Um projeto: Fundação Estudar

Bolsas de Estudos

Quais são e como funcionam os programas de bolsas e financiamento

06.12.13

Inscrições para Ciência sem Fronteiras encerram hoje

Inscrições para Ciência sem Fronteiras encerram hoje

Interessados podem se inscrever para bolsas de graduação em 20 países

O programa governamental Ciência sem Fronteiras prorrogou as inscrições para as chamadas para graduação no exterior até hoje, dia 06/12.

Ao todo são 20 países participantes do convênio: Reino Unido, Bélgica, Canadá, Holanda, Finlândia, Austrália, Nova Zelândia, Coréia do Sul, Espanha, EUA, Alemanha, França, Itália, Suécia, Noruega, Irlanda, China, Hungria, Japão, Áustria. As bolsas são para intercâmbios entre 12 e 18 meses (na China, a permanência é de até dois anos, incluindo um estágio linguístico). Todas as informações para se inscrever estão no site do programa.

Leia mais:
Série de matérias especiais sobre o Ciência sem Fronteiras
Assista a palestra sobre Como preparar uma candidatura bem-sucedida para o Programa Ciência sem Fronteiras


Para participar, os alunos têm de estar cursando uma das 18 áreas contempladas pelo programa. Os requisitos obrigatórios incluem nota igual ou superior a 600 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em provas realizadas entre 2009 e 2013, apresentação de teste de proficiência no idioma aceito pela instituição de destino e conclusão de no mínimo 20% e, no máximo, 90% do currículo previsto para seu curso, no momento do início previsto da viagem de estudos.

A bolsa concedida aos candidatos selecionados custeará a permanência para estudos em tempo integral. Parte do período poderá ser dedicada a estágio profissional ou científico-tecnológico em empresas, instituições de ensino ou centros de pesquisa.

Além da mensalidade na moeda local, o governo concede auxílio instalação, seguro-saúde, auxílio deslocamento para aquisição de passagens aéreas e auxílio material didático.

Confira as áreas contempladas:

– Engenharias e demais áreas tecnológicas
– Ciências Exatas e da Terra
– Energias Renováveis
– Tecnologia Mineral
– Formação de Tecnólogos
– Biotecnologia
– Petróleo, Gás e Carvão Mineral
– Nanotecnologia e Novos Materiais
– Produção Agrícola Sustentável
– Tecnologias de Prevenção e Mitigação de Desastres Naturais
– Fármacos
– Biodiversidade e Bioprospecção
– Tecnologia Aeroespacial
– Ciências do Mar
– Computação e Tecnologias da Informação
– Indústria Criativa (voltada a produtos e processos para desenvolvimento tecnológico e inovação)
– Novas Tecnologias de Engenharia Construtiva
– Biologia, Ciências Biomédicas e da Saúde

Conecte-se ao Estudar Fora

Leia Mais

impacto social
estudar na Asia
tudo sobre o GMAT
estudar idiomas