universidades ideais de orientadores experientes.

Universidade italiana oferece bolsas de estudo integrais de graduação

A universidade italiana LUISS University (Libera Università Internazionale degli Studi Sociali), localizada em Roma, está recebendo inscrições para programas de graduação e mestrado com bolsa integral na Itália. As bolsas são válidas apenas para alguns cursos, mas cobrem totalmente os custos de tuiton referentes a eles. As inscrições vão até 04 de junho.

As bolsas cobrem integralmente os custos de cada um dos programas. No entanto, o estudante ainda precisará arcar com as despesas de deslocamento, moradia e alimentação na Itália durante a duração dos cursos. Veja aqui mais informações!

Bolsas de estudo de graduação nos EUA, na Colorado State University

A Organização dos Estados Americanos (OEA) e a Colorado State University (CSU) estão oferecendo bolsas de estudo para graduação e pós-graduação. As bolsas da OEA para os Estados Unidos têm o objetivo de auxiliar estudantes que queiram cursar um dos programas de graduação, mestrado ou doutorado da CSU. As inscrições vão até 15 de junho.

São elegíveis todos os programas da CSU, com exceção do MBA em Global Social and Sustainable Enterprise. Os bolsistas escolhidos terão desconto de um terço dos valores do curso escolhido, e não pagarão taxa de inscrição. Além disso, os melhores candidatos também receberão um valor de US$ 1.350 para ajudar a custear sua vida no país ao longo dos estudos. Esse período é de 4 a 5 anos para os programas de graduação, 1 a 2 anos para os mestrados e 5 ou mais para o doutorado). Elas também podem ser acumuladas com outros auxílios financeiros.

University College London abre inscrições para bolsas de estudo

Os interessados em fazer a graduação no Reino Unido podem contar com auxílio financeiro para os cursos da University College London, a UCL. Por meio da Denys Holland Scholarship, programa de bolsas anual, a instituição concederá 9 mil libras a estudantes internacionais que, sem o auxílio financeiro, não conseguiriam estudar na universidade. As inscrições vão até 3 de julho.

Com o prêmio anual de 9 mil libras, os estudantes estrangeiros podem arcar com tuitions dos programas ou usar o valor para manutenção no Reino Unido. Para ser elegível à bolsa de estudo, o estudante deve fazer a application padrão para a instituição de ensino. Apenas com uma oferta da UCL para um curso de graduação é possível submeter a candidatura à Denys Holland Scholarship. Nesse processo, são exigidos documentos como histórico acadêmico e testes de proficiência em inglês, como o IELTS.

Santander oferece mais de 600 bolsas de estudo para intercâmbio em 9 países

O Santander abriu na semana passada as inscrições para o Programa de Bolsas Santander Ibero-Americanas. A empresa vai oferecer um total de 629 bolsas de estudo para intercâmbio em graduação e pós-graduação a estudantes brasileiros que queiram realizar seus estudos em outros países. As inscrições vão até o dia 23 de agosto.

Os países de destino disponíveis são Argentina, Colômbia, Chile, Espanha, México, Peru, Porto Rico, Portugal e Uruguai. O valor da bolsa é de R$ 13.407, que podem ser usados para custear despesas como taxa da universidade de destino (se houver), deslocamento, alimentação ou moradia. Saiba mais aqui!

Bolsas de estudo graduação e pós-graduação para a Universidade de Montreal

A Universidade de Montreal está recebendo inscrições para bolsas de estudo no Canadá, para graduação, mestrado ou doutorado. A instituição, que ministra aulas majoritariamente em francês, reconhecerá com apoio financeiro estudantes estrangeiros que demonstrarem bom desempenho acadêmico. As inscrições vão até 1 de setembro, mas alguns cursos ainda têm inscrições abertas até março.

Para graduação, os bolsistas receberão um valor de US$ 2.000 a US$ 11.998 por ano (equivalente a cerca de R$ 8.600 a R$ 52.000 na cotação atual), de acordo com o seu desempenho acadêmico. No mestrado, o valor é de US$ 6.280 por ano (aproximadamente R$ 27.200). Já para o doutorado, a bolsa de estudo corresponde a uma redução das taxas até o nível que seria pago por estudantes do próprio Quebec. Isso equivale a uma redução de mais de 75% do valor.

Bolsas para brasileiros em graduação e pós na Nova Zelândia

A Universidade de Massey, na Nova Zelândia, disponibiliza bolsas parciais para candidatos estrangeiros em seus cursos de graduação e pós. Os prazos para candidatura variam, de acordo com a área de formação. Para quem deseja estudar negócios, é dia 15 de junho. Já os interessados em humanidades e ciências sociais têm como data limite o dia 30 de novembro.

Não há, entretanto, um número definido de bolsas a serem concedidas. Ou seja, a decisão ficará a cargo de um comitê, que selecionará alunos com base, principalmente, em desempenho acadêmico. Saiba mais sobre a oportunidade neste link.

Bolsas de estudo na Alemanha

Bolsa de estudo para brasileiros trabalhando no setor público

A Hertie School, em parceria com o Instituto República, está com inscrições abertas para bolsas parciais para pós-graduação em políticas públicas. As “Scholarships for Public Servants in Brazil” são voltadas (como o nome indica) para profissionais que atuem no setor público e tem, segundo a escola, o objetivo de “fomentar excelência no setor público brasileiro”. As inscrições vão até 1 de maio ou 1 de junho, dependendo do curso desejado.

Estão disponíveis bolsas de estudo para três programas de mestrado oferecidos pela escola. São eles o Master of Public Policy (MPP, mestrado em políticas públicas), Master of International Affairs (MIA, mestrado em assuntos internacionais) e o Executive Master of Public Administration (EMPA, mestrado executivo em administração pública). Mais informações sobre cada um dos programas podem ser vistas nos respectivos links.

Bolsas de estudo do DAAD para mestrado em políticas públicas

O Programa Helmut-Schmidt, criado pelo Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD), oferece apoio para estudantes interessados em fazer mestrado em políticas públicas na Alemanha. São oito opções de cursos de mestrado na área e as inscrições devem ser feitas entre 1 de junho e 31 de julho.

Como apoio financeiro oferecido pelo DAAD, os estudantes contam com auxílio mensal no valor de 850 euros, bem como seguro-saúde, passagens aéreas (de até €1.575) e subsídio para pesquisa. Segundo o documento de perguntas frequentes sobre o programa, também é possível obter um valor extra, caso o estudante leve consigo o cônjuge e/ou filhos. Confira aqui mais informações.

Bolsas de estudo para pós-graduação em áreas relacionadas ao desenvolvimento

O serviço alemão de intercâmbio acadêmico (DAAD) está com inscrições abertas para bolsas de pós-graduação na Alemanha em uma série de programas relacionados ao desenvolvimento econômico. As bolsas são parte do programa EPOS, criado com foco no aperfeiçoamento de profissionais de destaque de países em desenvolvimento. As inscrições variam de 31 de agosto de 2020 a até 31 de março de 2021.

As bolsas do DAAD variam conforme o curso e nível de estudos. Em geral, oferecem um valor mensal de valor não especificado e também cobrem passagens aéreas, seguro de saúde durante a estadia do candidato na Alemanha e um curso preparatório de língua alemã. Clique aqui e saiba mais sobre as oportunidades!

Museu oferece bolsas de até €30.000 para pesquisadores

O Deutsches Museum, um museu localizado em Munique, na Alemanha, está recebendo inscrições para o Scholar-in-Residence Program 2019. O programa oferecerá bolsas de pesquisa na Alemanha até €30.000 para pesquisadores que queiram desenvolver projetos de pesquisa de nível de doutorado ou pós-doutorado relacionados ao acervo do museu. As inscrições vão até 16 de outubro.

Os projetos podem ter seis ou 12 meses de duração. Projetos de nível de doutorado receberão uma bolsa de €7.500 (caso sejam de seis meses de duração) ou €15.000 (para 12 meses). Projetos de nível pós-doutorado, por sua vez, receberão bolsa de €15.000 (seis meses) ou €30.000 (12 meses).

Além dos valores, os bolsistas também terão seu próprio espaço de trabalho no museu, com computador e telefone, e terão a oportunidade de morar temporariamente em apartamentos subsidiados pelo museu. Terão também acesso aos curadores, arquivistas, bibliotecários e demais funcionários do museu para contribuir para sua pesquisa. Mais informações disponíveis aqui.

Bolsas de estudo na Austrália

Bolsas de graduação e pós-graduação na universidade australiana de Queensland

A Universidade de Queensland disponibiliza uma página com todas as opções de bolsas de estudo disponíveis para futuros estudantes, incluindo alunos internacionais. As inscrições acontecem ao longo do ano, mas não para todas as bolsas a que brasileiros são elegíveis. Entre as opções com inscrições abertas, porém, há a Bolsa de Líderes Globais da América Latina, destinada a candidatos a cursos da Faculdade de Negócios, Economia e Direito da universidade. A Latin America Global Leaders Scholarship abate de 50% a 100% dos custos de tuition fee para até quatro semestres de estudo. Tanto o critério de seleção quanto o valor final concedido aos selecionados dependerá do desempenho dos estudantes.

University of New South Wales oferece bolsas para graduação e pós

A University of New South Wales, na Asutrália, está com inscrições abertas para o programa UNSW International Scholarships. São bolsas para graduação e pós na Austrália voltadas especificamente para estudantes estrangeiros que pretendam iniciar os estudos no segundo semestre de 2020. As inscrições vão até 31 de julho.

Os estudantes que se candidatarem à bolsa poderão receber duas ofertas diferentes, de acordo com a avaliação de sua candidatura. Uma delas cobre totalmente os cursos do programa de sua duração; a outra oferece um valor de 20 mil dólares australianos a ser abatido do valor do curso escolhido, todos os anos, enquanto durarem os estudos. Recipientes das bolsas também terão mais chances de conseguir acomodação subsidiada no campus da universidade. Confira aqui mais informações.

 

Bolsa de estudo na Áustria

Estão abertas as inscrições para o Helmut Veith Stipend, um programa de bolsas de pós-graduação na Áustria para mulheres da área de tecnologia da informação. As bolsas são voltadas para mulheres que queiram realizar um dos programas de mestrado em Ciências da Computação da Universidade Técnica de Vienna (TU Wien) ministrados em inglês. As inscrições vão até 30 de novembro.

As bolsistas selecionadas terão todos os custos de tuition cobertos. Receberão também um valor de €6.000 (cerca de R$ 32.000) por ano durante a duração do programa para auxiliar com o custo de vida em Vienna, na Áustria. Mais informações podem ser vistas neste link.

 

Bolsa de estudo no Canadá

Bolsas de estudo graduação e pós-graduação para a Universidade de Montreal

A Universidade de Montreal está recebendo inscrições para bolsas de estudo no Canadá, para graduação, mestrado ou doutorado. A instituição, que ministra aulas majoritariamente em francês, reconhecerá com apoio financeiro estudantes estrangeiros que demonstrarem bom desempenho acadêmico. As inscrições vão até 1 de setembro, mas alguns cursos ainda têm inscrições abertas até março.

Para graduação, os bolsistas receberão um valor de US$ 2.000 a US$ 11.998 por ano (equivalente a cerca de R$ 8.600 a R$ 52.000 na cotação atual), de acordo com o seu desempenho acadêmico. No mestrado, o valor é de US$ 6.280 por ano (aproximadamente R$ 27.200). Já para o doutorado, a bolsa corresponde a uma redução das taxas até o nível que seria pago por estudantes do próprio Quebec. Isso equivale a uma redução de mais de 75% do valor.

 

Bolsa de estudo na China

Schwarzman Scholars: Bolsas de estudo integrais para mestrado (em inglês)

Estão abertas até o dia 22 de setembro as inscrições para o programa Schwarzman Scholars, que oferece bolsas de estudo integrais para um curso de mestrado em Global Affairs na Universidade de Tsinghua, localizada em Pequim e considerada a melhor universidade entre os países emergentes.

As bolsas de estudo cobrem todos os custos do mestrado e incluem também passagens áreas para a China, moradia no campus universitário, alimentação, seguro-saúde e um computador pessoal. Há também uma quantia adicional para cobrir despesas adicionais de custo de vida e viagens pela China. O valor era de US$ 5 mil, mas como as aulas atualmente estão ocorrendo remotamente por causa da pandemia de COVID-19, ele deve mudar para o próximo ano. Confira mais informações aqui!

 

Bolsa de estudo nos Estados Unidos

Governo oferece bolsas integrais para aperfeiçoamento profissional

Estão abertas as inscrições para a Hubert H. Humphrey Fellowship da Comissão Fulbright. As bolsas do governo dos EUA oferecem um ano de aperfeiçoamento profissional para pessoas que trabalhem no setor público ou 3º setor, com tudo pago. As inscrições vão até 26 de junho. O programa tem duração de 10 meses e, durante o período, os candidatos selecionados serão alocados de acordo com a sua área de interesse em uma das 13 universidades parceiras do programa – entre elas, MIT, Cornell e Boston University.

Os benefícios da bolsa, segundo o edital, incluem isenção total das taxas escolares; valores mensais para manutenção, de acordo com a localidade nos Estados Unidos; auxílio para instalação; subsídios para compra de um notebook e livros; passagens de ida e volta aos Estados Unidos; seguro saúde e curso intensivo de inglês para os selecionados que não possuírem a fluência mínima exigida. Veja mais informações aqui.

Bolsas de 15 mil dólares para jornalismo econômico em Nova York

A Escola de Jornalismo da City University of New York (CUNY) recebe até 10 de julho as inscrições para a McGraw Fellowship. As bolsas para jornalistas apoiam profissionais de mídia que tenham no mínimo cinco anos de experiência para que desenvolvam matérias aprofundadas em jornalismo econômico.

O programa criado pela CUNY seleciona candidatos que já atuem como jornalistas há, no mínimo, cinco anos. Podem ser jornalistas que trabalhem como freelancers ou editores. Os profissionais escolhidos pela iniciativa passam três meses como “fellows”, recebendo um auxílio mensal de 5 mil dólares. Ao longo de três meses, o valor chega a 15 mil dólares ao todo. Mais detalhes podem ser vistos aqui.

Programa de US$750 milhões em bolsas de pós-graduação em Stanford

A Universidade Stanford oferece um programa de bolsas de estudo para seus cursos de pós-graduação, disponível para todas as áreas. O Knight-Hennessy Scholars disponibiliza um total de US$ 750 milhões em apoio financeiro – sendo o maior programa de bolsas já financiado por doações. As inscrições para as bolsas para Stanford vão até 14 de outubro.

As bolsas para Stanford cobrirá todas as despesas do estudante durante seu período de estudos em Stanford, incluindo os custos de anuidade da instituição; alojamento e alimentação dentro do campus; livros e equipamentos de pesquisa e estudos; seguro saúde; despesas de viagem de ida e volta para Stanford; transporte local e um valor para despesas pessoais. Se interessou? Saiba mais aqui.

 

Bolsas de estudo na Europa

Site oferece bolsa de estudo de €5.000 para mestrado na Europa

Se você pensa em fazer mestrado na Europa e já quer se programar com antecedência, fique ligado. O site educations.com está oferecendo a Study a Master’s in Europe Scholarship, uma bolsa de mestrado na Europa no valor de €5.000 (cerca de R$ 30.300) para cursos que se iniciam no segundo semestre de 2020. As inscrições vão até 17 de agosto de 2020.

O valor pode ser usado pelo bolsista para cobrir os custos de tuition de qualquer curso de mestrado de sua escolha na Europa. Como o valor é pago diretamente à universidade, ele não pode ser usado para outros fins. No entanto, a bolsa não tem cláusula de exclusividade: ou seja, você pode se candidatar a outra bolsa de mestrado na Europa para ajudar a custear seus estudos, se quiser. Saiba mais neste link.

Comissão Europeia dará mais de €300 milhões em bolsas de estudo a pesquisadores

Estão abertas as inscrições para as Individual Fellowships das Marie Skłodowska-Curie Actions. O programa, que aceita candidaturas até 9 de setembro, foi criado pela Comissão Europeia, o órgão executivo do bloco europeu. As bolsas da União Europeia apoiam pesquisadores de qualquer lugar do mundo, e contam com um orçamento de €328 milhões para o ano de 2020.

As bolsas da União Europeia incluem não apenas as despesas com os estudos, como também a viagem ao país de pesquisa. De acordo com o guia de candidatura do programa, os pesquisadores receberão um salário bruto de €4.880 por mês, corrigido segundo o país de destino (o que significa que valor final varia), e do qual devem ser deduzidos impostos e outras contribuições. Veja aqui mais sobre as bolsas, incluindo como se candidatar.

 

Bolsas de estudo na Holanda

Universidade mais antiga do país oferece bolsas de estudo para mestrado

A Leiden University, localizada na cidade de Leiden, na Holanda, está oferecendo bolsas de estudo para mestrado na Holanda com início em setembro de 2020 ou fevereiro de 2021. As inscrições para as Leiden University Excellence Scholarships serão recebidas até o dia 1º de fevereiro (para início em setembro) ou 1º de outubro (para início em fevereiro).

São três valores de bolsa para mestrado, com duração total de um ano: 10 mil euros, 15 mil euros ou a anuidade integral do programa. Os gastos de manutenção no país, no entanto, são de responsabilidade do estudante. Como as bolsas não são integrais, é possível combiná-la com outras bolsas oferecidas por Fundações ou pelo Governo da Holanda, como a Holland Scholarship. 

 

Bolsas de estudo na Itália

Instituição oferece 66 bolsas de estudo para doutorado

A Scuola Superiore Sant’Anna, localizada na cidade de Pisa na Itália, está recebendo inscrições para um total de 66 bolsas de estudo para doutorado em programas ministrados em inglês. As bolsas contemplam diversas áreas de estudo, e seu valor, benefícios associados e prazos de inscrição variam de acordo com a área. As últimas inscrições se encerram em 5 de junho. 

O valor das bolsas varia de aproximadamente 14 mil euros por ano até cerca de 16 mil euros por ano. Em alguns casos, a instituição também oferece alimentação gratuita no restaurante universitário ou valores adicionais para despesas relacionadas aos estudos, pesquisas e participações em congressos. A renovação das bolsas acontece anualmente, condicionada ao desempenho dos bolsistas. Veja aqui mais informações.

Universidade oferece bolsas de estudo integrais de mestrado

A universidade italiana LUISS University (Libera Università Internazionale degli Studi Sociali), localizada em Roma, está recebendo inscrições para programas de graduação e mestrado com bolsa integral na Itália. As bolsas são válidas apenas para alguns cursos, mas cobrem totalmente os custos de tuiton referentes a eles. As inscrições vão até 04 de junho.

As bolsas cobrem integralmente os custos de cada um dos programas. No entanto, o estudante ainda precisará arcar com as despesas de deslocamento, moradia e alimentação na Itália durante a duração dos cursos. Mais informações nesta página.

Pós-graduação em café tem bolsa de estudo integral para brasileiros

Os apaixonados por café podem aproveitar uma oportunidade educacional e tanto: uma pós-graduação em café com duração de cinco meses na cidade de Trieste, na Itália. A empresa italiana Illy criou, em parceria com cinco instituições internacionais de ensino, o Mestrado Internacional em Economia e Ciência do Café.

Para a turma de 2021, serão oferecidas bolsas de estudos para países produtores de café – como é o caso do Brasil. As inscrições vão até 15 de junho. Veja aqui mais informações sobre as bolsas e as inscrições!

76 bolsas de estudo integrais para PhD em uma das escolas mais tradicionais do país

A Scuola Normale Superiore (SNS) está com inscrições abertas para bolsas integrais de PhD na Itália, tanto para estudantes italianos como para alunos internacionais. O processo seletivo é relativamente simples, e as inscrições serão recebidas até o dia 27 de agosto!

Todos os estudantes aprovados para as bolsas de estudo receberão apoio financeiro que inclui valores de anuidade, um auxílio de 17 mil euros por ano para manutenção no país, alojamento e alimentação em instalações da SNS, além de seguro de vida e passagens aéreas. Também é possível obter recursos adicionais para sua pesquisa e viagens relacionadas. Saiba mais neste link!

 

Bolsas de estudo na Nova Zelândia

Bolsas para brasileiros em graduação e pós na Nova Zelândia

A Universidade de Massey, na Nova Zelândia, disponibiliza bolsas parciais para candidatos estrangeiros em seus cursos de graduação e pós. Os prazos para candidatura variam, de acordo com a área de formação. Para quem deseja estudar negócios, é dia 15 de junho. Já os interessados em humanidades e ciências sociais têm como data limite o dia 30 de novembro.

Não há, entretanto, um número definido de bolsas a serem concedidas. Ou seja, a decisão ficará a cargo de um comitê, que selecionará alunos com base, principalmente, em desempenho acadêmico. Saiba mais sobre a oportunidade neste link.

 

Bolsas de estudo no Reino Unido

Programa de bolsas mais antigo do mundo seleciona estudantes para pós-graduação em Oxford

O Oxford Rhodes Global Scholars contemplará 100 pessoas com bolsas integrais para pós-graduação na Universidade de Oxford. Para se inscrever, é necessário submeter a candidatura até a data limite de 31 de julho.

O apoio financeiro é oferecido para estudantes aprovados em cursos de pós-graduação da Universidade de Oxford, no Reino Unido. A bolsa cobre integralmente os custos de estudar em Oxford, e ainda oferece um valor mensal para que o candidato se mantenha na Inglaterra durante a duração de seus estudos.

Na edição passada, esse valor foi de £1.325 (cerca de R$ 8.500) por mês, mas o valor para essa edição ainda não foi divulgado. Os bolsistas também recebem passagens aéreas, um auxílio-instalação de £225 ao chegar no país, e acesso ao sistema nacional de saúde do Reino Unido. Saiba mais aqui.

Bolsas de estudo para mestrado em negócios na Universidade de Oxford, para mulheres

A Saïd Business School, a escola de negócios da Universidade de Oxford, está com inscrições abertas para o programa Diploma Scholarships for Women. São bolsa para mestrado em negócios na universidade, exclusivas para mulheres que enviarem “candidaturas excepcionais” (segundo a instituição) aos programas. As inscrições vão até 19 de outubro.

São, no total, 12 bolsas — três para cada um dos diplomas oferecidos pela escola de negócios. Dessas três, uma delas corresponde a 50% do valor do curso, e as demais correspondem a bolsas de £5.000 abatidos do valor total do curso. Todos os cursos têm duração de um ano em meio-período, e começam a partir de janeiro de 2021. Veja mais informações aqui!

 

Bolsa de estudo na Suécia:

Bolsa integral de MBA na Stockholm School of Economics

A Stockholm School of Economics, em parceria com as empresas Dagens Industri e utbildning.se, está oferecendo uma bolsa integral de MBA na Suécia. A bolsa cobrirá integralmente os tuition fees do MBA executivo da escola, de 495.000 coroas suecas (cerca de R$ 293.600 na cotação atual) para um estudante. As inscrições vão até 24 de junho. Saiba mais aqui.

O programa de MBA da Stockholm merece destaque. Em 2020, ele ficou em 30º lugar na lista de melhores programas executivos do Financial Times. Além disso, a escola está entre as 100 melhores do mundo nas áreas de Contabilidade e Finanças, Gestão e Negócios, e Gestão e Coências Sociais segundo o QS University Subject Rankings. Na área de Economia e Econometria desse mesmo ranking, ela aparece em 41º lugar.

 

Bolsas de estudo sem local definido:

Fundação Boustany oferece bolsas para MBA em Cambridge e em Harvard

A Boustany Foundation, uma fundação suíça dedicada à promoção do talento jovem, está com inscrições abertas para bolsas de estudo para MBA em duas das melhores universidades do mundo: Harvard e Cambridge. As bolsas Boustany MBA Harvard Scholarship e Cambridge Scholarship  são oferecidas a cada dois anos para os programas de MBA das duas instituições. As inscrições para 2020 já estão abertas e vão até 15 de maio de 2020 (para Cambridge) e 31 de maio de 2021 (para Harvard).

A bolsa de estudo cobre US$ 47.500 anuais das taxas do programa de Harvard (num total de US$ 95 mil pelos dois anos) e £ 23 mil das taxas do programa de Cambridge (que só tem um ano). Além disso, as despesas de acomodação e viagens relacionadas ao estágio ficam sob a responsabilidade da Fundação Boustany. Saiba mais sobre as oportunidades neste link.

Santander oferece mais de 600 bolsas de estudo para intercâmbio em 9 países

O Santander abriu na semana passada as inscrições para o Programa de Bolsas Santander Ibero-Americanas. A empresa vai oferecer um total de 629 bolsas de estudo para intercâmbio em graduação e pós-graduação a estudantes brasileiros que queiram realizar seus estudos em outros países. As inscrições vão até o dia 23 de agosto.

Os países de destino disponíveis são Argentina, Colômbia, Chile, Espanha, México, Peru, Porto Rico, Portugal e Uruguai. O valor da bolsa é de R$ 13.407, que podem ser usados para custear despesas como taxa da universidade de destino (se houver), deslocamento, alimentação ou moradia. Saiba mais aqui!

 

O que você achou desse post? Deixe um comentário ou marque seu amigo: